Anúncio

Empresa atrasa pagamento e agentes do rotativo fazem nova paralisação

Por Natália Zandomingo

Publicado em 14 de junho de 2016 às 17:44
Atualizado em 14 de junho de 2016 às 21:14

Anúncio

DSC03365A manhã desta terça-feira (14) começou com paralisação dos agentes do sistema de estacionamento rotativo. A manifestação aconteceu na Praça do Bradesco e nas proximidades do shopping, no Centro de Guarapari. Liderados pelo Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Prestadoras de Serviços no Espírito Santo (Sindilimpe-ES), os manifestantes pediam o pagamento do salário, que está atrasado deste o dia sete deste mês.

Segundo funcionários que não quiseram se identificar, esta é a terceira vez que a empresa Vista Group Network/Vaga Ativa (VGN) atrasa o pagamento, que deveria ser realizado até o 5º dia útil do mês. “Sabemos do momento econômico do país, mas precisamos ter boas condições de trabalho”, contou um dos funcionários.

DSC03366Os agentes também reclamaram dos problemas enfrentados para trabalhar. Além da demora para liberar o pagamento, eles informaram que já ficaram 60 dias sem receber o tíquete alimentação e que não possuem ponto de apoio. “Precisamos pedir aos comerciantes para usar o banheiro. Um colega nosso já teve infecção urinária porque não tinha banheiro para ir”, disse outro agente. Na lista de reclamações também estão falta de equipamentos de proteção individual e agressão de motoristas.

Segundo Janaína Reis, Diretora de Formação Executiva do Sindilimpe, “Os trabalhadores só voltarão ao trabalho quando o pagamento estiver na conta”. O sindicato também informou que o repasse da contribuição sindical não foi realizado, mas o desconto foi feito. A líder sindical disse ainda, que a entidade vai entrar com processo coletivo contra a empresa devido alguns relatos de assédio moral sofrido pelos trabalhadores.

Outro lado

Em nota, a VGN disse que todos os direitos serão pagos e que a direção da empresa informou aos funcionários que o pagamento seria realizado até esta terça-feira (14), o que, segundo a nota, será cumprido.

A empresa explicou que os “atrasos são devido ao momento de recessão do país e que a crise reflete diretamente na manutenção da empresa”. Quanto ao repasse sindical, a informação é de que o pagamento foi parcelado com o sindicato.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

acidente br101 1

Grave acidente deixa uma pessoa morta e três feridas em Guarapari

Segundo o Centro de Controle Operacional (CCO) da Eco101, concessionária que administra a via, o acidente aconteceu por volta das 07h15

o-que-e-um-curso-profissionalizante-descubra-aqui

Qualificar ES: últimos dias para inscrições de curso em Guarapari

Anúncio

Anúncio

Rua Safira, Setiba1

Rua pavimentada há seis meses alaga sempre que chove; moradores pedem solução em Guarapari

destaques pm

10º Batalhão homenageia destaques operacionais e transferidos para reserva em Guarapari

Anúncio

vacinacao-gripe-vilhena-2021-05-11

Covid-19: Guarapari abre novo agendamento para pessoas acima de 50 anos

edson-1024x683

Guarapari: TCE-ES recomenda rejeição das contas de Edson Magalhães do ano de 2018

Anúncio