Anúncio

Governador retoma programa de combate à criminalidade no Espírito Santo

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 19 de fevereiro de 2019 às 10:05
Atualizado em 19 de fevereiro de 2019 às 10:11
Anúncio

O “Programa Estado Presente em Defesa da Vida” já havia sido implantado no governo anterior de Casagrande, entre 2011 e 2014.

Guarapari está entre os municípios com áreas prioritárias. Fotos: Ademir Ribeiro/Secom

Para reduzir os índices de violência e criminalidade, com foco especialmente em crimes letais – homicídio, feminicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte -, o Governo do Espírito Santo anunciou, nessa segunda-feira (18), a retomada do Programa Estado Presente em Defesa da Vida. Entre as ações anunciadas estão as criações da Delegacia de Investigação de Comércio Ilícito das Armas, Munições e Explosivos (Desarme) e do Observatório de Segurança Pública, além da reativação da Patrulha da Comunidade.

Governador do Estado anuncia retomada de programa de combate a criminalidade

O anúncio da instalação do programa foi feito pelo governador Renato Casagrande, em reunião técnica que contou com a participação de diversas autoridades, no Palácio da Fonte Grande. O Programa Estado Presente em Defesa da Vida, um conjunto articulado de políticas públicas, envolvendo secretarias e órgãos da administração estadual, havia sido criado e implantado no Governo Casagrande do período 2011-2014, mas sofreu descontinuidade na gestão estadual anterior. “O Estado Presente precisa se especializar no enfrentamento de crimes contra as mulheres e contra os jovens, principalmente os negros”, disse o governador. “Queremos realizar políticas públicas nessas áreas. Precisamos usar a tecnologia, já que não podemos repor o efetivo policial de um dia para o outro. Queremos implantar o cerco eletrônico em toda Região Metropolitana da Grande Vitória. Temos que conversar com o Dnit, PRF, Detran e a concessionária ECO 101 para tentarmos viabilizar também nas rodovias federais”, explicou Casagrande acrescentando que, após a retomada do eixo da proteção policial, o governo dará início ao trabalho no campo social no próximo mês.

O Programa Estado Presente atenderá a todo o Espírito Santo, com ações previstas para 43 territórios – 22 na Região Metropolitana e 21 no interior do Estado, totalizando 140 bairros. As áreas prioritárias de ação foram definidas para dez municípios: Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica e Guarapari na Região Metropolitana; e Linhares, São Mateus, Colatina, Cachoeiro de Itapemirim e Aracruz no interior do Estado. Segundo o secretário, a escolha está relacionada ao fato de, nos últimos quatro anos, 72% dos homicídios registrados no Espírito Santo terem ocorrido em áreas existentes nesses municípios.

* Com informações do Governo do Estado

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

juliate

Cantora de Guarapari é alvo de ataques racistas na internet e família cobra justiça

Familiares formalizaram a denúncia e esperam que o autor do crime seja responsabilizado

Foto: Reprodução

Sesi e Senai ES estão com inscrições abertas para cursos online gratuitos

Os cursos do Senai possuem carga horária de 14h e abrangem as áreas de Automotiva, Construção Civil, Energia, Gestão, Informática, Logística, Meio Ambiente, Metalmecânica, Segurança do Trabalho, entre outras

Anúncio
Anúncio
multiplique2

Pizza Solidária: dinheiro arrecadado vira cestas básicas para famílias carentes de Guarapari

A ação acontece desde março e já gerou doação de quase quatro toneladas de alimentos

camara-2-550x482

Vereadores aprovam isenção de IPTU para ONGs de Guarapari

Anúncio
Captura de tela 2020-09-17 164812

Campanha do Hifa Guarapari arrecada máscaras para pacientes e acompanhantes

“Doe máscaras salve vidas” conta com a solidariedade em meio a pandemia

educação

Alfredo Chaves é um dos municípios capixabas com melhor desempenho no Ideb

A cidade destacou-se por superar a meta projetada para o ano de 2019 e por estar classificado nas primeiras posições no ranking estadual

Anúncio