Anúncio

“Com o que pagamos de dívidas anteriores, poderíamos pavimentar um bairro por ano”

Por Livia Rangel

Publicado em 20 de agosto de 2015 às 21:49
Atualizado em 20 de agosto de 2015 às 21:52
Anúncio

coletiva OrlyDívidas herdadas de administrações anteriores vêm causado um rombo de R$ 720 mil por mês aos cofres da Prefeitura de Guarapari, um total de R$ 8,6 milhões por ano. “Com esse dinheiro, poderíamos custear a pavimentação de um bairro completo por ano”, compara o prefeito Orly Gomes.

As informações foram dadas durante coletiva na manhã desta quinta-feira (20), à imprensa local. O encontro aconteceu no Centro de Convivência da Terceira Idade, recém-inaugurado no bairro Coroado.

Este foi o primeiro encontro do tipo em 2015. Para acompanhá-lo nos esclarecimentos, Orly reuniu ainda a maior parte do seu secretariado, apresentando um relatório das principais obras, projetos e programas realizados desde o começo do seu mandato. Foram mais de 1h20 de explanações sobre as ações feitas em cada pasta.

O prefeito ainda fez críticas ao governo federal e estadual, que paralisaram investimentos na cidade, a exemplo da revitalização do Canal do Centro, de novos condomínios dentro do programa Minha Casa Minha Vida e de repasses dos Ministérios da Saúde e Desenvolvimento Social. Alguns com parcelas atrasadas desde novembro do ano passado. “Contudo, não paramos as nossas ações, pelo contrário, estamos aumentando”, afirmou.

Corte de custos. Orly começou sua fala destacando o corte de custos que vem sendo realizado pela Administração desde março do ano passado. “Enquanto algumas Prefeituras vizinhas começaram só agora, conseguimos nos antecipar e hoje temos uma posição confortável, com pagamento dos funcionários garantido. Não queremos e não vamos demitir”, declarou. Contudo, ao ser questionado pela reportagem do Folha da Cidade sobre a quantia ou porcentagem economizada, não soube precisar números.

“Não tenho (os números da redução), mas a economia é visível. Um exemplo é a energia elétrica. Com a redução do expediente da sede da prefeitura, o consumo com certeza diminuiu, mas ao mesmo tempo o valor do kWh subiu. Então não sei quanto foi, mas houve sim economia”, disse.

Festas. O prefeito também falou sobre as festas da Cidade e final de ano, que permanecem no calendário do município. “A Festa da Cidade acontecerá sim, mas de maneira reduzida, valorizando os artistas locais. Os shows serão nos dias 17, 18 e 19 de setembro, no Marlin Azul na Praia do Morro e não mais no Kart Indoor. O desfile cívico não muda: será no dia 19, na Avenida Joaquim da Silva Lima, no Centro”.

O secretário de Esporte, Cultura e Turismo, Adriani Serpa, completou as informações. “O Réveillon e a queima de fogos também estão garantidos na Praia do Morro, no Centro, em Nova Guarapari e, pela primeira vez, em Santa Mônica. Só o que não será realizado é o Concerto de Natal. Em vez disso, vamos montar uma feira natalina na Praça do Itapemirim (Philomeno Pereira Ribeiro) dos dias 05 a 19 de dezembro”, elencou.

[box style=”0″] Mais informações e dados apresentados durante a coletiva sobre as pastas de Ação Social, Saúde, Educação, Desenvolvimento, Agricultura e Meio Ambiente, serão publicadas em breve, em outras matérias aqui, no site Folha da Cidade. Aguardem! [/box]

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Mais uma morte pelo novo Coronavírus em Guarapari

Dos 3.742 moradores de Guarapari que contraíram o vírus, 3.470 estão curados 8 hospitalizados e 124 vieram a óbito

fora edson

Guarapari: placa com #ForaEdson é retirada, mas autor recorre contra decisão judicial

Anúncio
Anúncio
Júlio César

STF julga processo iniciado por universitário de Guarapari

Júlio César Carminati deu início ao pedido de Habeas Corpus coletivo em 2018

cesan-guarapari

Cesan nega comunicado de paralisação de abastecimento para Anchieta e Guarapari

Anúncio
Bárbara Hora

Conheça as propostas dos candidatos à prefeitura de Guarapari: Bárbara Hora

Litza Aoni (2)

Advogada cria loja com produtos à base de cannabis, em Guarapari

Anúncio