Anúncio

É supersticioso? Saiba como entrar 2021 com o pé direito mesmo com a pandemia

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 13 de dezembro de 2020 às 15:00
Atualizado em 14 de dezembro de 2020 às 18:47

Anúncio

Morgana e Elielton afirmam ser adeptos a vários “rituais de Réveillon”.

Simpatias, banhos de ervas, roupa branca, pular sete ondinhas no mar. Para quem acredita em superstições, a noite da Virada de Ano é um prato cheio para colocar algumas ideias em prática e entrar 2021 com o “pé direito”. Que o diga o casal Morgana Rosa, de 43 anos, e Elielton Rosa, 36. Moradores de Guarapari, na região Metropolitana do Estado, eles afirmam ser adeptos a vários “rituais de Réveillon”.

“Todos os anos usamos roupas brancas, tomamos banho de champanhe para trazer prosperidade. Nossa, são vários rituais. Jogamos pétalas de rosas e arroz na água do mar. Fazemos isso há anos e vamos continuar, porém iremos num horário de dia e não iremos para o calçadão à noite, para evitar aglomeração”, afirmam.
Tudo sempre era visto na Praia do Morro, um dos balneários mais famosos da Cidade Saúde, e onde eles sempre passaram a noite da Virada de Ano. Com a pandemia, o casal decidiu seguir todas as normas para evitar a proliferação da Covid-19.

As superstições ajudam mesmo?

A psicanalista Regina Mariani diz que sim. Segundo ela, no momento em que pedimos algo, nos conectamos com o nosso “eu” e isso emana ao universo o pedido e é a fé que, por vezes, o faz realizar.

Psicanalista Regina Mariane afirma que a psicanálise trabalha a fé sem distinção de religiões ou ritos.

A profissional afirma que a psicanálise trabalha a fé sem distinção de religiões, ritos. Isso prevalecido nos faz acreditar no nosso próprio potencial de conquistas e realizações. “Esse momento de Virada de Ano encerra um ciclo para outro iniciar, e dentre a esse contexto você faz mudanças e ressignificações de acontecimentos no sua psique. Assim, abrem-se novos caminhos de liberdade para a criatividade. É um momento para celebrar a vida.”.

O problema, de acordo com Regina, é “quando esse excesso de ritualização da vida foge do controle, por vezes os comportamentos repetitivos podem estar associados ao transtorno obsessivo compulsivo (TOC).”, conclui.

Três, dois, um … feliz ano de Yemajá, Oxúm e Oxalá

Yemajá, Oxúm e Oxalá serão os orixás regentes de 2021, de acordo com as religiões de matriz africana. A afirmação é do Pai Sant’ Ana D´Oxúm, sacerdote em uma casa religiosa localizada em Setiba Ville, no litoral de Guarapari. Para prever o próximo ano, ele recorreu aos búzios, às cartas ciganas e também incorporou dona Maria Padilha, uma das entidades de umbanda e candomblé mais famosas do País.

Segundo Pai Sant’ Ana “será para a humanidade ter mais respeito à religião, seja ela qual for.

Pai Sant’ Ana explicou que “será um período de muito amor e paixões ilusões, o que levará a um alto índice de mães solteiras.”. E há chances de mais tragédias naturais como enchentes, alagamentos, furacões, deslizamentos de terras acontecerem, pois serão meses a terem tendência de muita água. Isso, segundo ele, “será para a humanidade ter mais respeito à religião, seja ela qual for, a Deus, a própria família e ao próximo. Os líderes religiosos devem se unir e se respeitar independente de suas igrejas e templos.”.

Além disso, muitos escândalos na atual gestão do executivo federal devem acontecer. “O ano de 2021 será de muitas perdas de pessoas importantes. Várias personalidades da TV, da comunicação, da música, da política e artistas poderão fazer suas passagens para o outro plano, deixando saudade aos que ficam e a seus fãs. Já o presidente Bolsonaro pode até cumprir seu mandato, mas será difícil ele se reeleger nas próximas eleições, pois muitas coisas negativas surgirão nesse período. Ele deve cuidar mais da saúde, porque podem aparecer algumas complicações.”.

