Anúncio

Guarapari: Mãe de quíntuplos redobra cuidados e adapta a rotina dos filhos em tempos de pandemia

Por Aline Couto

Publicado em 11 de maio de 2020 às 16:51
Atualizado em 12 de maio de 2020 às 18:00

Anúncio

Foto: Aquivo Pessoal.

Diante da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) e a necessidade do isolamento social, a rotina de muitas famílias precisou ser adaptada e as mudanças foram inevitáveis. Mariana Mazzelli, mãe de Jayme, Bella, Benício, Laís e Beatriz, de 11 meses, está dividindo com o marido todos os cuidados necessários com os cinco pequenos.

Em isolamento dentro de casa desde o dia 20 de março, Mariana e o marido, Jayme Reisen, só saem se for estritamente necessário, tomando os cuidados e as prevenções. “Todas as crianças nasceram prematuras extremas. Benício tem síndrome de Down e, por isso, imunidade baixa. Laís e Beatriz passaram um longo período entubadas e tem displasia pulmonar. Além da minha mãe de 72 anos que mora conosco. Todos são do grupo de risco”, pontuou Mariana.

Ela contou que o marido tem lojas que ficam dentro de academias em Vitória e Vila Velha e no momento estão fechadas, por isso ele tem ficado em casa. “Eu e Jayme estamos nos virando com os cuidados necessários com as crianças: banhos, fraldas e alimentação. Elas só têm contato direto conosco e minha mãe, que ajuda nas mamadas”.

Com relação a rede de apoio que auxiliava na rotina da família desde a chegada dos quíntuplos, Mariana disse que agora a babá cuida da comida e das roupas das crianças e que tem uma faxineira uma vez na semana. “Jayme busca e leva elas em casa, que seguem fazendo o isolamento”.

Sobre alguma mudança na alimentação das crianças, a família segue a mesma já proposta, com as mamadeiras e alguns pequenos iniciando a introdução alimentar. “As crianças já tomam suplementação desde sempre, não precisam de vitaminas nesse momento. Também tenho a sorte de ter Sol na parte da manhã na minha varanda. Consigo coloca-las para pagar um solzinho todo dia. Seguimos nos adaptando e pensando na saúde da família”.

Gravidez

Mariana estava tentando engravidar quando descobriu que tinha baixa reserva de óvulos. Ela fez um tratamento para indução de ovulação e no final de 2018 descobriu a gravidez dos quíntuplos. A gravidez, de altíssimo risco, seguiu até 27 semana e dois dias, quando foi necessário fazer o parto porque um dos bebês entrou em sofrimento.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

foto_casa_abertura_antonio_ribeiro

Um Problema em Guarapari

marearea_equipe_preparacao

Equipe de canoa havaiana de Guarapari conquista 4° lugar em prova nacional

A equipe ficou posicionada em quarto lugar da categoria OC6 Mista no desafio “Do Leme ao Pontal”, na orla do Rio de Janeiro

Anúncio

Anúncio

agencia-banestes

Procura por crédito imobiliário do Banestes cresce 300%

A demanda teve crescimento de 300% em 2020, quando comparado a 2019, e segue aquecida nos primeiros meses de 2021

planalto_obras

10 vias do Bairro Planalto em Anchieta recebem obras de pavimentação e drenagem

Obra contempla aproximadamente 4 km de drenagem e pavimentação no bairro

Anúncio

sinestesia-3

Sarau virtual vai apresentar artistas da periferia de Guarapari

O objetivo é de fomentar a cultura e o potencial artístico de dentro dos bairros de periferia de Guarapari

casagrande_transmissao-1

ES vai distribuir teste rápido mais eficaz para covid-19 com resultado em 30 minutos

Novos testes vão agilizar o atendimento de pacientes suspeitos

Anúncio