Anúncio

Espírito Santo conquista mais uma vez nota A do Tesouro Nacional

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 25 de agosto de 2020 às 15:38
Atualizado em 26 de agosto de 2020 às 17:28
Anúncio
Governador do ES, Renato Casagrande. Foto: Reprodução

O Estado do Espírito Santo voltou a conquistar a nota A da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) no que diz respeito à Capacidade de Pagamento do Estado (Capag). Desde 2012, o Governo do Estado recebe a nota mais alta no Boletim de Finanças dos Entes Subnacionais. A confirmação veio nessa segunda-feira (24), na publicação “Boletim de Finanças dos Entes Subnacionais”, da STN.

“Desde 2012, ainda em nosso primeiro governo, temos nota máxima. Esse é o resultado da condução responsável de nossa equipe que produz eficiência na gestão sem excluir quem mais precisa do poder público. Importante a manutenção da capacidade de pagamento para que possamos ter bons programas na área social, atendendo às necessidades da população que mais necessita. Que também consigamos investir em infraestrutura, melhorando a competitividade do nosso Estado e gerando oportunidades”, destacou o governador do Estado, Renato Casagrande.

O resultado foi obtido seguindo a metodologia que avalia três indicadores: endividamento, poupança corrente e liquidez. O primeiro indicador é calculado pela relação entre a dívida consolidada e a receita corrente líquida. O segundo é definido pela relação entre a despesa corrente e a receita corrente ajustada. Já o terceiro é calculado pela relação entre as obrigações financeiras e a disponibilidade de caixa bruta. Em todos os três indicadores, o Espírito Santo recebeu a nota máxima.

O secretário de Estado da Fazenda, Rogelio Pegoretti, pontuou que a nota A é o resultado de um trabalho que vem sendo feito ao longo dos últimos anos. “Desde a primeira gestão do governador Casagrande que o Espírito Santo é reconhecido pela excelente capacidade fiscal. Esse reconhecimento é muito bom e faz com que tenhamos que trabalhar, cada vez mais, para manter este resultado”, disse.

Palácio Anchieta. Foto: Arquivo Secom.

A nota recém-divulgada é referente ao desempenho do Espírito Santo no ano passado. “O ano de 2019 foi difícil para a economia de todo o Brasil, mas com a nossa capacidade de gerir bem os recursos, de fazer bons investimentos e de arcar com os custos conseguimos manter a nota A – o que representa muito para o Estado”, acrescentou Pegoretti.

“Agora seguimos trabalhando para que, no ano que vem, consigamos repetir a nota A – mesmo durante um período de pandemia – para que o Governo Estadual continue a prestar um serviço de excelência para a população capixaba”, ressaltou o secretário.

Por fim, o secretário da Fazenda lembra que o equilíbrio dos gastos públicos não pode ser um fim em si próprio. “Graças a esse cuidado com o dinheiro dos contribuintes é que foi possível manter os investimentos nas áreas mais sensíveis à população, mesmo num período de dificuldades causadas pela pandemia do novo Coronavírus [Covid-19]”

Além do Espírito Santo, o Estado de Rondônia também aparece com a nota A para o Governo Federal. Estes são os dois únicos Estados a conquistarem tal reconhecimento.

*Com informações: Governo do ES.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Covid-19: Mais 49 pacientes infectados em Guarapari

Ao todo, o município registra 3.281 casos da doença; Destes, 2.945 estão curados

arvore1

Dia da árvore: Guarapari e Anchieta promovem ação conjunta de plantio de espécies nativas

Essa ação é fruto de uma parceria entre a Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura, de Guarapari, e Secretaria de Meio Ambiente, de Anchieta

Anúncio
Anúncio
Imagem 04 (1)

PM apreende armas, munição e drogas durante fim de semana em Guarapari

Uma das apreensões ocorreu no bairro Bela Vista, nas proximidades de um baile funk denominado “Baile da Baixada”

escola

Ideb: Escola de Alfredo Chaves alcança segundo melhor índice do Espírito Santo

Para o diretor da EEEFM Camila Motta, o bom desempenho da instituição se deve ao trabalho alinhado entre administração pública, gestão, educadores e famílias

Anúncio
desaparecido3

Família busca por jovem desaparecido em Guarapari

Guilherme foi visto pela última vez na quarta (16) no bairro Aeroporto

Covid

Guarapari: vira lata salva avó e neto de ataque de pitbull

Chamado de Covid, por aparecer no bairro durante a pandemia, o cachorro ficou muito machucado e ficará com sequelas; avó e neto saíram ilesos

Anúncio