Anúncio

Cruzeiros podem movimentar mais de R$ 31,5 milhões na alta temporada de Guarapari

Por Glenda Machado

Publicado em 29 de julho de 2016 às 19:21
Atualizado em 5 de setembro de 2016 às 17:00

Anúncio

Expectativa é receber mais de 70 mil turistas no verão vindos do mar

cruzeiro 5

REPRESENTANTES da empresa que já está de olho em Guarapari estiveram na cidade no dia 13 de julho e voltam para visita técnica em agosto.

Para incluir o município entre os destinos turísticos mais procurados, a prefeitura está apostando na rota de cruzeiros. E o primeiro está previsto para atracar em dezembro deste ano. Seria um teste e se tudo der certo, a cidade vai receber de 10 a 15 cruzeiros na alta temporada de 2017/2018.

Cada embarcação traz 1.800 tripulantes e 4.800 passageiros. Em média, cada um gasta em torno de R$ 438,33. Serão 72 mil turistas circulando entre os meses de novembro a março, com uma movimentação de R$ 31.559.760. É o que aponta pesquisas da empresa que está de olho em Guarapari. Representantes da Cruise Lines International Association (Clia) estiveram na cidade em 13 de julho e voltarão em agosto para uma visita técnica.

“Há seis anos, quando o estado começou a receber cruzeiros, nós manifestamos interesse de incluir Guarapari. No ano retrasado, retomamos essa conversa e no final do ano passado conseguimos enviar uma carta de intenção ao presidente da Clia através do Governo do Estado”, explica o secretário de Turismo, Adriani Serpa.

cruzeiro 4

CADA embarcação traz 1.800 tripulantes mais 4.800 turistas, que gasta em média R$ 438,33 em terra.

Segundo ele, a empresa ficou interessada e veio conhecer o projeto “O Melhor Verão dos Últimos 10 anos”. “Eles ficaram de voltar até a primeira quinzena de setembro, quando vão analisar o nosso mercado, a nossa logística, o nosso potencial turístico e nos indicar uma série de ações para de fato recebermos o cruzeiro teste”, disse Serpa.

Com um passo à frente, o projeto verão já prevê a realização de diversas oficinas de qualificação dos serviços aos turistas que começam em agosto e vão até dezembro. “É uma ação independente do cruzeiro, mas que vem somar a nossa tentativa de incluir o município na rota. Vamos abordar todos os segmentos: ambulantes, quiosqueiros, taxistas, hoteis, restaurantes, lojistas. Mas não é obrigatório, é uma ação espontânea”, afirma Serpa.

Prefeitura propõe dois pontos de desembarque: na Praia do Morro e no Centro

Normalmente, os cruzeiros têm apenas um ponto de parada. Eles desembarcam às 8h e retornam às 16h. Mas para criar fluxo nos dois principais pontos da cidade, a prefeitura ofereceu duas possibilidades: no Centro e na Praia do Morro. “É uma oportunidade de gerar renda nos dois lados da cidade”, enfatiza o prefeito Orly Gomes.

De acordo com ele, os destinos mais procurados pelos cruzeiristas são Garoto e Convento da Penha em Vila Velha, as montanhas de Domingos Martins e a tradicional moqueca de Meaípe. “Com dois pontos atenderia a todos os roteiros de passeios terrestres. Na Praia do Morro, desceriam os interessados em ir para Grande Vitória. E no Centro, desembarcariam àqueles que fossem para a Região Sul”.

O prefeito explica que esses navios requerem um ancoradouro de 8,5 metros de profundidade. E Guarapari já tem um com 13,5 metros há 450 metros do píer do Morro da Pescaria aprovado pela Marinha.  “Seriam duas opções de desembarque, um no Morro da Pescaria e outro no Centro – que será construído nas obras de revitalização do canal. É um presente para a nossa cidade, porque não tem custo, só lucro. Isso mudaria a característica do nosso turista que tem perfil consumista com poder de aquisição para gastar e movimentar a nossa economia”.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

situacao_de_rua_2021-06-23

Situação de Rua: o que pensam organizações de Guarapari que trabalham com essa população

Em Guarapari, parte da população têm notado um aumento de pessoas que encaram essa condição

Capacetes Elmo

Espírito Santo recebe doação de 158 capacetes ELMOs para pacientes com Covid-19

Anúncio

Anúncio

xepa vacina

Governo do Estado cria regras para “xepa” das vacinas nas cidades do ES

Orientação da Sesa é que as doses excedentes sejam utilizadas em quem pertence ao grupo contemplado ou para as pessoas da faixa etária seguinte

procurados-2021-06-23

Polícia Militar divulga 5 criminosos de Guarapari procurados pela Justiça

Caso tenha informações, população pode ajudar a polícia através do Disque-Denúncia (181)

Anúncio

Eco 101 - duplicação

Duplicação: desvio de tráfego em Anchieta para construção do viaduto de acesso a Alfredo Chaves

vacinacao_50-mais-gri2021-06-12

Guarapari realiza novo agendamento para pessoas acima de 40 anos

Anúncio