Anúncio

ES deve investir R$ 7 bilhões em programas e projetos de áreas estratégicas

Por Aline Couto

Publicado em 26 de janeiro de 2020 às 09:00
Atualizado em 24 de janeiro de 2020 às 11:21

Anúncio

A intenção do governo é, por meio do gerenciamento intensivo através de pessoas, tecnologia e processos, eliminar gargalos dos projetos e programas para entregar mais para a sociedade. Esse gerenciamento é realizado pelo programa Realiza+

O primeiro ciclo de reuniões de gerenciamento intensivo de projetos e programas foi concluída e teve a participações do governador Casagrande, de secretários, dirigentes de órgãos e gerentes de secretarias e órgãos ligados às nove áreas estratégicas. Foto: Governo do Estado.

O Governo do Estado do Espírito Santo prevê investimento de R$ 7 bilhões, nos quatro anos de gestão, em projetos e programas em áreas estratégicas. São três carteiras dentro de um modelo com coordenação direta do próprio governador, Renato Casagrande, que favorecem a ampliação das entregas à população. Ao todo, nas nove áreas estratégicas, foram alinhados 241 projetos e 17 programas.

Casagrande acompanha a evolução das políticas públicas das áreas de Segurança em Defesa da Vida, Saúde Integral, Educação para o Futuro, Gestão Pública Inovadora e Infraestrutura para Crescer, além da carteira tática, da qual fazem parte as áreas de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Meio Ambiente, Proteção Social e Direitos Humanos, Cultura, Turismo, Esporte e Lazer. A terceira carteira é a operacional, e envolve entregas da gestão estadual em todas as nove áreas estratégicas: Desenvolvimento Econômico, Segurança em Defesa da Vida, Gestão Pública Inovadora, Agricultura e Meio Ambiente, Educação para o Futuro, Infraestrutura para Crescer, Cultura, Turismo, Esporte e Lazer, Saúde Integral e Desenvolvimento Social e Direitos Humanos.

Foto: Reprodução.

Entre os projetos finalísticos do Governo destacam-se os das áreas da Segurança, com o Estado Presente em Defesa da Vida; da Saúde, com o Inova Saúde; da Educação, com Melhoria da Qualidade da Educação; da Infraestrutura, com os programas de Mobilidade Urbana e de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem; e do Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, com os programas Incluir, Rede Abraço e Agenda Mulher.

A intenção do governo é, por meio do gerenciamento intensivo através de pessoas, tecnologia e processos, eliminar gargalos dos projetos e programas para entregar mais para a sociedade. Esse gerenciamento é realizado pelo programa Realiza+.

*Com informações: Governo do Estado.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

crime em Gri

Crime em Guarapari: mulher foi amarrada e torturada antes de ser assassinada

Ana Paula da Silva Barbosa, de 52 anos, foi morta na noite de domingo (1); o marido dela também foi agredido e teve ferimentos na cabeça

Obras-orla-de-meiape-2021-08-03 (4)

Guarapari: carta aberta cobra respostas em relação a atraso de obra na Orla da Praia de Meaípe

Documento foi protocolado na Prefeitura de Guarapari pela Associação de Moradores do Bairro Meaípe

Anúncio

Anúncio

Tempo Integral ES1

Programa Capixaba incentiva implantação de Tempo Integral em escolas municipais

xepa vacina

Guarapari realiza ações de vacinação contra a Covid-19 e a gripe (Influenza)

As segundas doses de AstraZeneca e Coronavac serão aplicadas na quarta-feira (04) e as da gripe, na quarta e na quinta-feira (05)

Anúncio

revsol1

Parceria entre empresa e prefeitura beneficia estradas e ruas de localidades em Guarapari

A ArcelorMittal doará toneladas de Revsol para o município; as primeiras contempladas serão as localidades de Santa Arinda, Limão e Limãozinho

redução homicídios ES

Sete primeiros meses do ano acumulam redução de 5,7% nos homicídios no Espírito Santo

Anúncio