Anúncio

Agerh declara Estado de Atenção sobre situação hídrica no Espírito Santo

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 27 de setembro de 2021 às 09:03

Anúncio

Agerh declara Estado de Atenção sobre situação hídrica no Espírito Santo
Foto: Governo do ES.

A Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh) declarou Estado de Atenção sobre a situação hídrica no Espírito Santo. A Resolução 001/2021, com a declaração e recomendações de uso racional da água, foi publicada no Diário Oficial do Estado, na sexta-feira (24).

O Cenário de Atenção foi declarado devido ao risco de aumento do déficit hídrico em rios e demais cursos d’água de domínio do Espírito Santo. De acordo com o diretor-presidente da Agência Estadual de Recursos Hídricos, Fábio Ahnert, a queda nas vazões dos mananciais e a possibilidade de não ocorrência de chuvas em volumes suficientes demandam maior atenção do poder público, das companhias de abastecimento e dos usuários de água. 

“Diferentemente das regiões banhadas pela bacia hidrográfica do rio Paraná, que sofrem com a falta d’água desde o primeiro semestre, o Espírito Santo ainda está conseguindo ofertar água em quantidade e qualidade para todos, mesmo em um dos meses mais críticos do período seco. No entanto, chegamos a um momento, no qual os volumes dos rios seguem em queda, o que requer atenção e esforços de economia para evitarmos a escassez hídrica”, explicou Ahnert.

Recomendações

A Resolução que declara o Estado de Atenção para a situação hídrica no Espírito Santo recomenda uma série de medidas voltadas ao uso racional da água em vários segmentos. 

Companhias Públicas e Privadas de Saneamento e Serviços Autônomos Municipais de Água e Esgoto

Às empresas e organizações responsáveis pelo abastecimento urbano de água, a Agerh recomenda medidas de incentivo à economia do consumo diário de água pela população, intervenções para redução do índice de perdas do sistema de distribuição, e a agilidade no atendimento às solicitações de reparos de vazamentos em suas redes.

Prefeituras municipais

Às prefeituras dos 78 municípios do Espírito Santo são recomendadas ações que reduzam e responsabilizem atividades promotoras do desperdício de água, como lavagem de calçadas, fachadas, muros e veículos com o uso de mangueiras; a rega de gramados, jardins, vias públicas com água que não seja de reuso. 

Indústrias

Medidas de reuso, reaproveitamento e reciclagem de água em suas unidades são as recomendações da Agerh para a redução do consumo em empreendimentos industriais.

Agricultura

Aos usuários e empreendedores agrícolas, o Estado de Atenção demanda a adoção do período noturno para a irrigação de lavouras, a ampliação do uso racional e de captação de águas de chuva.

Órgãos Licenciadores

A Agerh recomenda aos órgãos responsáveis pelo licenciamento de atividades poluidoras, potencialmente poluidoras, degradadoras ou potencialmente degradadoras, que imponham aos empreendimentos a adoção de medidas para a ampliação do uso racional, do reuso e aproveitamento de águas residuais tratadas, da captação de águas de chuva e de ações de reflorestamento e conservação de água e solo. Recomenda ainda a desburocratização do licenciamento de atividades e intervenções emergenciais destinadas ao aumento da oferta hídrica.

Acesse a Resolução 001/2021 na íntegra. 

“Em paralelo, a Agerh vai reforçar ainda mais o monitoramento dos rios e da chuva, em parceria com os órgãos estaduais e federais, e ampliar as ações de fiscalização nos locais mais sensíveis à estiagem”, complementou o diretor-presidente da Agência.  

Fábio Ahnert enfatizou ainda a importância do comprometimento de todos. “É muito importante que todos os capixabas se unam em prol de um uso mais consciente da água, para que continuemos atravessando esse período seco com tranquilidade e sem prejuízo, até o retorno das chuvas”, recomendou.

*Com informações: Governo do ES.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

20220811_123246564_iOS

Rede Meridional pretende montar Pronto Atendimento no Espaço Saúde, em Guarapari

DemonstraÁ¿o do uso da urna eletrÙnica para as eleiÁ¿es de 2006.

Requerimento para voto em trânsito pode ser feito até o dia 18 por eleitores de Guarapari e outras cidades

Anúncio

Anúncio

whatsapp-image-2022-08-11-at-15-59-38

Prefeitura de Guarapari reforça vacinação em crianças e adolescentes nas escolas da rede municipal

FolhaOnline-FotoFamílias

Guarapari: conheça três histórias diferentes unidas pelo amor de pai para filho

Anúncio

coluna-antonio-14ago

Coluna Dom Antônio: Feira do artesanato todos os domingos no Mercado do Produtor Rural de Guarapari

av-dr.-roberto-calmon-2022

Véspera de Dia dos Pais estimula comércio em Guarapari

Anúncio