Anúncio

Fiscalização apreende produtos proibidos para comercialização em praia de Guarapari

Por Aline Couto

Publicado em 23 de maio de 2019 às 16:03
Atualizado em 23 de maio de 2019 às 16:12
Anúncio

Ação aconteceu na Praia dos Padres na manhã de ontem (22)

A ação contou com as secretarias de Postura e Trânsito e Meio Ambiente e Agricultura, a Codeg e a Polícia Militar de Guarapari. Foto: Prefeitura de Guarapari.

Equipes, da Secretaria Municipal de Postura e Trânsito, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura, da Codeg e da Polícia Militar de Guarapari realizaram juntas uma ação de fiscalização na Praia dos Padres após receberem denúncias anônimas. Durante a ação, as equipes identificaram diversos equipamentos e produtos alimentícios escondidos dentro da mata.

Segundo o que foi constatado pelo secretário Adjunto de Postura e Trânsito, Romildo Scalzer, os produtos encontrados ainda embalados levantaram a suspeita de comercialização dos mesmos de forma clandestina. O secretário ainda garantiu que os trabalhos serão cada vez mais intensificados com ações de rotina, com todas as equipes envolvidas.

Em tempo

Em janeiro de 2018 a mesma Praia dos Padres já havia passado por fiscalização e na ocasião aconteceu o impedimento da realização de churrasco, de comércio irregular e do loteamento da praia. Foram apreendidas cadeiras de ferro, de praia, banquinhos, carrinho de sacola, madeirites, carro de milho com panela de alumínio e botijas de gás, churrasqueira, litros de óleo, caixas de isopor grande e pequenas, fogão, guarda-sóis, garrafa térmica, rede, galão e lona. Além disso, foi identificada a manipulação de alimentos sem água corrente e um jet banana, em situação irregular, foi notificado.

Decreto

Em novembro do ano passado um decreto foi instituído pelo prefeito de Guarapari, Edson Magalhães, proibindo práticas, como uso de tendas, gazebos e barracas nas faixas de areia, além de triciclos e similares, bem como a regulamentação do uso de ciclo faixas e calçadões das orlas das praias da cidade. Além de sujeitas ao recolhimento, também pode haver aplicação de multa, de 10 UFMG’s, em caso de descumprimento.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Fabrício-Petri-1-750x354

Eleições 2020: pesquisa aponta reeleição do atual prefeito de Anchieta

Carlos Von11

Conheça as propostas dos candidatos à prefeitura de Guarapari: Carlos Von

Anúncio
Anúncio
simonetti (4)

Loja de Guarapari arrecada mechas de cabelo para mulheres com câncer de mama

Santuário

Santuário São José de Anchieta: novos serviços garantirão uso sustentável do monumento

Anúncio
corona

Guarapari registra mais 28 casos do novo Coronavírus

Litoral Sul capixaba é destaque na prestação de serviços industriais

Litoral Sul capixaba é destaque na prestação de serviços industriais

Anúncio