Anúncio

Confira o que vai ter neste Carnaval em Guarapari

Por Criação HM Propaganda

Publicado em 24 de fevereiro de 2017 às 19:25
Atualizado em 24 de fevereiro de 2017 às 19:25
Anúncio

O Carnaval começou em Guarapari. Cidade lotada, carros e polícia nas ruas e a programação para os próximos dias tem de tudo um pouco. Tem bloco para a família, tem bloco que não é tão familiar assim, tem desfile de escolas de samba e blocos no Centro, marchinhas na Praia do Morro e também nos bairros.

No Centro a programação principal são os desfiles que começam neste sábado com a abertura oficial. Dando início aos desfiles, às 20 horas vem o tradicional Bloco das Misses, um dos mais irreverentes e tradicionais do município. A festa vai até a meia noite com outros quatro blocos.

carnaval

Domingo, além dos blocos, começam os desfiles das escolas de samba da cidade. A Imperatriz do Samba e a Mocidade de Olaria vão passar pela Avenida Joaquim da Silva Lima mostrando o que preparam para este ano. Antes delas, a partir das 20h30 já tem bloco na avenida também.

Na segunda-feira é a vez da Jk e a Juventude de Muquiçaba entrarem na pista, também precedidos pelos blocos a partir das 20 horas.

Na Praia do Morro de sábado até terça-feira uma banda tocando marchinhas de Carnaval vai animar o povo, todos os dias a partir das 18 horas.

Nos bairros também tem Carnaval

Fora do circuito oficial do Carnaval, o morador também se organiza para colocar o bloco na rua. Dois ótimos exemplos vêm dos bairros Itapebussú e Perocão.

WhatsApp Image 2017-02-24 at 17.07.53Em Itapebussú, há seis anos o bloco Boca de Siri se destaca pela quantidade de gente e pela animação. “Fazemos um carnaval para nós mesmos. Não tem abadá nem nada disso. Os comerciantes nos ajudam como podem, assim como os moradores. Depois disso saímos pelas ruas fantasiados. O que não falta é animação”, explicou Fernando Ferré, um dos organizadores do bloco. O Boca de Siri começa a concentração às 17 horas.

Em Perocão, o Bloco das Piranhas já vai para a rua há pelo menos 35 anos arrastando uma multidão. Este ano, por causa da crise na segurança pública, quase que foi cancelado, mas no final deu tudo certo e as Piranhas vão para a rua. Em Perocão a concentração é no coração da aldeia, na região mais antiga do bairro, próximo à ponte à partir das 16 horas.

Anúncio
Anúncio

Veja também

O projeto também divulgará o trabalho de artistas locais, que encontram dificuldades em manterem-se durante a pandemia. Foto: Divulgação

Coletivo transforma rede social em vitrine para pequenos negócios de Guarapari

O Sinestesia – Criatividade Coletiva decidiu usar o próprio perfil no Instagram, que conta com mais de mil seguidores, para evidenciar artistas e pequenos empreendimentos locais afetados pela pandemia

Foto: Reprodução

Coronavírus: Guarapari registra 10 novos casos e mais 5 curados

Ao todo, o município contabiliza 161 infectados; Desses, 116 já estão curados

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Profissional da saúde com Covid-19 é encontrada trabalhando em Guarapari

Descumprir o isolamento é infração sanitária e pode ser enquadrado como crime contra a saúde pública

civilpm

Policiais prendem um suspeito de assalto e outro de tentativa de homicídio em Guarapari

wendel1

Vereador de Guarapari poderá ser condenado a devolver dinheiro e a pagar multa

MPC pede condenação de Wendel Lima, então presidente da Câmara em 2017, por autorizar despesas sem interesse público

capa jose luiz

Médico que mora em Guarapari vence a Covid-19 e compartilha luta contra o vírus

“A gratidão é por uma nova chance da vida. A missão dele como médico ainda não acabou”, declarou a esposa e aliada de batalha