Anúncio

Governo do Estado entrega escola Polivalente em Guarapari

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 4 de fevereiro de 2020 às 18:23
Atualizado em 4 de fevereiro de 2020 às 19:05

Anúncio

Hoje (04), ocorreu o evento de inauguração do colégio Dr. Silva Mello, que estava em obras desde 2012

Renato Casagrande e Gedson Merízio ao lado dos alunos do curso técnico de informática, Gabriel Adrian e João Pedro Costa. Fotos: Hamilton Garcia

Hoje (04), ocorreu a cerimônia de inauguração da Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) Dr. Silva Mello, popularmente conhecida como Polivalente, localizada no bairro Itapebussu, em Guarapari. A solenidade, que se iniciou às 15h, marcou a conclusão das obras na instituição e contou com a presença do governador Renato Casagrande. Além da nova estrutura, agora, o Polivalente oferecerá cursos técnicos de Informática e Áudio e Vídeo, além do ensino médio regular.

De acordo com o governador, essa é uma escola modelo do Espírito Santo. Isso porque, além da estrutura que suporta 1.200 alunos, essa é uma das 8 escolas da Rede Estadual a ofertar cursos técnicos integrados ao Ensino Médio. O Polivalente disponibilizará os cursos de Informática e Áudio e Vídeo. Com a nova modalidade de ensino, o Governo pretende atrair o público jovem. “Essa é uma escola que está muito adequada aos tempos modernos, para atrair o jovem para dentro da escola. Para isso, é preciso oferecer um ambiente adequado, comodidade e conforto”, afirma Casagrande.

Segundo o subsecretário Estadual de Turismo do Espírito Santo, Gedson Merízio, os cursos técnicos oferecidos pelo colégio foram escolhidos pela Secretária de Educação (Sedu) tendo em vista a colaboração para o desenvolvimento do turismo no município. “Com a educação de qualidade, é possível qualificar a mão de obra, criar um ambiente favorável ao negócio, gerar oportunidades e, consequentemente, emprego e renda”, diz o subsecretário.

A estudante Thaís, de 16 anos, se emociona ao falar sobre suas expectativas para o futuro.

Thaís Lourenço também acredita que a educação de qualidade gera oportunidades. A estudante, de 16 anos, cursa o segundo ano do ensino médio regular na instituição e comemora a entrega da nova estrutura. Para ela, o conforto será fundamental para que os alunos obtenham os resultados almejados. “Quando a gente tem um novo ambiente escolar, a gente tem uma nova maneira de enxergar a vida. Agora, nós teremos acesso a coisas que, antes, estavam apenas nos sonhos, como os laboratórios e as salas específicas para cada disciplina”. A jovem se emociona ao falar sobre suas expectativas. “Eu sempre soube o que eu queria ser, mas sempre achei que seria mais difícil sendo aluna de escola pública. Olhar para a nossa escola agora me dá alívio, por saber que agora eu finalmente posso conseguir”, conta Thaís, que quer se tornar médica cirurgiã.

Fabíola Santa Clara Nunes conta que estudou no Polivalente e é professora no colégio desde 2000.

Para os professores, a nova escola também é motivo de felicidade. A professora Fabíola Santa Clara Nunes tem 39 anos e, antes de dar aula na instituição, estudou no Polivalente. “Em 1990 eu entrei aqui na escola cursando a quinta série, mas tive que deixa-la após um período com diversas greves. Em 2000, depois de formada, voltei à escola como professora de química, física e matemática”. Com a nova escola, a professora diz se sentir empolgada para ver novos alunos passarem pela instituição. “Agora, tenho certeza de que os meninos vão ter a oportunidade de aprender com mais qualidade e sair daqui com um diploma que os insere no mercado de trabalho e abre portas”.

Em tempo

As reformas na instituição de ensino foram iniciadas em 2012, contudo, a obra sofreu interdições, que impediram a finalização. A reforma se tornou tema de reivindicações dos alunos da instituição, que durante a reconstrução, foram realocados para um prédio temporário, no bairro Parque Areia Preta. O local, que deveria servir como espaço provisório para os estudantes, passou por diversos problemas na estrutura, sendo até interditado pela Defesa Civil em 2018, após o transbordamento de uma caixa d’água.

Texto: Nicolly Credi-Dio

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

Anchieta-Credito-da-Foto-Andrews-Quinteiro_

Pelo quarto ano consecutivo, Anchieta recebe nota A do Tesouro Nacional

pfizer

Guarapari: ação de vacinação sem agendamento para adolescentes com comorbidades

Anúncio

Anúncio

ameazul-praia

Moradores da Enseada Azul, em Guarapari, realizam ação de limpeza neste sábado (18)

Ação é uma adesão ao Dia Mundial da Limpeza

Comunicado - 17-09-2021

Comunicado – 17/09/2021

Anúncio

pfizer

Vacinação dos adolescentes é mantida no Espírito Santo

O Ministério da Saúde suspendeu a imunização do público de 12 à 17 anos sem comorbidades

afrochaves-estacao-da-cultura-2021-09-16-4

Resistência preta marca abertura do Estação da Cultura em Alfredo Chaves

Anúncio