Anúncio

Guarapari é um dos destinos mais procurados por turistas que visitam o Estado

Por Gessika Avila

Publicado em 25 de abril de 2016 às 12:47
Atualizado em 25 de abril de 2016 às 12:47
Anúncio
78,9% dos entrevistados gostaram da infraestrutura e 81,7% aprovaram o atendimento prestado

78,9% dos entrevistados gostaram da infraestrutura e 81,7% aprovaram o atendimento prestado

Pesquisa de Fluxo Turístico da alta temporada realizada pelo Observatório do Turismo, por meio da Secretaria de Estado do Turismo (Setur), apurou que Guarapari é um dos destinos mais procurados pelos turistas que visitam o Estado. Os 10 municípios mais procurados foram Vitória, Serra, Cachoeiro de Itapemirim, Guarapari, Aracruz, Linhares, Marataízes, São Mateus, Conceição da Barra e Anchieta.

A pesquisa realizada pela Setur em parceria com o Instituto Qualitest Pesquisa e Qualificação rastreou o perfil dos turistas que vieram ao Espírito Santo, observando principalmente local de origem, forma de organização da viagem, avaliação dos passeios e dos destinos escolhidos, gasto médio durante a permanência no Estado e fluxo total de turistas durante o verão.

De acordo com a gerente de Estudos e Negócios Turísticos da Setur, Danielli Nogueira, é importante monitorar a demanda e o fluxo turístico do Estado para elaborar políticas públicas voltadas à estruturação da atividade turística de forma mais sustentável. “É importante que tenhamos dados para melhorar a infraestrutura turística oferecida para nossos visitantes”, afirma.

Foram entrevistadas 1.400 pessoas, em 14 cidades capixabas: Anchieta, Aracruz, Conceição da Barra, Domingos Martins, Guarapari, Itapemirim, Linhares, Marataízes, Piúma, Santa Teresa, São Mateus, Serra, Vila Velha e Vitória. Em Guarapari, os turistas foram entrevistados na Orla do Canal, Setiba, Praia do Morro e restaurantes da cidade.

Gasto médio aumenta 41,2%

O estudo também mostrou um aumento de 41,2% no gasto médio diário do turista que visitou o Espírito Santo na temporada de Verão 2016, ficando em R$ 66,2, e no ano passado, foi de R$ 46,89.

A quantidade de turistas durante a alta temporada de 2016 foi de 1.592.450, número menor do que o registrado no ano passado, quando 1.783.873 pessoas visitaram o Estado. Em contrapartida, o tempo de permanência médio aumentou de 9,44 dias para 11,9 dias, um crescimento de 26%.

Segundo Danielli, o número menor de turistas pode ter sido reflexo da crise econômica do país. Em contrapartida, o aumento no tempo de permanência significa que os destinos no Espírito Santo estão mais atrativos e bem estruturados, uma vez que o turista preferiu ficar mais tempo no mesmo local.

Dos turistas entrevistados, 33% têm o costume de vir ao Espírito Santo pelo menos uma vez ao ano. Já 14,7% disseram ter visitado o Estado pela primeira vez. A maioria dos entrevistados, 66,8%, já conhecia o destino escolhido para a viagem, enquanto 26% tiveram como principal fonte de informação para a escolha as indicações recebidas de amigos/parentes.

Outro dado que chamou atenção, na pesquisa, é que 99,6% dos turistas que passearam pelo Estado no verão 2016 são brasileiros. Os principais locais de origem são da Região Sudeste, a maioria do próprio Espírito Santo (48,1%), Minas Gerais (31,8%), Rio de Janeiro (7,6%) e São Paulo (5,1%).

A pesquisa apurou, também, que a maioria (68,9%) vem ao Espírito Santo de carro, 19,6% de ônibus e 10,1% de avião. E, 28,1% dos entrevistados viajaram acompanhados da família (3 ou 4 pessoas). Em 92,7% dos casos, a viagem foi organizada por conta própria. Apenas 2,29% compraram pacote em agência de viagem.

Infraestrutura do ES é bem avaliada

Dos entrevistados, 36,1,% ficaram hospedados na casa de amigos e parentes, 21,3% em imóvel alugado e 22,1% se hospedaram em hotéis e pousadas. Para os que utilizaram o serviço de hotéis e pousadas, a avaliação foi positiva: 85,6% consideram a infraestrutura como boa e ótima e 91,9% avaliaram como bom o atendimento dos estabelecimentos do Estado. Os restaurantes também agradaram: 78,9% dos entrevistados gostaram da infraestrutura e 81,7% aprovaram o atendimento prestado.

Os entrevistados avaliaram positivamente a disponibilidade de Centros de Informação ao Turista: 70,8% entre bom e ótimo. O atendimento também foi avaliado positivamente: 77,2% entre bom e ótimo. E 97,1% dos turistas recomendariam o município visitado aos amigos e 98,3% disseram que pretendem retornar.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Upa Covid

Guarapari amplia espaço para pacientes com suspeitas de síndromes respiratórias na UPA

MarcosKneip_01

“Temos saldo de 9 mil empregos e zeramos as perdas no ES”, disse secretário Marcos Kneip

Guarapari está com um saldo positivo de 349, foram 777 admissões e 428 desligamentos

Anúncio
Anúncio
ambulante-550x366

Decreto estabelece medidas para comércio ambulante no verão de Anchieta

a-producao-anual-do-tuberculo-chega-a-50-mil-toneladas-145827-article

Parceria entre Governo do ES e Sebrae oferta palestra para produtores rurais

A palestra apresenta as redes sociais como alternativa de venda, para incentivar a presença digital de produtores rurais

Anúncio
rebocador

Encontrado corpo do tripulante do rebocador que afundou em Guarapari

O corpo de Eric Barcelos Rangel, de 57 anos, foi localizado no mar de Aracruz, na última segunda-feira

Fabio-Novaes-Sicoob

O que é e o que muda com Pix

Anúncio