Anúncio

Governador do ES pede união e responsabilidade durante reunião com presidente

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 26 de março de 2020 às 15:55
Atualizado em 26 de março de 2020 às 15:55
Anúncio

Ontem (25), Casagrande se reuniu, por meio de videoconferência, com o presidente da República e governadores de estados do sudeste 

Foto: Divulgação / Hélio Filho / Secom

Na manhã de ontem (25), o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, participou, de uma reunião por meio de videoconferência com os governadores dos demais estados da região Sudeste e o presidente da República, Jair Bolsonaro. Durante a reunião, os chefes dos Executivos Estaduais levantaram questões sobre o enfrentamento ao novo Coronavírus (Covid-19) nas áreas de saúde e economia. Em sua fala, Casagrande pediu a união dos entes federados sob a liderança do Governo Federal.

“Temos seguido a Organização Mundial da Saúde (OMS) e, na hora que o presidente opina e tira o valor da pandemia, causa confusão e dúvida nas pessoas, dificultando nossa ação. É muito bom que a gente possa ter essa reunião para que o Governo Federal assuma a responsabilidade e, juntos, diminuamos o impacto social, econômico e na saúde”, pontuou o governador capixaba.

De acordo com Casagrande, uma coordenação nacional é importante para que algumas dificuldades que, hoje, afetam os estados, como a distribuição de vacinas contra a influenza, a aquisição de testes rápidos para diagnóstico do novo Coronavírus e de respiradores para a abertura de novos leitos de UTI. 

Na ocasião, o impacto da crise sobre as pessoas mais pobres e o fortalecimento da área social também foram colocados em pauta pelo governador Casagrande, que pediu o fortalecimento do valor destinado à área social e a recomposição do Fundo de Participação dos Estados.

Casagrande colocou o Espírito Santo à disposição para trabalhar em um ambiente de cooperação: “Queremos com essas ações mais fortes, fazer a barreira ao vírus e, que daqui uns dias, possamos atuar verticalmente como sugere o presidente”, disse. Os governadores de Minas Gerais, Romeu Zema; do Rio de Janeiro, Wilson Witzel; e de São Paulo, João Dória, que também participaram da videoconferência, concordaram com o governador capixaba.

 

  • Com informações do Governo do Estado do Espírito Santo 

 

 

Anúncio
Anúncio

Veja também

Imagem ilustrativa | Reprodução: Pixabay

O que cabe ao síndico em meio à pandemia? Advogada de Guarapari explica

Para a Dra. Maieli Marques de Oliveira, é preciso muita atenção ao determinar as medidas restritivas no condomínio

Treinamento para sessão virtual

Câmara de Guarapari realizará primeira sessão virtual da história

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Campanha de vacinação contra gripe é prorrogada em Guarapari

A vacinação continuará até o dia 30 de junho

corona

Coronavírus: Guarapari registra 12º óbito e mais 10 casos da doença

A vítima fatal da doença residia no Centro

Anúncio
CTA

Centro de Testagem e Aconselhamento vira alvo de denúncias em Guarapari

Lucineia Santos de Souza. Foto: Arquivo Pessoal

Moradora de Guarapari já produziu e doou mais de 500 máscaras para famílias carentes

Com um saco de retalhos e um rolo de elástico, Lucineia Santos resolveu ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade social a se protegerem da Covid-19