Anúncio

Festival de Cinema: projeto desenvolve habilidades de alunos na produção de curtas

Por Yasmin Vilhena

Publicado em 12 de junho de 2016 às 17:44
Atualizado em 12 de junho de 2016 às 17:44

Anúncio

CARTAZ FESTIVAL DE CINEMA (1)Dedicação é a palavra que descreve os alunos do 6º ao 9º ano do Maxime Centro Educacional. Eles esperam ansiosamente pela próxima quarta-feira (15), quando terão a oportunidade de mostrar seu potencial artístico durante o 2º Festival de Cinema da escola, que traz na programação oito curtas, todos produzidos pelos estudantes envolvidos. O evento está marcado para ter início às 18h, no cinema do Shopping Guarapari.

“O objetivo do festival é usar a linguagem audiovisual como ferramenta de aprendizagem. A intenção é desenvolver no aluno a criatividade, a curiosidade, as habilidades individuais”, explica a professora de História do Ensino Fundamental II e coordenadora do projeto, Maria Aparecida Ribeiro Amarante.

De acordo com Aparecida, os alunos escrevem argumentos e a partir deles é que são elaborados os roteiros para a produção dos filmes. “Todos os alunos têm a liberdade de produzir quantos argumentos quiserem”.

Depois, a professora seleciona alguns por cada turma e os alunos votam no que gostaram mais. Equipes formadas pelos próprios estudantes escrevem o roteiro e em seguida eles iniciam a fase de produção dos filmes.

As cenas são gravadas dentro da escola e também em locações externas, dependendo do roteiro. As filmagens são acompanhadas por Aparecida, que auxilia na produção. “Os alunos têm muitas ferramentas modernas, mas não entendem ainda sobre plano, iluminação, sonorização… Eles correm atrás de patrocínio para contratar um profissional de filmagem e edição”, conta.

Cada turma participante produziu dois curtas. Entre as regras está o tempo de duração máximo de cada um: não deve ultrapassar 10 minutos, já contando os créditos e o making of. São 122 alunos participando do festival, que irá contar com um corpo de jurados para eleger os três melhores filmes. Os curtas vencedores, o melhor ator e a melhor atriz serão premiados com troféus.

Para quem acha que o projeto é só diversão, está muito enganado. Os alunos precisam levar a sério, pois o festival está entre as avaliações do trimestre na escola. “Eles ganham notas por esse trabalho, então precisam se empenhar”, ressalta Aparecida.

A pedagoga do Maxime, Katia de Oliveira Ferreira, destaca o envolvimento dos alunos no trabalho. “Eles se envolvem, se dedicam, adoram participar. É um projeto bem legal, muito divertido e interessante. Eu acho que qualquer projeto relacionado à arte é muito bom, pois estimula o interesse deles”.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Edital-de-Convocacao-Risa

RISA – Edital de Convocação

pp

Rifa arrecada recursos para manter tratamento de criança de Guarapari

Hoje com 1 ano e 5 meses, a pequena Aruna nasceu com Síndrome de Edwards

Anúncio

Anúncio

Turismo em Guarapari tem expectativa de 50% de retomada neste ano

Representantes do setor turístico acreditam que a vacinação contra a Covid avançando, o setor tende a retomar os números positivos a partir do segundo semestre deste ano

jardineiro-vaga-sine-anchieta-2021-06-24

Sine de Anchieta tem 34 vagas com 25 oportunidades para moradores de Guarapari

Anúncio

coronavac-instituto-butantan

Guarapari abre novo agendamento de segunda dose da Coronavac para profissionais da saúde

?

Anchieta promove 1º Mostra Cultural Aldir Blanc com apresentações on-line

Anúncio