Anúncio

Feira de verão gera empregos em Meaípe

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 1 de novembro de 2017 às 16:59
Atualizado em 2 de novembro de 2017 às 16:15

Anúncio

por Aline Couto

Após a praia de Meaípe perder sua extensão de areia e assim o comércio local ficar desestabilizado, o grupo S.O.S Meaípe e a Associação de Moradores do Bairro resolveram se unir para criar uma feira de artesanatos e alimento com o intuito de ajudar as famílias locais.

Feira de verão gera empregos em Meaípe

Marlene Demicheli e Paulo Henrique

O S.O.S Meaípe é uma iniciativa de um grupo de moradores que começou a conversar por aplicativos e redes sociais após o desastre natural ocorrido na praia. E junto com pedidos de moradores, decidiram se encontrar para debater e tentar achar uma solução em conjunto para aumentar a renda de quem está desempregado.

O psicólogo Paulo Henrique Santos, 27, foi um dos idealizadores desse movimento e junto com a presidente da Associação de Moradores do Bairro, Marlene Demichele, estão em busca da legalização para a abertura da Feira de Meaípe. Se os trâmites forem autorizados, a comunidade irá vender artes e quitutes e, driblarem o desemprego. “Os moradores concluíram que a feira será algo inovador e fonte de lucros. Nós como representantes deles através de grupos e da associação, estamos indo em busca do apoio público para que dê ainda mais certo”, explicou PH, como popularmente é conhecido.

Fabíola Chaves Gomes de 43 anos, moradora do bairro há três, vai trabalhar na feira com a venda de frango em porções e talharim gourmet na chapa. Ela apóia muito esses movimentos que ajudam a comunidade. “A gente passa por um momento difícil aqui com a crise e com o fechamento da Samarco, tem muita gente desempregada. A feira vai ajudar e todos se movimentando para melhorar a renda dentro de casa”.

Feira de verão gera empregos em Meaípe

Dona Hilda, Fabíola e Samara.

Dona Hilda Maria Soares Marra e sua nora, vão montar uma banca juntas. Ela oferecendo flores de chitão e massagem anti-estresse e sua nora com o artesanato de tapete de barbante. “Essa feira vem em momento muito bom para todos nós. Vai ajudar muito quem precisa e mora aqui”, conta animada Dona Hilda.

A jovem Samara Martins vai vender bolsas e biquínis personalizados, com fotos das pessoas ou das praias da região, produzidos pela tia. Além de ser uma lembrança linda, ela ainda auxilia a a família.

Quem quiser prestigiar a feira, a previsão de inauguração é no dia 09 de dezembro às 17h, com a previsão de término às 23h30. Além de artesanato e comidas, terá música ao vivo com Camila Sant’Ana, musicista local, e muita diversão. A feira acontecerá durante todo ano e será uma opção de diversão familiar.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

reuniao_PMES_PCES_Seguranca-2021

Novembro teve o menor número de assassinatos dos últimos 25 anos do ES

PHOTO-2021-11-29-15-02-06

Artigo: tomar ou não a vacina? Será que posso ser demitido?

Anúncio

Anúncio

vacina pfizer crianças

Mutirão vai aplicar vacina da Covid-19 para diversos públicos em bairros de Guarapari

Confira público-alvo de cada etapa da vacinação e Unidades de Saúde para cada dia do mutirão

radium-arquvo-foes

Guarapari: novo projeto do Radium Hotel será apresentado nesta terça (07)

Anúncio

reproducao_folhaOvitoria-CDP_Xuri

21 detentos fugiram da Penitenciária do Xuri, em região vizinha à Guarapari

Confira quais são os fugitivos

800px-Mangalarga_Marchador

Anchieta recebe campeonato do Cavalo Mangalarga Marchador neste fim de semana

Anúncio