Anúncio

Eles ganharam ouro na dedicação e no esporte

Por Gabriely Santana

Publicado em 26 de abril de 2016 às 20:15
Atualizado em 26 de abril de 2016 às 20:16

Anúncio

Um grande exemplo de que o esporte faz a diferença. Estudantes, guaraparienses e moradores de comunidades locais, como o Adalberto Simão Nader, onde muitos jovens perdem a vida, vítimas das drogas e da violência urbana encontraram na democratização do esporte, oferecido pelo Projeto Crescer com Viver a esperança de um futuro melhor. E foi com um esporte de defesa, como o judô, que a garotada exposta à vulnerabilidade e ao medo pôde conquistar dias melhores.

Com a chegada das olimpíadas, as meninas e os meninos têm uma motivação a mais para praticar o esporte. E o resultado tem sido cada vez melhor. Dos quatro jovens que disputaram a etapa regional do Brasileiro de Judô, em Minas Gerais, dois conquistaram medalha de bronze e uma foi classificada para a etapa de Salvador.

IMG_0746

Com o bronze, Lucivania, Rivani e Miliana foram destaques na competição regional. Foto: Hamilton Garcia

Uma delas é a Lucivania da Silva Magalhães de apenas 16 anos. Moradora do Adalberto Simão Nader e atleta do projeto há 2 anos foi classificada para disputar a etapa final do brasileiro na Bahia. Mesmo com as dificuldades, ela encara o desafio como uma oportunidade de mostrar que todos podem dar bons frutos. “Eu no começo não levava tão a sério os treinos, comecei a participar e fui me envolvendo cada vez mais. Percebi que levava jeito para o judô e passei a me dedicar. Agora, quero trazer uma medalha. Sem dúvidas, o caminho do esporte faz a diferença”, disse a atleta.

Já para Rivani Nunes de 18 anos, que ainda tem chances no brasileiro, a disputa do regional foi uma oportunidade para agregar o seu currículo de judoca. “Aproveitei bastante a viagem que foi proporcionada com muito esforço do projeto Crescer com Viver. Agora é me preparar para as próximas competições”, contou o medalhista que conquistou o bronze no Regional de Judô.

Além de Rivani e Lucivania, também disputaram a competição regional os atletas Gledson que conquistou o 7º lugar e a atleta Miliana que também arrancou uma medalha de bronze. Segundo Otília Piumbini, representante da Ong, o esporte está mudando vidas e fazendo com que a realidade se transforme em algo positivo na vida de meninas e meninos da comunidade.

“Ficamos muito felizes com os resultados. Além da seletiva regional e do brasileiro, temos 3 atletas classificados para a seletiva estadual na categoria sub-18. Vamos continuar na torcida pelos nossos meninos e meninas de ouro”, finalizou.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

reuniao_PMES_PCES_Seguranca-2021

Novembro teve o menor número de assassinatos dos últimos 25 anos do ES

PHOTO-2021-11-29-15-02-06

Artigo: tomar ou não a vacina? Será que posso ser demitido?

Anúncio

Anúncio

vacina pfizer crianças

Mutirão vai aplicar vacina da Covid-19 para diversos públicos em bairros de Guarapari

Confira público-alvo de cada etapa da vacinação e Unidades de Saúde para cada dia do mutirão

radium-arquvo-foes

Guarapari: novo projeto do Radium Hotel será apresentado nesta terça (07)

Anúncio

reproducao_folhaOvitoria-CDP_Xuri

21 detentos fugiram da Penitenciária do Xuri, em região vizinha à Guarapari

Confira quais são os fugitivos

800px-Mangalarga_Marchador

Anchieta recebe campeonato do Cavalo Mangalarga Marchador neste fim de semana

Anúncio