Já sobre possíveis melhoras na economia do Estado, o pai de santo afirmou que não haverá grandes avanços. Para ele, não está havendo isolamento social na pandemia e economia deveria ser uma disciplina obrigatória nas escolas, pois o brasileiro não sabe lidar muito bem com as próprias finanças.

Preocupado com a política do Espirito Santo, Pai Sant’ Ana quis deixar registrado que o capixaba não deve esperar muitas mudanças neste setor, não. “Se a gente não estudou a história de vida do candidato, não sabe o comportamento dele, nem quem ele é. Como podemos esperar alguma mudança?”.

Ainda, fez questão de alertar os futuros gestores municipais da Grande Vitória e o de Guarapari. “Para fazer uma administração diferenciada em Vila Velha, Arnaldinho terá que manter a ordem e a transparência com quem confiou nele. Para os cargos comissionados e administrativos, ele deverá escolher pessoas que tenham capacidade para ocupar tais cargos. Na Serra, Sérgio Vidigal terá que limpar o nome do município, porque lá existem pessoas honestas e do bem. E ele terá que respeitar essas pessoas, pôr tudo no devido lugar. Bem como a sua equipe de governo. Já em Vitória, Pazolini terá que ser ele mesmo, sem se espelhar no atual presidente – respeitar as leis que devem ser aplicadas e o direito das pessoas. Euclécio Sampaio deverá ter sabedoria para separar o joio do trigo e não ficar na ‘mão de ninguém’ para governar Cariacica com maestria nos próximos 4 anos. O prefeito de minha cidade, Guarapari, o Edson Magalhães, ele deve cobrar mais de sua nova equipe de governo e dos servidores comissionados. Nossa cidade é uma das mais lindas. Ele terá que explorar o que temos mais rico e belo.”, enfatiza.

Para ter mais prosperidade no ano vindouro, o religioso sugere alguns banhos: manjericão, canela, cravo, erva-doce, anis-estrelado, água de flor de laranjeira e wagi – um pó azul usado para “descarregar” o corpo. Na parte das frutas e flores, Pai Sant’ Ana D´Oxúm diz que maçã e uva verde e a rosa branca também são ótimos elementos para colocar nos banhos de fim de ano.

Na mesa cardápio e na mesa da ceia, ele indica grãos como a tradicional lentilha, o milho, ervilha, grão de bico e usar vinho e champanhe, pois são elementos com energia positiva. E não usar roupas escuras.
Mas a principal dica dele é “procurar um terreiro para saber o que está negativo e virar o ano com todos os aspectos positivos.”, finaliza.

Texto e fotos: Clovis Rangel

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

MAPA_60_L1

Governo apresenta 60° Mapa de Risco com Guarapari, Anchieta e Alfredo Chaves em risco moderado

transparencia-fiscalizacao-corrupcao-lupa

Espírito Santo é o Estado mais transparente nos dados da vacinação contra Covid-19

Anúncio

Anúncio

obras Camurugi

Moradores de Guarapari aguardam obras em rua do Camurugi contemplada em 2020

Até o momento, o serviço de dragagem da vala foi realizado; a promessa da prefeitura é que a obra de drenagem e pavimentação fique pronta até o fim do ano

Sine de Anchieta tem 46 vagas para moradores da região e oportunidades para Guarapari

As vagas são para os níveis fundamental, médio, técnico e superior

Anúncio

bazar_edicao_1

Projetos sociais de Guarapari realizam ações de solidariedade neste sábado (19)

Ações de bazar beneficente e cabide solidário visam ajudar famílias necessitadas de Guarapari

vacina_covid_guarapari_90

Guarapari abre agendamento da segunda dose de Coronavac para idosos acima de 60 anos

Anúncio