Anúncio

Contas de 2018 da Câmara de Guarapari são aprovadas com ressalvas

Na ocasião, o legislativo estava sob responsabilidade do vereador Wendel Lima e foram investigados gastos indevidos durante a gestão

Por Aline Couto

Publicado em 5 de novembro de 2020 às 14:00
Atualizado em 6 de novembro de 2020 às 13:31

Anúncio

Wendel Lima era presidente da Câmara de Guarapari em 2018.

A Prestação de Contas Anual (PCA) do legislativo de Guarapari, do ano de 2018, sob a responsabilidade do vereador Wendel Sant’ana Lima, então presidente da Câmara Municipal, foi julgada regular com ressalva. Foram expedidas determinações ao presidente do legislativo.

Decretada no dia 26 de outubro, a decisão do Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santo (TCES-ES) diverge do entendimento apresentado pela Área Técnica do TCE-ES e pelo Ministério Público de Contas (MPC-ES). Foram investigados gastos indevidos durante a gestão do vereador.

A proposta de deliberação do conselheiro relator, Sergio Aboudib Ferreira Pinto diz:  “Ante todo o exposto, divergindo do entendimento da Área Técnica e do Ministério Público de Contas, VOTO para que seja adotada a deliberação que ora submeto à apreciação deste Colegiado”.

Na decisão, os conselheiros do TCE-ES, ante as razões expostas pelo relator, decidiram:

1. Julgar REGULAR COM RESSALVA a Prestação de Contas Anual da Câmara Municipal de Guarapari, referente ao exercício de 2018, sob a responsabilidade do Sr. Wendel Sant’ana Lima, nos termos do inciso II, do artigo 84, da Lei Complementar 621/2012.

2. Determinar ao chefe do Poder Legislativo Municipal, que se abstenha de promover a revisão geral anual do funcionalismo do Poder Legislativo Municipal, de maneira independente, por ser atribuição privativa do Poder Executivo Municipal.

3. Determinar ao chefe do Poder Legislativo Municipal a adoção de medidas administrativas que viabilizem “a criação e manutenção de estrutura de pessoal adequada e necessária à emissão, em tempo hábil, do parecer do controle interno sobre a totalidade da Prestação de Contas Anual”.

4. Recomendar ao chefe do Poder Legislativo Municipal que proceda à adoção da medida indicada no Relatório Técnico RT 00206/2019-6, qual seja, “proceder às devidas retificações do inventário de bens móveis no exercício corrente, em acordo com as Normas Brasileiras de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público e IN TCEES 36/2014”;

5. Dar ciência aos interessados;

6. Arquivar os presentes autos após o trânsito em julgado”.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

arena-vila-anchieta-esportes-beach-soccer

Anchieta recebe etapa de Campeonato Brasileiro de Beach Soccer

Evento começa nesta terça-feira (19)

Pitaya Marina

Chácara de Guarapari inova e pode produzir Pitaya durante todo ano

Tecnologia originária da África proporciona iluminação própria e a fruta pode ser produzida em qualquer mês do ano

Anúncio

Anúncio

artigo-AR-Dino-2021-10-15-1

Artigo: mega empresário Dino Simões Pádua, verdadeiro cidadão guarapariense

chuva

Instituto alerta para chuvas fortes em Guarapari

Anúncio

rescisao-indireta-artigo-direito-taina-morosini

Artigo: rescisão indireta do contrato de trabalho; O que é e quando pode ser aplicada?

pfizer

Guarapari realiza vacinação sem agendamento para segunda dose de vacina da Pfizer na segunda-feira (18)

Anúncio