Anúncio

Guarapari planeja retornar em fevereiro as aulas da Rede Municipal de Ensino

Por Aline Couto

Publicado em 15 de janeiro de 2021 às 14:58
Atualizado em 17 de janeiro de 2021 às 09:08

Anúncio

Foto: reprodução.

Com a proximidade do início do ano letivo de 2021 e a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) ainda em alta, os municípios capixabas estão se reunindo e debatendo a possibilidade do retorno das aulas em fevereiro. O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) enviou um *questionário virtual aos secretários municipais de educação, das 78 cidades do Estado, onde os mesmos devem indicar a situação da rede de ensino dos municípios. Os secretários terão até esta sexta-feira (15) para apresentar as respostas aos questionamentos.

Posteriormente, integrantes da União dos Dirigentes Municipais de Educação do Espírito Santo (Undime-ES) e da Associação dos Municípios do Espírito Santo (Amunes) vão sistematizar as respostas e será agendada nova reunião, prevista para segunda-feira (18). No encontro, serão retomadas as discussões para definir como o ano letivo de 2021 será efetivado nas escolas da rede municipal.

Guarapari

A Secretaria Municipal de Educação de Guarapari (Semed) informou que a cidade possui um planejamento para o ano letivo de 2021, com previsão de início das aulas para fevereiro. “O formato (presencial, distância ou híbrido) vai ser definido conforme o Mapa de Risco. Quanto às normas de prevenção e cuidados, o município irá seguir as Portarias 01R e 02R do Governo Estadual”. 

A Semed também confirmou o recebimento do questionário do MPES e informou que o mesmo será enviado ainda hoje (15) com as respostas, conforme prazo estipulado. 

Em tempo  

As escolas do município de Guarapari estão com as aulas suspensas desde o início da pandemia, março de 2020, como medida de prevenção a propagação da Covid-19. No início de outubro do ano passado, a Semed emitiu um comunicado mantendo as aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino suspensas até o final do ano letivo de 2020.

*O objetivo do questionário é verificar se as cidades já possuem as condições para permitir o retorno às aulas na rede pública e o que deve ser feito para viabilizar essa retomada. A sondagem abordará informações de áreas como transporte escolar, alimentação escolar, contratos de designação temporária de professores, total de professores com comorbidades, quantitativo de alunos, quantitativo de equipamentos de proteção individual (EPIs) e materiais já adquiridos, entre outros dados.

*Com informações: MPES.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

vacina-astrazeneca-868x644

Nesta segunda (20) tem agendamento para segunda dose de AstraZeneca em Guarapari

praça virtudes1

Após mais de um ano de reforma, Praça das Virtudes é inaugurada em Guarapari

As obras iniciaram em julho de 2020 com a promessa de entrega até o final do ano corrente

Anúncio

Anúncio

Muda-de-planta-shutterstock_302422220

Guarapari inicia neste domingo (19) uma semana comemorativa pelo Dia da Árvore

Família nômade (4)

Guarapari 130 anos: família nômade se encanta com as belezas da “Cidade Saúde”

Anúncio

guara-de-ouro-gri-2021-09-18-2-1

Artigo: ser cidadão guarapariense; uma honra e um privilégio!

rambutan-1

Rambutan: fruta exótica no Brasil é produzida em Guarapari

De origem asiática, o fruto é encontrado na propriedade do José Antônio Ofrante, em Rio Claro

Anúncio