Anúncio

Compre do Pequeno: Sebrae/ES cria campanha de apoio ao comércio local

A iniciativa tem por objetivo conscientizar os consumidores, incentivando-os a priorizar as micro e pequenas empresas e, assim, fortalecer a economia da região

Por Nicolly Credi-Dio

Publicado em 12 de agosto de 2020 às 08:00

Anúncio

Compre do Pequeno: Sebrae/ES cria campanha de apoio ao comércio local
Imagem Ilustrativa | Foto: Pixabay

A crise econômica motivada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19) tem afetado diretamente os pequenos negócios. Devido às restrições de circulação de pessoas em razão do isolamento social, micro e pequenas empresas tiveram o faturamento mensal drasticamente reduzido e muitas fecharam as portas. Com o propósito de apoiar esses empreendedores, o Sebrae/ES iniciou, na última segunda-feira (10), a campanha “Compre do Pequeno”. 

De acordo com Ivair Segheto, gerente das Unidades Regionais Sul e Serrana do Sebrae/ES, a pandemia da Covid-19 tem afetado os pequenos negócios de forma nunca antes vista. Dados da mais recente pesquisa feita pelo Sebrae em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), que analisa o impacto da pandemia nos negócios de pequeno porte, mostrou que, diante das restrições de circulação de pessoas no Estado, 88% dos pequenos negócios foram afetados com a diminuição do faturamento mensal; 56% dos empreendedores mudaram o funcionamento durante a crise e 34% fecharam as portas temporariamente. “Os pequenos negócios capixabas lutam para se manter de pé, buscam formas alternativas de vendas para garantir os empregos e o sustento de sua própria família”, afirma Ivair.

Com o objetivo de oferecer alternativas a esses empreendedores, o Sebrae/ES criou a campanha “Compre do Pequeno”. O gerente explica que a iniciativa pretende conscientizar o consumidor capixaba sobre o encadeamento produtivo envolvido na comercialização de um produto, ressaltando a importância de valorizar empreendedores locais e fortalecer a economia regional. “As micro e pequenas empresas representam, no Brasil, 99% do total registrado. Os pequenos negócios também respondem por mais de 50% dos empregos gerados no país. Valorizar as micro e pequenas empresas faz toda uma cadeia de empreendedores girar. Ao consumir em um pequeno negócio local, aumenta a renda no comércio, aumenta a produção na indústria, no campo, e assim, o ciclo continua, acelerando toda a economia”.

O movimento reforça ainda a importância de respeitar protocolos de saúde e segurança na reabertura gradativa da economia. Para isso, o Sebrae/ES irá orientar os empresários com a disponibilização de protocolos para vários segmentos, já alinhados com o Governo do Estado. Desse modo, a campanha pretende salvar os pequenos negócios da falência. “Os pequenos negócios são os que seguram os empregos e a renda do Estado e do país. O objetivo, neste momento de grandes desafios, é que sociedade, empresários, entidades e instituições, se unam para dar a volta por cima”, finaliza Ivair Segheto.

Mais detalhes sobre a campanha podem ser acessados em http://sebraees.com.br/compredopequeno.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

carlos-von

Justiça determina que deputado de Guarapari fique inelegível; parlamentar contesta decisão

santo-antonio

Guarapari: Justiça decreta falência da rede Santo Antônio em meio a processos trabalhistas

Anúncio

Anúncio

Campanha Crescer com Viver (3)

Campanha arrecada material escolar e brinquedos para crianças atendidas em ONG de Guarapari

Captura-de-Tela-44

Licitação para reforma do Mercado de Peixe deve ser iniciada até janeiro, diz prefeito de Guarapari

Anúncio

WhatsApp-Image-2022-12-01-at-11.19.08

Nova campanha em Guarapari busca recursos para ajudar 35 animais abandonados

ubu---letreiro

Anchieta promove neste final de semana o 3ª Ublues Beer Fest

Anúncio