Anúncio

Guarapari: carta aberta cobra respostas em relação a atraso de obra na Orla da Praia de Meaípe

Documento foi protocolado na Prefeitura de Guarapari pela Associação de Moradores do Bairro Meaípe

Por Gislan Vitalino

Publicado em 4 de agosto de 2021 às 10:16
Atualizado em 4 de agosto de 2021 às 18:18

Anúncio

Fotos: Associação de Moradores do Bairro Meaípe.

Nesta terça-feira (2) a Associação de Moradores do Bairro Meaípe (AMBM) protocolou na Prefeitura de Guarapari uma Carta Aberta em que solicita informações sobre a realização das obras de revitalização da orla da Praia de Meaípe e da pavimentação das ruas no entorno da região.

Na carta, endereçada ao chefe do poder executivo, Edson Magalhães (PSDB), e ao titular da Secretaria Municipal de Obras Públicas, Odivan Ferreira dos Santos, os moradores cobram a apresentação do cronograma das obras e do contrato com a empresa responsável pela execução.

O presidente da Associação de Moradores de Meaípe, Vinícius Brina, explicou que a carta é um questionamento dos moradores que, mais uma vez, não estão vendo o andamento das obras da orla. “Essa foi uma verba federal que, inicialmente, demorou a chegar. Mas agora chegou, está aí há mais de um ano e não estamos vendo a obra andar”, contou.

Ele explica que, com a morosidade, os moradores começam a se questionar se poderão ver a obra pronta para o próximo verão. “Aqui é uma região muito movida pelo turismo e da forma que está se encaminhando, vai ser mais um ano em que a gente achou que ia ter a conclusão da obra e não vamos”, conclui Vinícius Brina.

Placa no local indica que obra deveria ter sido concluída em março de 2020.

Segundo o documento, os moradores aguardam um posicionamento por parte da Prefeitura no prazo máximo de 5 dias. De acordo com o presidente da Associação de Moradores, caso não surja uma resposta em relação aos questionamentos levantados, um novo documento será protocolado junto ao Ministério Público, solicitando que a situação seja averiguada.

Confira o documento na íntegra

O que diz a Prefeitura?

Nós procuramos a Prefeitura de Guarapari para que se posicione sobre a situação. Até o fechamento desta matéria o setor de comunicação da Prefeitura informou que a demanda tinha sido enviada à Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop), mas que não houve resposta.

*Reportagem publicada originalmente no dia 03/08 e republicada devido a problemas técnicos no servidor do site.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

74-mapa-de-risco-covid-19-1

Governo do Espírito Santo divulga 74º Mapa de Risco Covid-19

amarelo-setembro-2021-09-24

Ação em Guarapari busca conscientizar sobre importância da saúde mental

Ação acontece neste sábado (25), no Centro da cidade

Anúncio

Anúncio

Foto: Reprodução/Pixabay

Câmara derruba veto e promulga lei contra nomeação de condenados por violência contra a mulher em Guarapari

Pfizer-COVID-19-Vacine

Ação de vacinação gera dúvidas; prefeitura de Guarapari esclarece

Anúncio

filhos procuram pai21

Sem encontrar o pai há mais de 30 anos, filha busca notícias em Guarapari

A família morava no município até a separação do casal; a mãe foi com os filhos para o Rio de Janeiro

pfizer

Pfizer: Guarapari faz ação com 12 mil doses para imunizar diversos grupos contra Covid-19

Imunização acontece amanhã (25) em Unidades de Saúde do município

Anúncio