Anúncio

Estado de greve: Coleta de lixo em Guarapari pode parar a qualquer momento

Por Aline Couto

Publicado em 23 de agosto de 2019 às 14:04
Atualizado em 23 de agosto de 2019 às 15:38
Anúncio

Em comunicado emitido nesta sexta-feira (23), o Sintrovig, sindicato da categoria, informou o prazo de 72h para uma possível greve dos trabalhares rodoviários que fazem a limpeza urbana

Foto: Arquivo/Imagem ilustrativa.

Uma insatisfação nas negociações dos trabalhares rodoviários (motoristas) que fazem a limpeza urbana em Guarapari e outros nove municípios com o Sindicato Estadual de Limpeza Urbana do Espírito Santo – Selures fez a categoria entrar em estado de greve.

Os trabalhadores reivindicaram junto ao Selures o reajuste salarial, ticket alimentação, plano de saúde e melhorias nas condições de trabalho no setor de motoristas rodoviários da limpeza urbana. Ainda segundo o comunicado do Sintrovig, foram inúmeras tentativas para melhorias e avanços nas propostas apresentadas pelos representantes da categoria econômica e das empresas do setor e a categoria agora busca solução junto a Justiça do Trabalho.

Sintrovig

Sindicato dos Motoristas, Operadores de Máquinas Sobre Rodas, Ajudantes, Instrutores de Auto Escola, Cobradores, Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários em Geral, com vinculo empregatício nos Municípios de Guarapari, Anchieta, Alfredo Chaves, Marechal Floriano, Conceição do Castelo, Domingos Martins, Ibatiba, Iuna, Irupi e Venda Nova do Imigrante no Estado do Espírito Santo.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Capa

Atleta de Guarapari é contratado por time europeu

O goleiro Thiago Correia aguarda o fim da pandemia para viajar para a Polônia

Foto: Reprodução

Prefeitura de Guarapari anuncia Orçamento Participativo Municipal

O objetivo da medida é fazer com que a população exerça seu papel de cidadão, influenciando o destino de recursos públicos

Anúncio
Anúncio
Foto: Antônio Ribeiro

Qual praça de Guarapari o povo gostaria que fosse reformada?

Foto: Reprodução

Coronavírus: Guarapari registra mais três mortes e ultrapassa os 1.300 casos

A cidade totaliza 1.312 casos confirmados e 64 óbitos pela Covid-19

Anúncio
Imagem Ilustrativa | Foto: Reprodução

Artigo: Em tempos de pandemia, é possível reduzir a pensão alimentícia?

Renato Casagrande. Foto: Divulgação / Rodrigo Araujo

Governo do ES divulga atualização do Mapa de Gestão de Risco da Covid-19

O novo mapa, que terá vigência a partir de segunda-feira (13), classifica 41 municípios capixabas com risco “Alto” e 37 com risco “Moderado”

Anúncio