Anúncio

Decisão judicial determina o fim da greve dos servidores

Por Gabriely Santana

Publicado em 10 de junho de 2015 às 22:00
Atualizado em 10 de junho de 2015 às 22:00

Anúncio

Panelas e apitos não foram suficientes para sustentar o movimento grevista dos servidores públicos de Guarapari. O desembargador Jaime Ferreira Abreu concedeu liminar, nesta terça-feira (09), decretando a ilegalidade da greve dos servidores públicos do município, que ocorre desde o início da semana. Para o magistrado, o sindicato da categoria não cumpriu com requisitos previstos na Lei Geral de Greve, e a paralisação provocou “abusivos transtornos criados nas unidades de saúde” e não cumprimento ao “requisito de aviso prévio à parte adversa para que não seja pega de surpresa”.

DSC_0925

MANIFESTANTES, ficam decepcionados com a decisão da liminar. Foto: Glenda Machado

 

 

Os servidores entraram em greve para cobrar o aumento de 8,44%. A prefeitura apresentou proposta de apenas 4% o que causou a indignação de vários funcionários de diversos setores. “A administração pública conseguiu a liminar e o Sintrag como um sindicato sério e honesto, ao contrário da administração, veio e se apresentou e assinou a liminar, e nós vamos cumprir a decisão”. Disse a presidente do sindicato dos servidores públicos de Guarapari, Rosemary Abud.

A decisão liminar deu o prazo de 48 horas para os grevistas voltarem às atividades normais com previsão de multa diária de R$ 5 mil em caso de desobediência, no entanto, sem sanções administrativas. Segundo o sindicato, a tentativa será em favor de derrubar a liminar pois eles possuem provas de que todos os serviços essenciais funcionaram em 30% dos atendimentos, além disso as comunicações foram feitas antecipadamente para que toda a população estivesse ciente do movimento grevista.

“Panelaço” e “churrasco” marcaram as manifestações

DSC_0909

SERVIDORA faz barulho em frente à prefeitura. Foto: Glenda Machado

Funcionários e servidores não deixaram se abater pela decisão da liminar e protestaram na tarde desta quarta-feira (9) em frente à prefeitura. Representantes do Sindicato esperavam ser recebidos pela Prefeitura para uma reunião de negociação, mas segundo os manifestantes não houve contato.

DSC_0948

CHURRASCO foi servido como forma de protesto. Foto: Glenda Machado

Entre vaias e palavras de ordem, alguns funcionários bateram panelas em frente à prefeitura. Além disso, arrecadaram dinheiro para comprar carne e fazer um churrasco, em forma de protesto. “A sensação é de injustiça. Nós estamos lutando pela causa e o prefeito não nos recebe e nem tenta diálogo. É uma vergonha, mas não vamos desistir. A greve terminou mas o movimento continua.” Desabafou a servidora da saúde, Rosangela Silva Barreto.

Após o recebimento da liminar, que aconteceu no momento da manifestação, houve uma assembleia que definiu a continuidade ou não do movimento grevista. Todos os servidores votaram pela suspensão do movimento, mas aguardam que o sindicato entre com recurso para que a liminar seja derrubada. “Eles deram essa liminar sem ouvir a parte contrária. Falam que o sindicato fez apenas uma comunicação administrativa, mas nós publicamos nos jornais como manda a lei e infelizmente recebemos essa intimação. Finalizou a advogada do Sintrag Ana Maria.

Em nota a prefeitura municipal solicita a colaboração dos servidores que estão em estado de greve para que retornem aos seus postos de trabalho e normalizem o atendimento à população e ressaltam, ainda, que, dos aumentos propostos pelas administrações municipais dos demais municípios capixabas, a Prefeitura de Guarapari foi a que propôs o maior índice percentual de aumento (4%).

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

compras_natal_1-770x470

Natal Premiado com R$ 15 mil de premiação em Anchieta

IPVA-2016-Romero

Governo do ES divulga datas para pagamento do IPVA 2022

Anúncio

Anúncio

artigo-antonio-ribeiro-2021-11-26-viatura-policia-militar-pm

Artigo: Polícia Militar fazendo blitz em diversos pontos da cidade saúde

interior view of a steel factory,steel industry in city of China.

Sine de Anchieta tem 132 oportunidades de emprego em aberto para Guarapari e região

Anúncio

Sinal-Vermelho-Arte-AMB-Fonte-cnj.jus_.br_

Artigo: Sinal Vermelho – respeitar a mulher é respeitar a sociedade

vendedor-ambulante-550x367

Guarapari inicia cadastramento de ambulantes nesta segunda (29)

Anúncio