Anúncio

Guarapari registra casos de Covid-19 em idosos em instituições de permanência

Além de Guarapari, que conta com 4 casos, Alfredo Chaves também contabilizou 2 infectados; Ao todo, o ES registra 82 casos da Covid-19 em idosos residentes nessas instituições

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 10 de junho de 2020 às 15:52
Atualizado em 11 de junho de 2020 às 12:14

Anúncio

Foto: Reprodução

Acompanhamento dos serviços de acolhimento realizado pelo Centro de Apoio Cível e Defesa da Cidadania (CACC) do Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) indica que, até o dia 5 de junho, foram confirmados 82 casos de Covid-19 em pessoas idosas residentes nessas instituições, nos municípios de Vila Velha (28), Vitória (25), Serra (15), Colatina (5), Guarapari (4), São Mateus (2), Alfredo Chaves (2) e Aracruz (1). São 15 casos a mais do que o total verificado na semana anterior, no dia 29 de maio, quando foram identificados 67 casos.

O maior aumento foi registrado em Vila Velha, onde houve mais 6 casos em relação à última semana de maio. Já o número de profissionais infectados que trabalham nesses serviços passou de 66 para 83 — 17 casos a mais em relação ao levantamento anterior. Vila Velha também lidera no aumento de casos entre os trabalhadores, com mais 9 casos. O total de óbitos de idosos residentes nas instituições em todo o Estado passou de 16 para 19 no período.

Os municípios de Colatina e Guarapari apresentaram casos de idosos com o novo coronavírus pela primeira vez, desde o início da pandemia. Na primeira semana de junho, foram reportados 4 pessoas idosas residentes e 5 funcionários em Guarapari contaminados com a Covid-19. Em Colatina, foram 5 pessoas idosas e 2 funcionários confirmados.

Prevenção

O CACC realiza desde 16 de abril a coleta do número de casos suspeitos e confirmados entre os residentes e trabalhadores das instituições e óbitos das pessoas idosas, duas vezes por semana, às segundas e quintas feiras. As instituições estão localizadas em 36 municípios do Espírito Santo. O acompanhamento tem o objetivo de garantir a adoção das medidas estabelecidas de prevenção e controle da Covid-19 e, ainda, a garantia da oferta da assistência à saúde da pessoa idosa residente em instituições de longa permanência.

O acompanhamento semanal possibilita a notificação ao gestor estadual e municipal, que possui a responsabilidade de execução da política pública, para que realize as normas estabelecidas no país de prevenção e controle da infecção pelo novo coronavírus. Permite, também, apurar as responsabilidades dos dirigentes das instituições prestadoras do atendimento. Se comprovado ato praticado em detrimento à pessoa idosa sob a assistência dessas instituições, os dirigentes responderão civil e criminalmente, sem prejuízo das sanções administrativas, como a interdição do serviço.

Letalidade

No Estado do Espírito Santo, segundo dados extraídos em 06/06/2020 do Painel COVID-19, dos 832 óbitos por COVID-19, 619 foram de pessoas com mais de 60 anos. A letalidade da doença na população idosa no Estado é de 17%, contra 1,3% de letalidade nas pessoas com menos de 60 anos. Verifica-se, com base nas informações fornecidas pelas ILPIS do Estado, que a letalidade da COVID-19 entre pessoas idosas institucionalizadas, na última semana, é de 23,17%, correspondendo percentual superior à letalidade geral entre os idosos do Espírito Santo.

Veja o relatório completo

  • Com informações da Assessoria de Comunicação do Ministério Público do Estado do Espírito Santo

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

situacao_de_rua_2021-06-23

Situação de Rua: o que pensam organizações de Guarapari que trabalham com essa população

Em Guarapari, parte da população têm notado um aumento de pessoas que encaram essa condição

Capacetes Elmo

Espírito Santo recebe doação de 158 capacetes ELMOs para pacientes com Covid-19

Anúncio

Anúncio

xepa vacina

Governo do Estado cria regras para “xepa” das vacinas nas cidades do ES

Orientação da Sesa é que as doses excedentes sejam utilizadas em quem pertence ao grupo contemplado ou para as pessoas da faixa etária seguinte

procurados-2021-06-23

Polícia Militar divulga 5 criminosos de Guarapari procurados pela Justiça

Caso tenha informações, população pode ajudar a polícia através do Disque-Denúncia (181)

Anúncio

Eco 101 - duplicação

Duplicação: desvio de tráfego em Anchieta para construção do viaduto de acesso a Alfredo Chaves

vacinacao_50-mais-gri2021-06-12

Guarapari realiza novo agendamento para pessoas acima de 40 anos

Anúncio