Anúncio

Grupo organiza bazar em prol de animais abandonados em Alfredo Chaves

O objetivo da iniciativa é usar o dinheiro arrecadado para castração dos animais de rua

Por Aline Couto

Publicado em 28 de abril de 2021 às 15:00
Atualizado em 29 de abril de 2021 às 14:14

Anúncio

Fotos: divulgação.

Na próxima sexta-feira (30) o “Amor que Late e Mia”, grupo que existe há cerca de cinco anos e trabalha na causa animal em Alfredo Chaves, organizará um bazar para arrecadar valores que serão revertidos na ajuda e proteção de gatos e cães abandonados no município. No mesmo dia, também haverá feira de adoção responsável.

“Tudo que fazemos é através de doações. Nós recolhemos os animais que se encontram nas ruas da cidade e oferecemos os primeiros cuidados. Mas como não temos um espaço próprio, buscamos com os moradores um lar temporário para eles até que a castração seja realizada e consigam um lar definitivo. Queremos conscientizar a população sobre a importância da adoção responsável e da castração dos animais de rua”, contou uma das participantes do grupo, Karolini Guisso Donna.

De acordo com Karolini, a castração tem um custo muito alto e o número de animais que são atendidos depende dos valores arrecadados por mês. “Uma cadela de 10kg, por exemplo, tem o custo médio de R$ 400 para ser castrada. A quantidade de castrações por mês dependem das doações recebidas”.

O bazar, que costuma ser realizado todo primeira sexta-feira de cada mês, acontecerá na Feira Livre da Praça Municipal Colombo Guardia, no Centro de Alfredo Chaves, durante toda manhã. Serão ofertadas roupas, acessórios, enfeites, artesanato e utensílios domésticos por preços a partir de R$ 2.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

vacina_covid_19

Guarapari esclarece diferença entre número de doses recebidas e aplicadas de vacina da Covid-19

Agendamento será reaberto nos próximos dias para a população com idade entre 60 e 64 anos

zaine_e_ricardo_conde-2021-04-05

“É como ter uma arma apontada para a família, sem defesas” alerta jornalista de Guarapari, recuperado da Covid-19

Ricardo e a esposa, Zaine Conde, contraíram a doença. O jornalista se recuperou e a esposa ainda está na UTI, mas apresentando melhoras

Anúncio

Anúncio

coronavac-instituto-butantan

Guarapari: 2ª dose da vacina contra Covid-19 para idosos de 65 a 69 anos ainda não tem data

A maioria dos idosos desse público recebeu a primeira dose há cerca de um mês

aumento efetivo111

Casagrande anuncia aumento do efetivo da Polícia Militar do Espírito Santo

Anúncio

upaa-550x413

Câmara derruba veto do Prefeito e estende Auxílio Funcional aos demais servidores da Saúde de Guarapari

O veto restringia o pagamento do auxílio apenas aos profissionais lotados na UPA 24h

Bobó Brisamare-Risa

Semana das Mães: restaurante de Guarapari vai doar parte das vendas ao Recanto dos Idosos

Anúncio