Anúncio

Doações a crianças e adolescentes de Guarapari podem ser realizadas através do Imposto de Renda

Por Aline Couto

Publicado em 10 de março de 2020 às 16:41
Atualizado em 10 de março de 2020 às 16:41

Anúncio

A Declaração do Imposto de Renda 2020 – relativo ao ano de 2019 – iniciou no dia 02 de março e segue até 30 de abril. O cidadão que efetuar a declaração do Imposto de Renda no modelo completo poderá destinar até 3% ao Fundo Municipal da Criança e Adolescente de Guarapari (FIA)

A Creche Alegria atende cerca de 120 crianças em Santa Mônica. Foto: Arquivo/Folha.

Crianças e adolescentes atendidas em instituições de Guarapari podem receber doações através da Declaração do Imposto de Renda. Os valores arrecadados, até 3% do imposto, irão para o Fundo Municipal da Criança e Adolescente (FIA) e são distribuídos pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) para instituições da cidade que estejam cadastradas, como a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais – Apae e a Creche Alegria.

“Vivemos de doações, são a sustentabilidade da creche e dos projetos esportivos. Com esses recursos tocamos a creche e pagamos a remuneração dos profissionais dos projetos”, contou Lourdes Novaes, diretora e vice-presidente da Creche Alegria, que atende cerca de 120 crianças na instituição e 180 nos projetos sociais.

Para destinar a doação para entidades de Guarapari, é preciso que o contribuinte informe o CNPJ do FIA no ato da declaração. Ao realizar a destinação, o declarante não pagará mais imposto nem terá a restituição diminuída. Essa porcentagem apenas será destinada para o Fundo Municipal da Criança e Adolescente de Guarapari, ao invés de ir para o Tesouro Nacional. É importante destacar que, caso a declaração seja feita por meio do formulário simples, com desconto simplificado, a destinação não poderá ser realizada.

A sede da Apae está localizada em Itapebussu.

De acordo com a coordenadora da Apae de Guarapari, Luciana Baraviera, a doação que a entidade recebe anualmente através dos impostos é de suma importância. “Esses valores são aplicados em projetos, como os ligados ao autismo; oficinas e equipamentos. Contamos todo ano com esse recurso”.

Para as instituições receberem os valores, elas precisam apresentar projetos que devem ser aprovados pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. Os recursos são distribuídos de acordo com os projetos.

Serviço:

CNPJ do Fundo Municipal da Criança e Adolescente de Guarapari (FIA): 188.616.51/0001-31.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

vacina_covid_19

Guarapari esclarece diferença entre número de doses recebidas e aplicadas de vacina da Covid-19

Agendamento será reaberto nos próximos dias para a população com idade entre 60 e 64 anos

zaine_e_ricardo_conde-2021-04-05

“É como ter uma arma apontada para a família, sem defesas” alerta jornalista de Guarapari, recuperado da Covid-19

Ricardo e a esposa, Zaine Conde, contraíram a doença. O jornalista se recuperou e a esposa ainda está na UTI, mas apresentando melhoras

Anúncio

Anúncio

coronavac-instituto-butantan

Guarapari: 2ª dose da vacina contra Covid-19 para idosos de 65 a 69 anos ainda não tem data

A maioria dos idosos desse público recebeu a primeira dose há cerca de um mês

aumento efetivo111

Casagrande anuncia aumento do efetivo da Polícia Militar do Espírito Santo

Anúncio

upaa-550x413

Câmara derruba veto do Prefeito e estende Auxílio Funcional aos demais servidores da Saúde de Guarapari

O veto restringia o pagamento do auxílio apenas aos profissionais lotados na UPA 24h

Bobó Brisamare-Risa

Semana das Mães: restaurante de Guarapari vai doar parte das vendas ao Recanto dos Idosos

Anúncio