Anúncio

ES apresenta linha de crédito para recuperação econômica do setor turístico de Guarapari

Por Aline Couto

Publicado em 4 de maio de 2021 às 11:21
Atualizado em 5 de maio de 2021 às 11:47

Anúncio

Foto: divulgação.

Ontem (03), no Hotel Guarapousada, em Guarapari, empresários da hotelaria do município, representados pela Associação de Hotéis e Turismo de Guarapari – AHTG e Associação Brasileira da Indústria de Hotéis – ABIH-ES, se reuniram com o presidente do Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes), Munir Abud e o Secretário da Ciência, Tecnologia, Inovação, Educação Profissional e Desenvolvimento Econômico (SECTIDES), Tyago Hoffman para os representantes do governo detalharem as condições da linha de crédito oferecida pelo Estado para proteção dos empregos no setor de turismo.

Convidamos nossos associados para ouvirem a apresentação que contou também com informações sobre a situação da gestão estadual no controle da pandemia, passadas pelo secretário Tyago”, relatou Gustavo Guimarães, presidente da ABIH.

Durante o encontro, Munir Abud falou sobre o Fundo de Proteção ao Emprego e explicou aos empresários o processo de aquisição do crédito.

Guarapari é uma cidade muito importante para o Espírito Santo, especialmente pela vocação turística que infelizmente foi brutalmente afetada pela pandemia. Mas, o governo do estado, buscando socorrer aqueles que precisam, criou a maior linha de crédito do país para auxílio da recuperação econômica. Para que esse recurso possa chegar a quem precisa estamos fazendo rodadas de reuniões com empresários para esclarecer como acionar esta linha de crédito. Sabemos da importância do setor hoteleiro, de bares e restaurantes e da dependência das atividades turísticas, por isso, a necessidade de uma reunião como essa que realizamos”.

Para Marcos Azevedo, coordenador da AHTG, a criação desta linha de crédito é uma sobrevida para o setor turístico de Guarapari. “Foram muitas perdas nesse setor, foi uma atitude necessária. Uma proposta com taxa atrativa e única. Nosso momento é de muitas incertezas, precisamos ter responsabilidade e cuidado”.

Segundo Gustavo, agora cabe ao empresário buscar por esta linha de crédito, que é desburocratizada e com taxas subsidiadas (Selic), para salvar empregos mantendo as empresas que estão em dificuldade, existindo.

O empresário deve acessar o site do Bandes e dar início ao cadastramento e solicitação, que será analisada e retornada com o andamento do processo de concessão e análise de crédito. Essa oferta é um alento para que se possa, nos 12 meses de carência, esperar alguma reação do mercado antes de começar a pagar a primeira parcela. Muitos já estão se desfazendo de bens ou buscando linhas de crédito em bancos com taxas mais altas, e a oferta deste crédito pelo Estado vem ao encontro dessa ansiedade”, enfatizou Gustavo.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

tres-praias-guarapari-2021-05-14

Artigo: azul é a cor do mar que faz bem olhar em Guarapari

idosos

Artigo: regras atuais para aposentadoria

Anúncio

Anúncio

Anchieta-1

Anchieta participa de ações das Nações Unidas para o desenvolvimento sustentável

maio_amarelo_eco_101-2021-05-11

Maio Amarelo: ações na BR-101 vão conscientizar sobre segurança viária

Para 2021 a campanha traz como tema: “Respeito e responsabilidade. Pratique no trânsito”

Anúncio

casagrande-anuncio-novasrestricoes-2020-03-25

55° Mapa de Risco traz Guarapari em risco alto e mudanças na classificação da Grande Vitória

marcos_gabriel-danca-2021-05-13-8

Aluno de Guarapari é destaque em concurso de dança na Serra

Marcos é aluno do 1º ano da escola municipal Florisbela Lino Bandeira, no bairro Aeroporto

Anúncio