Anúncio

Guarapari: Mãe de quíntuplos redobra cuidados e adapta a rotina dos filhos em tempos de pandemia

Por Aline Couto

Publicado em 11 de maio de 2020 às 16:51
Atualizado em 12 de maio de 2020 às 18:00

Anúncio

Foto: Aquivo Pessoal.

Diante da pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) e a necessidade do isolamento social, a rotina de muitas famílias precisou ser adaptada e as mudanças foram inevitáveis. Mariana Mazzelli, mãe de Jayme, Bella, Benício, Laís e Beatriz, de 11 meses, está dividindo com o marido todos os cuidados necessários com os cinco pequenos.

Em isolamento dentro de casa desde o dia 20 de março, Mariana e o marido, Jayme Reisen, só saem se for estritamente necessário, tomando os cuidados e as prevenções. “Todas as crianças nasceram prematuras extremas. Benício tem síndrome de Down e, por isso, imunidade baixa. Laís e Beatriz passaram um longo período entubadas e tem displasia pulmonar. Além da minha mãe de 72 anos que mora conosco. Todos são do grupo de risco”, pontuou Mariana.

Ela contou que o marido tem lojas que ficam dentro de academias em Vitória e Vila Velha e no momento estão fechadas, por isso ele tem ficado em casa. “Eu e Jayme estamos nos virando com os cuidados necessários com as crianças: banhos, fraldas e alimentação. Elas só têm contato direto conosco e minha mãe, que ajuda nas mamadas”.

Com relação a rede de apoio que auxiliava na rotina da família desde a chegada dos quíntuplos, Mariana disse que agora a babá cuida da comida e das roupas das crianças e que tem uma faxineira uma vez na semana. “Jayme busca e leva elas em casa, que seguem fazendo o isolamento”.

Sobre alguma mudança na alimentação das crianças, a família segue a mesma já proposta, com as mamadeiras e alguns pequenos iniciando a introdução alimentar. “As crianças já tomam suplementação desde sempre, não precisam de vitaminas nesse momento. Também tenho a sorte de ter Sol na parte da manhã na minha varanda. Consigo coloca-las para pagar um solzinho todo dia. Seguimos nos adaptando e pensando na saúde da família”.

Gravidez

Mariana estava tentando engravidar quando descobriu que tinha baixa reserva de óvulos. Ela fez um tratamento para indução de ovulação e no final de 2018 descobriu a gravidez dos quíntuplos. A gravidez, de altíssimo risco, seguiu até 27 semana e dois dias, quando foi necessário fazer o parto porque um dos bebês entrou em sofrimento.

 

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

curso-qualificar-es-online-2021-08-03

ES abre inscrições para 26 mil vagas em cursos on-line gratuitos de qualificação profissional

Inscrições podem ser realizadas entre os dias 3 e 10 de agosto

crime em Gri

Crime em Guarapari: mulher foi amarrada e torturada antes de ser assassinada

Ana Paula da Silva Barbosa, de 52 anos, foi morta na noite de domingo (1); o marido dela também foi agredido e teve ferimentos na cabeça

Anúncio

Anúncio

Obras-orla-de-meiape-2021-08-03 (4)

Guarapari: carta aberta cobra respostas em relação a atraso de obra na Orla da Praia de Meaípe

Documento foi protocolado na Prefeitura de Guarapari pela Associação de Moradores do Bairro Meaípe

Tempo Integral ES1

Programa Capixaba incentiva implantação de Tempo Integral em escolas municipais

Anúncio

xepa vacina

Guarapari realiza ações de vacinação contra a Covid-19 e a gripe (Influenza)

As segundas doses de AstraZeneca e Coronavac serão aplicadas na quarta-feira (04) e as da gripe, na quarta e na quinta-feira (05)

revsol1

Parceria entre empresa e prefeitura beneficia estradas e ruas de localidades em Guarapari

A ArcelorMittal doará toneladas de Revsol para o município; as primeiras contempladas serão as localidades de Santa Arinda, Limão e Limãozinho

Anúncio