Anúncio

Guarapari 127 anos: De geração para geração, Guarapari e construção

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 20 de setembro de 2018 às 11:57
Atualizado em 20 de setembro de 2018 às 12:04
Anúncio

Guarapari já completou 127 anos e o nosso especial em comemoração ao aniversário de emancipação política do município continua. Hoje, vamos começar com uma dupla que tem feito a diferença na continuidade dos negócios da família.

Os primos João Vitor Mocelin (esq) e Cesar Mocelin estão a frente da empresa, fundada em 1986. Fotos: Hamilton Garcia

Jocimara Brito

“Filho de peixe, peixinho é”, já dizia o ditado popular que se aplica aos primos Cesar, 25, e João Vitor Mocelin, 28. Eles eram crianças quando já frequentavam canteiros de obras e viam os pais, Jarcir e Anagir Mocelin, respectivamente, e o tio, Gelson, dedicando-se à empresa, Mocelin Engenharia, fundada em 1986. Entre negócios e edificações, os primos não aprenderam apenas sobre construção civil, mas também a lidar com o próximo, num espírito de amizade e confiança.

Cesar Mocelin

“A gente sempre aprendeu a lidar com todo o tipo de pessoa da mesma forma. Eu era pequeno e lembro-me de ir para as obras, conversar com pedreiro e com qualquer outra pessoa como se fosse um amigo. A Mocelin, por ser uma empresa familiar, tenta levar um pouco desse sentimento”, destacou Cesar, que atua na direção executiva e na coordenação do planejamento de obras.

Tal espírito perdura até hoje, agora com Cesar e João Vitor no comando da construtora, no Centro de Guarapari, buscando inovação e melhorias para clientes, colaboradores e a cidade. “A construção causa impacto no seu entorno, então eu acho que o principal legado é construir com responsabilidade, buscar novas tecnologias mais sustentáveis, gerar desenvolvimento”, disse Cesar.

Naturais de Guarapari, os primos acreditam no potencial da cidade onde vivem, investem e torcem pelo crescimento, do qual querem fazer parte. “Prefiro acreditar na mudança a pensar em desistir e ir para outro lugar. Aqui tem qualidade de vida, tem praia, você consegue fazer várias coisas a pé, por exemplo. Eu realmente sinto orgulho de ser daqui, acho que é um paraíso”, pontuou João Vitor, administrador e coordenador financeiro.

João Vitor Mocelin

Para ele, se há algo que ainda falta para melhorar o que já é um paraíso, seria um investimento maior no turismo, com programações além do verão, e uma melhor infraestrutura. “Mais turismo, mais segurança, um hospital, uma urbanização que transforme a cidade num local mais organizado para receber as pessoas. O meu presente para Guarapari seria mais investimento que gerasse crescimento”.

Por conta da crise econômica do país, a jovem dupla até sentiu o ritmo de venda desacelerar um pouco. Mas, com empenho nos negócios e paixão por Guarapari, continuam dando seguimento ao que começou com os pais e demonstram preocupação com a responsabilidade social da empresa e a diferença que podem fazer na vida das pessoas a cada projeto. “Me inspira muito fazer a diferença na vida de alguém. Às vezes um ajudante de pedreiro está sem emprego e aí podemos ajudá-lo com uma oportunidade, da mesma forma é ver um cliente realizando um sonho, um investimento”, contou Cesar.

Fato é que de uma geração para outra há muitas mudanças, mas, tratando-se dos Mocelin, algumas coisas ficaram: o apreço pela construção civil e a vida na Cidade Saúde.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Coronavírus: Guarapari registra mais dois óbitos e totaliza 306 casos confirmados

Com isso, Guarapari totaliza 16 óbitos; 170 pacientes estão curados da Covid-19

lorenzuttti

Liminar: Guarapari deve apurar se houve desequilíbrio contratual com a Lorenzutti

A decisão foi baseada nas medidas tomadas pelo município diante da pandemia da Covid-19, que impactaram negativamente a economia da empresa

Anúncio
Anúncio
Foto: Divulgação

Polícias Civil e Militar prendem autores de homicídios e realizam apreensão de drogas em Anchieta

A operação intitulada “Pitoco Assassino” cumpriu 10 mandados de prisão e foi concluída com sucesso graças ao trabalho integrado das polícias capixabas; Operação Sentinela apreende drogas, arma e munição

sala de aula1

Guarapari irá disponibilizar atividades não presenciais para alunos do município

Caberá aos professores, o apoio remoto aos alunos e às famílias na orientação e realização das tarefas

Anúncio
Imagem: HM Propaganda

Novo folhaonline.es bate primeiro recorde de acessos simultâneos

A plataforma manteve a estabilidade com quase mil usuários ativos ao mesmo tempo

subsecretario ES

‘Em algum momento será esgotado’, diz subsecretário sobre expansão dos leitos para Covid-19 no ES

Reblin afirmou ainda que a necessidade de expansão está associada a capacidade de distanciamento social no estado