Anúncio

Feriado prolongado em Vitória preocupa moradores de Guarapari

A capital capixaba terá seis dias de feriado nesta semana. A preocupação é que os moradores de Vitória venham passar os dias de folga em Guarapari

Por Aline Couto

Publicado em 29 de março de 2021 às 14:11
Atualizado em 30 de março de 2021 às 12:15

Anúncio

Foto: arquivo Folha.

No momento em que o Espírito Santo passa por restrições mais severas como medidas para evitar a propagação do novo Coronavírus (Covid-19) no Estado, o prefeito de Vitória, Lorenzo Pazolini sancionou nesta manhã (29) a antecipação de três feriados religiosos* na capital.

A intenção da prefeitura de Vitória é aumentar o isolamento social como medida preventiva de combate a disseminação da pandemia do coronavírus e com a finalidade de desafogar os hospitais e unidades de saúde. Com isso, em conjunto com a Semana Santa, os moradores de Vitória, que não trabalham em serviços determinados como essenciais, terão seis dias de folga a partir de amanhã (30).

Após o anuncio dos feriados, os moradores de Guarapari se viram preocupados com a possibilidade das pessoas de Vitória usarem esses dias para vir a cidade. Nas redes sociais circulam vários questionamentos a respeito e o medo de muitos de haver aumento de casos da Covid-19 no município por conta das possíveis aglomerações.

Diante dos questionamentos, a Prefeitura de Guarapari foi procurada para saber se haverá um reforço na fiscalização ou novas determinações com a possibilidade da cidade ter um aumento de turistas.

Em resposta, o órgão informou que desde o início da pandemia a Secretaria Municipal de Postura e Trânsito tem atuado diariamente em todo o município nas fiscalizações e pede a compreensão de todos, nessa fase tão delicada, ressaltando que a colaboração irá acelerar a retomada da normalidade.

“Na última sexta-feira (26), foi publicado decreto com medidas administrativas e sanitárias para o enfrentamento da Covid-19. As novas regras são sobre o não funcionamento das feiras livres nesse final de semana; recomendação de não utilização das praias, riachos e cachoeiras; e proibição de comércio ambulante, uso de cadeiras e barracas de praia.

O município recomenda a não utilização de praias, rios, lagoas e cachoeiras de Guarapari, estando proibidos, nesses locais, o comércio de ambulantes, a prestação de serviços e o uso de cadeiras de praias, barracas de praia e guarda-sóis, conforme previsto no artigo 8º do Decreto Estadual 4838-R/2021”.

E finalizou. “Denúncias podem ser realizadas através do número (27) 9 9716 18748”.

*Ficam antecipados, de maneira excepcional, em virtude da pandemia do COVID-19, os feriados de Nossa Senhora da Penha, Corpus Christi e Nossa Senhora da Vitória, previstos na Lei nº 1.732, de 31 de março de 1967, dos dias 12 de abril, 03 de junho e 08 de setembro para as datas de 30 e 31 de março e 01 de abril, respectivamente.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

projeto-escola-rural-2021-09-21-1

Escola Rural de Guarapari trabalha impacto da Educação Física para outras matérias e para a vida

Trabalho envolve professores de diversas matérias e incentiva inclusão e disciplina

ondas

Previsão de ondas de até 5 metros e ventos que podem chegar a 75 km/h no ES

Anúncio

Anúncio

vacina pfizer crianças

ES espera aval da Anvisa para vacinar crianças a partir de 3 anos contra Covid-19

O secretário de Saúde afirmou que a expectativa do governo é que a Sinovac e a Pfizer apresentem a documentação necessária para liberação da vacinação desse público até dezembro

vacinação adolecente

Guarapari vacinará adolescentes a partir dos 12 anos; o agendamento acontece hoje (21)

Anúncio

falta-de-agua-e-um-problema-politico-2-1024x683-1024x585

Bairros de Guarapari terão abastecimento de água paralisado nessa terça-feira (21)

Meninos Adalberto (2)

Projeto social que acolhe crianças e adolescentes precisa de apoio em Guarapari

Anúncio