Anúncio

Em passagem pelo ES, tripulantes da maior livraria flutuante do mundo visitam Alfredo Chaves

Por Sara de Oliveira

Publicado em 22 de outubro de 2019 às 18:33
Atualizado em 22 de outubro de 2019 às 18:33
Anúncio

Alguns membros da Logos Hope, que estavam em uma temporada pelo Espírito Santo, visitaram o Sítio de Voos de Alfredo Chaves nessa segunda-feira (21).

Fotos: Divulgação.

Cerca de 40 tripulantes da Logos Hope, livraria flutuante que passou uma temporada no Espírito Santo, puderam conhecer as belezas de Alfredo Chaves. Nessa segunda-feira (21), o grupo, que conta com pessoas de diversas nacionalidades diferentes, realizou voos de parapente no município, e pôde conhecer o estado por um ângulo diferente.

Rodolpho Cavalini, instrutor do sítio de voos, o tempo estava um pouco instável, por isso 20 voos foram realizados. Ainda assim, ele classifica a experiência como ‘fantástica’. “Tinha gente de vários lugares diferentes, até de um país que eu nem sabia que existia”, brincou.

O momento também ficou na memória dos visitantes. Nos depoimentos registrados, escritos em diversas línguas, os tripulantes deixam claro o encantamento com e experiência.

 

“Que irado! Uma das melhores escolhas da vida! Vários sentimentos, lugar incrível, belas paisagens”.

“Algo único na vida. Sou muito grata por fazer meu primeiro salto em uma viagem tão inesquecível”.

Depoimentos.

Rodolpho ressalta que a visita do grupo foi importante para divulgar o município de Alfredo Chaves mundialmente. “É uma experiência compartilhada que vai percorrer vários países do mundo, porque todos vão espalhar o que vivenciaram. É uma oportunidade de colocar a cidade e o estado  em evidência, apresentando os nossos atrativos turísticos”.

Logos Hope

Foto: Reprodução.

“A maior livraria flutuante do mundo”, é assim que a Logos Hope é definida. O navio circula por diversos países com 400 tripulantes voluntários, representantes de várias nacionalidades. A livraria ficou aberta para visitação no Porto de Vitória do dia 10 a 20 de outubro, e tem o objetivo de promover o acesso à literatura.

Anúncio
Anúncio

Veja também

corona

Coronavírus: Guarapari registra 12º óbito e mais 10 casos da doença

A vítima fatal da doença residia no Centro

CTA

Centro de Testagem e Aconselhamento vira alvo de denúncias em Guarapari

Anúncio
Anúncio
Lucineia Santos de Souza. Foto: Arquivo Pessoal

Moradora de Guarapari já produziu e doou mais de 500 máscaras para famílias carentes

Com um saco de retalhos e um rolo de elástico, Lucineia Santos resolveu ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade social a se protegerem da Covid-19

homicidio

Número de homicídios no ES reduz em maio e atinge melhor número dos últimos 24 anos

Anúncio
abertura de em presas

ES está entre os 12 estados com menor tempo de espera para abertura de novas empresas

cão4

Pandemia faz número de adoção de cães e gatos crescer em Guarapari