Anúncio

Estado inicia Projeto de Mobilidade Elétrica com posto em Guarapari

Governo entregou nesta segunda-feira (24) veículos que serão utilizados na segurança pública

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 25 de maio de 2021 às 13:30
Atualizado em 26 de maio de 2021 às 11:41

Anúncio

O governador do Estado, Renato Casagrande, realizou, nesta segunda-feira (24), a entrega de dez carros elétricos, adquiridos por meio do projeto de pesquisa “Mobilidade Elétrica no Estado do Espírito Santo”. O objetivo é realizar estudos sobre mobilidade elétrica, possibilitando o desenvolvimento de políticas públicas na área. Um dos postos de abastecimentos de veículos elétricos do Projeto, disponibilizados pela EDP, está localizado em Guarapari.

Na fase inicial do projeto, serão utilizados veículos 100% elétricos do modelo Bolt, da Chevrolet. Nove veículos ficarão sob responsabilidade da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES) e comporão a frota da Patrulha Escolar, e um deles ficará sob tutela da Casa Militar, a ser utilizado na comitiva do governador.

“Adquirimos os carros e vamos utilizá-los durante 30 meses. São veículos mais caros, mas que têm um custo menor de manutenção, além de serem ecologicamente corretos. No final desse período, a pesquisa irá apresentar dados sobre o custo benefício e eficiência no trabalho”, afirmou Casagrande.

O secretário de Estado de Inovação e Desenvolvimento, Tyago Hoffmann, explicou que o projeto possui forte sinergia com o propósito do Governo do Estado na construção do desenvolvimento tendo como base a ciência, a tecnologia e, sobretudo, a inovação.

“Além do compromisso com o meio ambiente, com a redução das emissões e o consequente aumento da qualidade de vida da população, este projeto demonstra a capacidade competitiva e inovadora do Espírito Santo, projetando a percepção nacional da forte aposta internacional na sustentabilidade da mobilidade elétrica. E mais: com a aplicação direta em ações e políticas públicas, otimizando a aplicação do dinheiro público. Em paralelo, incentiva também o surgimento recursos humanos com expertise nesta área de conhecimento”, afirmou Hoffmann.

O comandante-geral da PMES, coronel Douglas Caus, destacou a importância da iniciativa. “As viaturas serão usadas em nossa Patrulha Escolar, que tem como objetivo rodar pelas escolas públicas combatendo o tráfico de drogas e fornecendo segurança aos alunos e professores”, disse.

Projeto

O projeto de pesquisa contempla quatro subprojetos. Em partes, estes proporcionam a infraestrutura básica para obtenção de dados e, em outras, é feita a coleta e o processamento de dados que vão gerar os indicadores para tomada de decisões, seja do poder público, seja dos demais entes da sociedade.

O coordenador do projeto e professor do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), Reginaldo Barbosa Nunes, explica as vantagens e aplicações da pesquisa. “Com o monitoramento da frota podemos construir modelos que vão avaliar e indicar ações futuras para o estabelecimento deste novo paradigma, tornando seu desenvolvimento viável e sustentável”, declarou.

O projeto de pesquisa possui valor global de R$ 3.355.500,00, aplicados durante os 30 meses, sendo R$ 2,5 milhões investidos na adequação e aquisição dos veículos. Os recursos são do Fundo Estadual de Ciência e Tecnologia do Espírito Santo (Funcitec/MCI), geridos pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado do Espírito Santo (Fapes), numa parceria com o Ifes, a Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e a EDP Smart. Outros R$ 1,5 milhão serão investidos pela EDP Smart na instalação e manutenção de dez eletropostos no Estado.

Eletropostos

A EDP Smart disponibilizará suas estações públicas de recarga no Espírito Santo para o projeto de pesquisa “Mobilidade Elétrica no Estado do Espírito Santo”. As estações estão localizadas em sete municípios: Cachoeiro do Itapemirim, Guarapari, Venda Nova do Imigrante, Linhares, Nova Venécia e São Mateus e Vitória.

No último ano, a EDP registrou mais de 3.200 recargas em suas estações públicas em todo o Brasil – um aumento de 89% em relação a 2019. De 2018, quando inaugurou seus primeiros eletropostos, a 2020, mais de 27 toneladas de CO₂ deixaram de ser emitidas graças ao investimento feito pela Companhia neste tipo de infraestrutura.

*Com informações de Governo do Estado do Espírito Santo.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

WhatsApp Image 2021-06-15 at 17.25.04

Em meio a pandemia, moradores registram aglomerações e até cavalgadas em Guarapari

Praça Bradesco2

Prefeitura de Guarapari justifica demora na entrega da Praça do Bradesco

O órgão alega aumento nos custos dos materiais e falta de matérias primas para o atraso. Porém, informou que pretende finalizar a reforma ainda este ano

Anúncio

Anúncio

vacina 45

Covid-19: população reclama que demora na chegada da vacina atrasou a imunização em Guarapari

Segundo relatos, a aplicação estava marcada para começar as 8h, mas só iniciou 30 minutos depois

repreentantes-comercio_contra_covid-2021-06-15

Representantes do comércio no ES se unem pela prevenção à Covid-19

Anúncio

Edital-folhaonline

Edital de citação

coworking_final_1

Com mercado em adaptação, coworking oferta espaço personalizado e flexível em Guarapari

Espaços de trabalhos compartilhados se tornaram tendência para profissionais autônomos e equipes

Anúncio