Anúncio

Comunidades de Mãe-Bá e Porto Grande fecham a Rodovia do Sol

Por Natália Zandomingo

Publicado em 9 de agosto de 2016 às 12:46
Atualizado em 9 de agosto de 2016 às 16:55
Anúncio

Porto Grande 6Os moradores de Mãe-Bá (Anchieta) e Porto Grande (Guarapari) fecharam a Rodovia do Sol em Porto Grande na manhã desta terça-feira (09). As comunidades reivindicam a volta do embarque e desembarque de passageiros dos ônibus intermunicipais na região de Meaípe.

Segundo a manifestante e moradora de Mãe-Bá, Roseli Correia, os moradores atearam fogo em pneus e madeira para fechar a rodovia e evitar que os motoristas furassem o bloqueio. “Estamos aqui reivindicando a parada dos ônibus. O trajeto que fazíamos em 10 minutos, de Mãe Bá até Meaípe, agora demora 30”.

foto - Porto Grande - 09 de setembroOutro problema apontado por Roseli é o aumento do custo. Antes do decreto que proíbe a parada dos ônibus fora da rodoviária, era possível ir de Mãe-Bá até o Centro de Guarapari pagando R$ 2,50. Agora, é preciso descer em Porto Grande ou ir até a rodoviária para pegar outro ônibus, pagando mais R$ 2,50.

De acordo com o presidente do Movimento Comunitário de Mãe-Bá, Silvio Costa Simões, a comunidade vai se reunir com os vereadores de Anchieta nesta terça-feira, às 18h, na Câmara Municipal da cidade. “Precisamos de Representantes para ajudar a resolver esse problema. Enquanto não tivermos uma resposta, vamos continuar protestando”.

O líder comunitário de Condados, Noelson Rodrigues, apoia a manifestação e contou que muitos moradores da região de Meaípe dependem do ônibus para trabalhar em Anchieta. Com a nova medida, eles estão sendo penalizados tanto com o aumento do tempo gasto no trajeto quanto com o valor gasto para chegar ao destino. “Eu pagava R$ 1,50 de Meaípe até Mãe-Bá, agora tenho que ir para a rodoviária e depois voltar todo o caminha para finalmente ir para Anchieta, gastando R$ 8,00”.

Noelson também disse que, para economizar, muitas pessoas estão caminhando mais de 30 minutos de Condados até Porto Grande, onde ainda podem embarcar para Anchieta. “Precisamos manter as paradas dos ônibus da Sudeste nessa região, principalmente para atender os moradores de Mãe-Bá, que são os mais prejudicados”.

Segundo o militar do 10º Batalhão da Polícia Militar, Tenente Dantas, cerca de 30 pessoas participaram do protesto, que foi encerrado por volta das 10h. “Parte da via ficou liberada para a passagem de veículos e não houve grande transtorno no trânsito”.

Em nota, a Prefeitura de Guarapari informou que nos últimos seis meses “vem tentando negociar junto com a concessionária do terminal rodoviário e com a participação da população uma solução equilibrada para que os usuários do transporte intermunicipal não sofram diretamente impactos econômicos advindos da implantação do terminal. Entretanto, por força de um contrato firmado em 2011 pela administração anterior, o Prefeito foi obrigado no último dia 03 de agosto de 2016 a determinar o cumprimento do contrato sob pena de responder pessoalmente sobre prejuízos advindos de tal descumprimento”.

Movimento Urbano suspende manifestação

Os integrantes do Movimento Urbano resolveram suspender a manifestação que seria realizada no Centro de Guarapari na manhã desta terça-feira. Segundo um dos membros do grupo, Sebastião Campos, uma reunião foi marcada para hoje, às 18h30, na escola Angélica Paixão em Itapebussu. Na reunião, serão definidos os rumos do movimento.

Ônibus voltam a circular

Os ônibus intermunicipais que estavam sem circular desde a manhã de ontem (08), voltaram a operar normalmente a partir das 8h de hoje (09). A informação é do presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Guarapari e Região (Sintrovig), Wallace Belmiro Fornaciari. Segundo ele, os rodoviários resolveram voltar ao trabalho em uma assembleia realizada no início da manhã.

Os motoristas e cobradores das empresas Alvorada, Planeta e Sudeste paralisaram as atividades devido ao registro de agressões por parte dos passageiros que queriam desembarcar nos pontos dentro da cidade. O Sintrovig informou que dois trabalhadores foram agredidos e alguns usuários chegaram a sair do ônibus pela janela.

 

 

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Coronavírus: Guarapari confirma 7º óbito; Sobe para 111 número de curados

A vítima fatal da doença residia em Muquiçaba; Município não registra novos casos desde o último sábado (23)

cesta-basica-217391-article

Prefeitura de Guarapari realiza cadastramento para recebimento de cestas básicas

A ação tem por objetivo beneficiar famílias em situação vulnerabilidade social, em decorrência da pandemia do novo coronavírus

Anúncio
Anúncio
correiosm

Inscrições para o Jovem Aprendiz dos Correios terminam na próxima sexta-feira (29)

São ofertadas 4.462 vagas distribuídas em todo país

Renato Casagrande. Foto: Divulgação

Coronavírus: Casagrande e primeira-dama testam positivo

De acordo com a nota, Casagrande passou a apresentar sintomas leves e realizou exames confirmando a doença

Anúncio
Foto: Divulgação

Comunidades da zona rural de Alfredo Chaves são beneficiadas com construção de pontes

De acordo com o prefeito, essas obras vão assegurar que produtores e moradores trafeguem com mais qualidade e segurança

Foto: Pixabay

Grandes obras em Guarapari fazem crer na retomada após a pandemia