Anúncio

Guarapari registra aumento de 624% das notificações de dengue este ano

Por Carolina Brasil

Publicado em 8 de abril de 2019 às 14:18
Atualizado em 8 de abril de 2019 às 14:22
Anúncio

O crescimento também ocorreu em todo o país. Recentemente, o Ministério da Saúde emitiu alerta devido ao aumento de 264,1% dos casos no país.

Em três meses, o ES registrou quase 16 mil novas notificações. Fotos: Reprodução

Já são 156 casos de dengue notificados nos primeiros três meses de 2019, em Guarapari. Isso significa um aumento de 624% em relação ao mesmo período do ano passado, quando 25 casos foram notificados pela Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com a prefeitura, esse aumento já era esperado e pode ter ocorrido em consequência do isolamento do vírus 2. O município reforçou, ainda, a importância da necessidade da população, semanalmente, fazer a própria parte para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, e também da zika e da chikungunya. A recomendação é eliminar o acúmulo de água em locais como pneus, garrafas, vasilhas, tonéis e outros recipientes, além de manter quintais, piscinas e calhas sempre limpos.

Para evitar o nascimento do mosquito é preciso eliminar os focos de água parada e limpa.

Estado

Entre os dias 30 de dezembro de 2018 e 30 de março deste ano, o Espírito Santo notificou 15.967 casos de dengue. Um óbito foi confirmado e a taxa de incidência da doença ficou em 401,95, de acordo com dados da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). A incidência considera a proporção de casos em relação ao número de habitantes e é um importante indicador de alerta, contribuindo na orientação das ações de combate a doença.

Sintomas

Febre alta, manchas no corpo, dores nas articulações, dor de cabeça, coceira, náuseas, vômitos e extremo cansaço são os principais sintomas. E para a eficácia do tratamento, é importante que o paciente procure um médico aos primeiros sinais.

Prevenção

Para a prevenção, é recomendável o uso de repelentes corporais – com especial atenção em crianças e idosos -, espirais ou vaporizadores elétricos ao amanhecer e no final da tarde, antes do pôr do sol, horários em que os mosquitos mais picam. Além dessas orientação, sugere-se utilizar mosquiteiros em casas com crianças.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Artigo: Coronavírus – O fim das atividades empresariais e a extinção dos contratos de trabalho

Foto: Divulgação

Prefeitura de Anchieta isola praias para enfrentar o avanço da Covid-19

O Município expediu ontem (29) dois novos decretos tratando de medidas de prevenção ao avanço do novo coronavírus (Covid-19)

Anúncio
Anúncio
prefeitura

Guarapari: Prefeitura propõe novo piso salarial para agentes de saúde e de combate a endemias

Para explicar o projeto, ontem (29), as Secretarias de Saúde (Semsa) e de Administração (Semad), realizaram um reunião com alguns representantes das categorias

office-1574717_1280-1-1024x700

Novo documento reúne medidas econômicas para enfrentamento à Covid-19 no ES

Anúncio
sala de aula1

Escolas e faculdades permanecem fechadas no Espírito Santo até o final de junho

Novo decreto será publicado em edição extra do Diário Oficial, neste sábado. Cinemas e teatros também seguem fechados e shows suspensos

Shopping Vitória

Shoppings poderão reabrir a partir de segunda-feira (01) no ES

Está proibida a entrada de menores de 12 anos, assim como o funcionamento de cinemas, teatros e eventos