Anúncio

Guarapari: Após perder o filho, mãe grava vídeo incentivando doação de sangue

Grata pelas transfusões sanguíneas que permitiram que Arthur vivesse 71 dias, Bruna Guerini criou uma campanha para salvar vidas

Por Nicolly Credi-Dio

Publicado em 6 de julho de 2020 às 17:12
Atualizado em 7 de julho de 2020 às 15:08

Anúncio

Guarapari: Após perder o filho, mãe grava vídeo incentivando doação de sangue
Bruna grávida de Arthur. Foto: Arquivo Pessoal

Recentemente, Bruna Schwan Guerini de Almeida deu início a uma campanha de doação de sangue. Por meio de um vídeo, que circula nas redes sociais, a médica de 35 anos contou o que motivou a iniciativa: o pequeno Arthur, que foi diagnosticado com cardiopatia congênita complexa e viveu exatos 71 dias. Para a mãe, foi a solidariedade de inúmeros doadores de sangue que tornou possível esse tempo ao lado do filho.  

“Durante o período de vida dele, (Arthur) precisou de inúmeras transfusões sanguíneas, plasmas, plaquetas, concentrados de hemácias… e tudo isso só foi possível graças à solidariedade, ao amor e à bondade de pessoas anônimas, que se tornaram verdadeiros anjos na vida do Arthur”, relata Bruna no vídeo que já conta com 1,5 mil visualizações no Facebook e mais de 10 mil visualizações no Instagram. 

Guarapari: Após perder o filho, mãe grava vídeo incentivando doação de sangue
Desenho em homenagem a Arthur tornou-se símbolo da campanha que tem como lema “seja anjo na vida de alguém”. Foto: Arquivo Pessoal

A mãe conta ainda que, devido à cirurgia cesariana, não pôde doar sangue para o próprio filho, quando foi preciso. “Eu não pude doar sangue para o meu filho, mas eu vou doar sangue para o filho de uma outra pessoa”, afirmou. Para isso, Bruna resolveu marcar a data em que Arthur completaria seis meses iniciando um movimento capaz de salvar inúmeras vidas. “Eu senti na pele a dificuldade de conseguir bolsas de sangue, o banco de sangue do hospital estava vazio quando precisamos e eu penso que, com a pandemia, a situação deva estar ainda pior”, disse. 

Confira o vídeo gravado por Bruna, que deu início à campanha: 

“Eu queria que isso fosse maior do que apenas me tornar uma doadora, então decidi incentivar outras pessoas a doarem também”, disse Bruna, que comemora a repercussão da iniciativa. “Eu pedi para que quem doasse tirasse uma foto e me marcasse no Instagram, para que se sentissem realmente motivados, e recebi muitas imagens! Quando fui ligar para agendar minha doação, soube que só tinham vagas para quatro dias depois. Não posso dizer que é graças à campanha, mas fico feliz que as pessoas estejam doando”. 

Guarapari: Após perder o filho, mãe grava vídeo incentivando doação de sangue
Arthur completaria 6 meses em junho. Foto: Arquivo Pessoal

Caso a história e mensagem de Bruna tenham te motivado a se tornar um doador, poste uma foto do momento da doação e a marque no Instagram ( @brunasguerini ). Faça parte dessa rede de solidariedade, “seja você também anjo na vida de alguém”. 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

Leitos Covid ES

Casagrande anuncia ampliação de mais 30 leitos para atendimento à Covid-19

corona

Covid-19: Guarapari se aproxima dos 200 óbitos e 8 mil casos confirmados

Praia do Morro segue o bairro com mais infectados, 1.153, quase o dobro dos registrados em Muquiçaba, 618, segundo no número de casos

Anúncio

Anúncio

Carteiradetrabalho

47 vagas de emprego estão disponíveis no Sine de Anchieta; 33 para moradores de Guarapari

Os candidatos podem se candidatar a partir de hoje (25)

ultrasonografia_feto_foto-Amina-Filkins-Pexels

Estado e Município devem custear fertilização in vitro de moradora de Guarapari

Anúncio

violência-doméstica-550x293-1

2020 teve menos denúncias e mais prisões relacionadas à violência contra a mulher em Guarapari

Para a titular da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) de Guarapari, Dra. Francini Moreschi, pandemia pode ter dificultado denúncias

coluna dom antonio rotativo (7)

Rotativo: será que emplaca?

Anúncio