Anúncio

Guarapari: ressaca do mar quebra calçadão da Praia de Meaípe

Por Aline Couto

Publicado em 24 de agosto de 2020 às 16:03
Atualizado em 25 de agosto de 2020 às 15:40

Anúncio

Guarapari: ressaca do mar quebra calçadão da Praia de Meaípe
Foto: Reprodução/Tell Miranda.

A Praia de Meaípe, em Guarapari, é atingida mais uma vez pela força do mar. No último final de semana, a orla do bairro voltou a sofrer após mais uma ocorrência de ressaca do mar. Registros compartilhados por aplicativo de mensagens mostraram os estragos mais recentes em um dos pontos da praia. De acordo com as imagens, as ondas atingiram o calçadão quebrando parte dele.

Diante das informações, a Prefeitura de Guarapari foi procurada com questionamentos:

O calçadão não foi recém feito pela prefeitura?

Se, não foi prevista a possibilidade da ressaca? Ele não deveria resistir a colisão das águas?

A obra será refeita? Se, será como a anterior ou será revista para que não aconteça a destruição novamente?

Em nota, a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Obras – Semop, esclareceu, que diferente do que vem sendo divulgado, de forma equivocada, a situação não ocorreu antes da ressaca deste fim de semana.

No final do ano passado, em reunião com a comunidade de Meaípe, representantes do Governo Estadual (DER e Setur) se comprometeram a executar o engordamento da orla de Meaípe. Intervenção que é a solução definitiva para o problema das ressacas na região. Porém, até o momento ainda não ocorreu.

À Prefeitura de Guarapari, ficou a responsabilidade da execução de obras de contenção, obras que já foram concluídas.  Mesmo com o mar agitado o muro executado pelo município permaneceu residente.

A Semop irá promover o reparo da via, porém, enquanto não houver o engordamento da orla, casos como este podem ser recorrentes”.

Em tempo

Em junho deste ano, aconteceu uma reunião com a presença do ex-subsecretário Estadual de Turismo, Gedson Merízio; do diretor-presidente estadual do Departamento de Rodagens do Espírito Santo (DER), Luiz Cesar Maretto Coura; do representante dos empresários de Meaípe, Geraldino Nascimento; do vereador de Guarapari, Zé Preto (Podemos); e do presidente da Associação de Moradores do Bairro, Vinícius Brina, onde foi divulgado que o engordamento da praia de Meaípe estava com o processo iniciado e que a previsão de término era até o final de 2020.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

ultrasonografia_feto_foto-Amina-Filkins-Pexels

Estado e Município devem custear fertilização in vitro de moradora de Guarapari

violência-doméstica-550x293-1

2020 teve menos denúncias e mais prisões relacionadas à violência contra a mulher em Guarapari

Para a titular da Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Deam) de Guarapari, Dra. Francini Moreschi, pandemia pode ter dificultado denúncias

Anúncio

Anúncio

coluna dom antonio rotativo (7)

Rotativo: será que emplaca?

divulgacao_ales_celular_educacao

Lei permite doação de celulares apreendidos para estudantes da rede pública

A ideia é que os aparelhos sejam utilizados para estudos e para o acompanhamento de aulas à distância

Anúncio

WhatsApp-Image-2021-01-23-at-15.06.18

“De Jovem para Jovem”; Sarau virtual seleciona artistas da periferia de Guarapari

Para participar é preciso ter entre 9 e 30 anos, ser morador de um bairro de periferia e ter a disponibilidade para gravar um vídeo da apresentação cultural participante.

rillari_7_anos-bonecas (4)

Venda de bonecas ajuda a custear tratamento da Rillari, de 7 anos

A Rillari, filha da Valéria, possui Síndrome de Edwards. Bonecas estão disponíveis na Feinartg até segunda-feira (25)

Anúncio