Anúncio

Guarapari registra aumento de 624% das notificações de dengue este ano

Por Carolina Brasil

Publicado em 8 de abril de 2019 às 14:18
Atualizado em 8 de abril de 2019 às 14:22

Anúncio

O crescimento também ocorreu em todo o país. Recentemente, o Ministério da Saúde emitiu alerta devido ao aumento de 264,1% dos casos no país.

Em três meses, o ES registrou quase 16 mil novas notificações. Fotos: Reprodução

Já são 156 casos de dengue notificados nos primeiros três meses de 2019, em Guarapari. Isso significa um aumento de 624% em relação ao mesmo período do ano passado, quando 25 casos foram notificados pela Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com a prefeitura, esse aumento já era esperado e pode ter ocorrido em consequência do isolamento do vírus 2. O município reforçou, ainda, a importância da necessidade da população, semanalmente, fazer a própria parte para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, e também da zika e da chikungunya. A recomendação é eliminar o acúmulo de água em locais como pneus, garrafas, vasilhas, tonéis e outros recipientes, além de manter quintais, piscinas e calhas sempre limpos.

Para evitar o nascimento do mosquito é preciso eliminar os focos de água parada e limpa.

Estado

Entre os dias 30 de dezembro de 2018 e 30 de março deste ano, o Espírito Santo notificou 15.967 casos de dengue. Um óbito foi confirmado e a taxa de incidência da doença ficou em 401,95, de acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). A incidência considera a proporção de casos em relação ao número de habitantes e é um importante indicador de alerta, contribuindo na orientação das ações de combate a doença.

Sintomas

Febre alta, manchas no corpo, dores nas articulações, dor de cabeça, coceira, náuseas, vômitos e extremo cansaço são os principais sintomas. E para a eficácia do tratamento, é importante que o paciente procure um médico aos primeiros sinais.

Prevenção

Para a prevenção, é recomendável o uso de repelentes corporais – com especial atenção em crianças e idosos -, espirais ou vaporizadores elétricos ao amanhecer e no final da tarde, antes do pôr do sol, horários em que os mosquitos mais picam. Além dessas orientação, sugere-se utilizar mosquiteiros em casas com crianças.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

eduardo-junho-vermelho-doacao-de-sangue

Junho Vermelho: em Guarapari ações e campanhas incentivam doação de sangue

Trabalho visa contribuir com difícil tarefa do Hemoes*

gabriel-musica-2021-06-19

Dia do Orgulho Autista: conheça o cantor de Guarapari, Gabriel da Silva Carvalho

Anúncio

Anúncio

WhatsApp-Image-2021-06-18-at-13.15.02

Artigo: uma Guarapari diferente por usar melhor os seus templos ociosos

o-que-e-um-curso-profissionalizante-descubra-aqui

Qualificar ES abre 101 vagas em cursos presenciais, com oportunidades para Anchieta

Anúncio

IMAGEM-DE-DESCRIÇAO-DO-ARTIGO

Artigo: empréstimo consignado não autorizado; como cessar descontos e pedir indenização

bicicleta-ciclismo-pixabay-2021-06-19

Espírito Santo tem média de cinco bicicletas furtadas por dia

A Secretaria Estadual de Segurança Pública informou que o índice caiu em comparação ao ano passado

Anúncio