Anúncio

“Guarapari precisa olhar o turismo como um mercado para deslanchar economicamente”, disse o subsecretário Estadual de Turismo

Por Aline Couto

Publicado em 14 de janeiro de 2020 às 12:12
Atualizado em 14 de janeiro de 2020 às 12:12
Anúncio

Foto: Reprodução/Whatsapp.

Após a divulgação da pesquisa realizada no Réveillon, pela Secretaria Estadual de Turismo (Setur), onde Guarapari foi eleita o melhor destino para passar a virada do ano no Estado, procuramos o subsecretário Estadual de Turismo, Gedson Merízio, e conversamos sobre a importância da pesquisa e como pode mudar os rumos do turismo em Guarapari e no Espírito Santo.

“Agora podemos conhecer claramente o perfil do turista que recebemos”, falou Gedson. Segundo ele, a pesquisa mostra o diagnóstico das pessoas que passam o feriado de fim de ano no Estado e desmistifica de vez a ideia que o Espírito Santo não é conhecido. “Recebemos pessoas de 22 estados brasileiros e cinco países durante o Réveillon e foi comprovado que o Espírito Santo cresceu mais em atividades turísticas que Bahia, Ceará e Rio de Janeiro”.

A grande maioria dos visitantes optou por Guarapari para passar o Réveillon e a satisfação com a festa chegou a quase 100%. “É a primeira vez que o município participa da pesquisa e já foi apontado como melhor destino para a virada do ano. A cidade continua sendo a porta de entrada do Estado, por isso precisa deslanchar economicamente. É necessário formalizar os trabalhadores da cidade para garantir um mercado forte”.

Apesar da pesquisa mostrar números positivos em serviços prestados por Guarapari, o subsecretário contou que houveram reclamações a respeito da falta de banheiros e da quantidade de lixo na cidade. “O município recebe grande quantidade de pessoas nesta data, e a ausência de banheiros, talvez devido a não conclusão das obras na Praia do Morro, causaram reclamações. Também falaram sobre o lixo acumulado, mas isso é responsabilidade de todos nós. Temos que fazer nossa parte”.

Além da pesquisa realizada no Réveillon, a Setur está realizando a pesquisa verão em Guarapari, Anchieta, Conceição da Barra, Linhares, Marataízes, Piúma, São Mateus, Serra, Vila Velha e Vitória.

Anúncio
Anúncio

Veja também

corona

Coronavírus: Guarapari registra 12º óbito e mais 10 casos da doença

A vítima fatal da doença residia no Centro

CTA

Centro de Testagem e Aconselhamento vira alvo de denúncias em Guarapari

Anúncio
Anúncio
Lucineia Santos de Souza. Foto: Arquivo Pessoal

Moradora de Guarapari já produziu e doou mais de 500 máscaras para famílias carentes

Com um saco de retalhos e um rolo de elástico, Lucineia Santos resolveu ajudar pessoas em situação de vulnerabilidade social a se protegerem da Covid-19

homicidio

Número de homicídios no ES reduz em maio e atinge melhor número dos últimos 24 anos

Anúncio
abertura de em presas

ES está entre os 12 estados com menor tempo de espera para abertura de novas empresas

cão4

Pandemia faz número de adoção de cães e gatos crescer em Guarapari