Anúncio

Cultura afro-brasileira é tema de trabalho em creche no município

Por Gabriely Santana

Publicado em 11 de novembro de 2015 às 12:04
Atualizado em 11 de novembro de 2015 às 12:04

Anúncio

Trabalhar questões étnicas raciais com crianças pequenas pode trazer resultados positivos. O Centro Municipal de Educação Infantil Tercília Astori Gobbi está trabalhando o tema relacionando-o às comemorações do Dia da Consciência Negra, este mês.

IMG-20151110-WA0014

Professores e crianças se envolveram em atividades que despertaram a beleza da diferença. Foto: Semed

A literatura infantil “Menina bonita do laço de fita”, um clássico de Ana Maria Machado, será o meio prazeroso para tratar desta questão com as crianças, pela forma sutil que a autora trata a beleza negra, com muita delicadeza e simplicidade, usando uma linguagem suave, que encanta a criança, e permite aos professores refletir, junto às crianças, sobre questões raciais, afetivas e familiares

Com recursos materiais como tinta, cola, papéis variados, jornais, revistas, encartes e instrumentos musicais como tambor, atabaque, pandeiro e berimbau foram feitos trabalhos com confecção, pintura de painéis e apresentações musicais. O Professor Cota, Mestre em Capoeira, foi o convidado especial para uma apresentação para todos os alunos.

IMG-20151110-WA0004

Um Viva as Diferenças. Essa foi a mensagem deixada em mais uma atividade desenvolvida. Foto: Semed

“Trabalhar as questões étnicas, raciais e culturais com crianças é bastante prazeroso, pois, traz resultados positivos uma vez que elas passam a considerar as considerar as diferenças (não apenas as ligadas ao tom da pele) como algo presentes em outras questões”, afirma a Diretora do CEMEI, Messilda Costa.

“Assim, ao trabalhar o tema em questão, as atividades aproximam nossos alunos de riqueza cultural afro-brasileira. A partir do que se observa percebe-se que a escola não pode perder tempo para iniciar discussões sobre questões de gênero e raça/etnia, cidadania, linguagem e relações de gêneros para que possa realmente ter escola inclusiva”, concluiu.

Fonte Semed

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Pacientes não conseguem medicamento para tratamento de Parkinson em Guarapari

sequelas cirurgia8

Com sequelas devido a uma cirurgia, jovem de Guarapari precisa de tratamento e mãe pede ajuda

Anúncio

Anúncio

impostos-combustiveis-gasolina-2021-09-28

Para evitar aumentos, Governo do Espírito Santo congela imposto de combustíveis

processo_seletivo-2021-04-01

Anchieta abre seleção com remuneração de até R$9 mil

Inscrições acontecem nesta quinta (30) e sexta-feira (01)

Anúncio

coronavac-instituto-butantan

Covid-19: Guarapari realiza ação sem agendamento para imunização com a vacina Coronavac

retorno creche alegria (8)

Creche Alegria retorna as atividades em Guarapari

Por conta da pandemia, as crianças assistidas pela instituição mantiveram o contato com os profissionais por meio de redes sociais e realizavam as atividades em casa

Anúncio