Anúncio

Governador do ES pede união e responsabilidade durante reunião com presidente

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 26 de março de 2020 às 15:55
Atualizado em 26 de março de 2020 às 15:55
Anúncio

Ontem (25), Casagrande se reuniu, por meio de videoconferência, com o presidente da República e governadores de estados do sudeste 

Foto: Divulgação / Hélio Filho / Secom

Na manhã de ontem (25), o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, participou, de uma reunião por meio de videoconferência com os governadores dos demais estados da região Sudeste e o presidente da República, Jair Bolsonaro. Durante a reunião, os chefes dos Executivos Estaduais levantaram questões sobre o enfrentamento ao novo Coronavírus (Covid-19) nas áreas de saúde e economia. Em sua fala, Casagrande pediu a união dos entes federados sob a liderança do Governo Federal.

“Temos seguido a Organização Mundial da Saúde (OMS) e, na hora que o presidente opina e tira o valor da pandemia, causa confusão e dúvida nas pessoas, dificultando nossa ação. É muito bom que a gente possa ter essa reunião para que o Governo Federal assuma a responsabilidade e, juntos, diminuamos o impacto social, econômico e na saúde”, pontuou o governador capixaba.

De acordo com Casagrande, uma coordenação nacional é importante para que algumas dificuldades que, hoje, afetam os estados, como a distribuição de vacinas contra a influenza, a aquisição de testes rápidos para diagnóstico do novo Coronavírus e de respiradores para a abertura de novos leitos de UTI. 

Na ocasião, o impacto da crise sobre as pessoas mais pobres e o fortalecimento da área social também foram colocados em pauta pelo governador Casagrande, que pediu o fortalecimento do valor destinado à área social e a recomposição do Fundo de Participação dos Estados.

Casagrande colocou o Espírito Santo à disposição para trabalhar em um ambiente de cooperação: “Queremos com essas ações mais fortes, fazer a barreira ao vírus e, que daqui uns dias, possamos atuar verticalmente como sugere o presidente”, disse. Os governadores de Minas Gerais, Romeu Zema; do Rio de Janeiro, Wilson Witzel; e de São Paulo, João Dória, que também participaram da videoconferência, concordaram com o governador capixaba.

 

  • Com informações do Governo do Estado do Espírito Santo 

 

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

PM GRI

PM de Guarapari faz sucesso na internet e tem mais de 80 mil seguidores

Raphael Santana também faz faculdade de direito e trabalhos como modelo

Foto: Arquivo/Folha

INMET emite alerta de chuva forte e ventos intensos em Guarapari

Ao todo, 50 municípios capixabas podem ser afetados pela mudança climática; Há risco de alagamentos, deslizamentos e transbordamentos de rios

Anúncio
Anúncio
HFA_fachada_tratada-1024x778

Votação popular: Hifa Guarapari pode ser contemplado com emenda parlamentar

A proposta consiste na renovação do Parque Tecnológico da Unidade Hospitalar do Centro Cirúrgico com aquisição de novos equipamentos

nesio

Covid-19: Secretário diz que número de casos deve aumentar nos próximos dias, mas não é ‘nova onda’

Nésio Fernandes explicou os fatores que vão influenciar no aumento de casos

Anúncio
drogas GRI

Operação conjunta prende suspeito de tráfico de drogas em Guarapari e Vila Velha

processo-seletivo

Seger abre processo seletivo para cargo com remuneração de R$ 4,5 mil

Anúncio