Anúncio

Faça chuva ou faça sol, elas não desistem de lutar

Por Livia Rangel

Publicado em 18 de setembro de 2015 às 14:16
Atualizado em 18 de setembro de 2015 às 14:16

Anúncio

Juliana Araujo e Maria Estel Motinho (4)

Juliana e Maria Estel: rotina dividida entre o trabalho pesado nas ruas e os estudos.

O trabalho de um gari é árduo. Todos os dias enfrentam situações de preconceito e muita sujeira, faça sol ou chuva, estão na rua. Já imaginou como ficaria a cidade sem o trabalho deles? As garis Maria Estel Motinho, Renata Melo e Juliana Araujo entraram juntas na Codeg Guarapari, há dois anos, e contribuem para a limpeza da cidade, mas sonham em ajudar de outras formas em um futuro próximo. É que elas seguem na luta com bom humor e empenho, encarando os desafios da rua e do ensino superior.

Maria Estel começa o dia às quatro da manhã, é aluna do 6º período de Pedagogia na Faculdade Pitágoras, e tem uma rotina de trabalho, estágio e estudos. “Minha filha foi a minha inspiração. Ela tinha dificuldade na escola e ninguém sabia como lidar, decidi entrar no curso para fazer a diferença na área e ajudar. Aprendi a amar a Pedagogia”. O plano dela é se especializar em psicopedagogia e conciliar a futura profissão com a atual. “Eu amo a minha equipe na Codeg, o que fazemos é importante”.

Renata também está no 6º período de Pedagogia.

Renata também está no 6º período de Pedagogia.

A gari Renata Melo também cursa o 6º período de Pedagogia e acredita que é preciso buscar por algo melhor. “Trabalho, estudo, faço estágio e cuido da casa. É um desafio, mas eu sou feliz. Um dia eu também contribuo para o bem da cidade no setor da educação”. Ela se orgulha por ser uma mulher gari e lamenta o descaso de alguns diante da função. “Tem gente que não reconhece o nosso trabalho, mas não perdemos o sorriso”.

E parece que o segredo para aguentar o dia a dia pesado é mesmo o bom humor. “São muitas as lutas, mas, com alegria, tiramos do negativo um motivo para não desistir”, disse a gari Juliana Araujo, aluna do 8º período de Engenharia Elétrica da Pitágoras. A chance de cursar uma graduação se tornou real após emprego na Codeg, pelo qual ela é grata. “Tenho a oportunidade de estudar e fazer algo pela cidade. Aliás, só desejo coisas boas para Guarapari e espero que ela se desenvolva mais”.

Reportagem: Jocimara Brito

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Edital-de-Convocacao-Risa

RISA – Edital de Convocação

pp

Rifa arrecada recursos para manter tratamento de criança de Guarapari

Hoje com 1 ano e 5 meses, a pequena Aruna nasceu com Síndrome de Edwards

Anúncio

Anúncio

Turismo em Guarapari tem expectativa de 50% de retomada neste ano

Representantes do setor turístico acreditam que a vacinação contra a Covid avançando, o setor tende a retomar os números positivos a partir do segundo semestre deste ano

jardineiro-vaga-sine-anchieta-2021-06-24

Sine de Anchieta tem 34 vagas com 25 oportunidades para moradores de Guarapari

Anúncio

coronavac-instituto-butantan

Guarapari abre novo agendamento de segunda dose da Coronavac para profissionais da saúde

?

Anchieta promove 1º Mostra Cultural Aldir Blanc com apresentações on-line

Anúncio