Anúncio

Fortes chuvas em Alfredo Chaves fazem adutora se romper e pode faltar água na cidade

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 17 de abril de 2018 às 10:47
Atualizado em 17 de abril de 2018 às 10:47

Anúncio

O forte e rápido acúmulo de água, devido as chuvas torrenciais que atingem o Espírito Santo nos últimos dias, fez com que os canos estourassem e prejudicassem o funcionamento do equipamento da adutora da localidade de Cafundó, uma das principais de Alfredo Chaves, que acabou se rompendo.

Técnicos estão no local desde segunda-feira (16) para realizarem as devidas providências, e a previsão é que a situação se resolva o mais rápido possível, de acordo com o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae).

Fortes chuvas em Alfredo Chaves fazem adutora se romper e pode faltar água na cidade

Técnicos já estão no local desde ontem para os reparos. Foto: Prefeitura de Alfredo Chaves.

O diretor da autarquia, Alexandre Aboumrade, solicitou que a população do município economize água das caixas. “A coisa é séria, é complicada. Nós só estamos com uma vertente para abastecer as casas da sede. Se os alfredenses não economizarem água, vai faltar”, finalizou.

Com informações: novo.folhavitoria.com.br

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

orla-da-praia-do-morro-550x367-1

Todas as praias de Guarapari estão apropriadas para banho, segundo estudo da Prefeitura

A Semag realizou coleta em 13 pontos de praias de Guarapari

Leite especial microcefalia

Guarapari: mãe pede ajuda para comprar leite especial para filha com microcefalia

Anúncio

Anúncio

Foto: Reprodução

Mais 4 mortes decorrentes do coronavírus são contabilizadas em Guarapari

O município também registrou mais 76 pessoas infectadas pelo vírus

fachada_regional_guarapari

Suspeito de manter casa de prostituição clandestina é detido em Guarapari

Anúncio

Aberta as inscrições para o Nossa Bolsa 2021 com mais de mil oportunidades

Para participar, é necessário ter realizado alguma prova do Enem aplicada entre 2015 e 2019

material-escolar

Procon realiza pesquisa de preço e material escolar varia até 230% em Guarapari

Anúncio