Anúncio

Guarapari se mantém na categoria B do Mapa do Turismo Brasileiro

Por Carolina Brasil

Publicado em 27 de agosto de 2019 às 12:05
Atualizado em 27 de agosto de 2019 às 12:05
Anúncio

A nova versão, relativa a 2019-2021, foi divulgada nessa segunda-feira (26)

Ao todo, 2.694 cidades de 333 regiões turísticas estão no Mapa. Foto: Reprodução

O novo Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021 traz 2.694 cidades de 333 regiões turísticas validadas pelo Ministério do Turismo (MTur) durante a atualização do documento, divulgado nessa segunda-feira (26), no Diário Oficial da União (DOU). A revisão é feita a cada dois anos e, em 2017, eram 3285 municípios e 328 regiões turísticas.

O Mapa do Turismo emite certificado digital para comprovar presença do município.

O Espírito Santo tem dez regiões turísticas com 54 municípios. Guarapari faz parte da Região Turística Metropolitana e, após cumprir os compromissos e recomendações estabelecidas pela pasta, entre elas a obrigação de participação em instância de governança e em Conselho Municipal de Turismo (COMTUR), orçamento próprio destinado ao turismo e possuir prestadores de serviços turísticos de cadastro obrigatório registrados no Cadastro de Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur), se manteve no Mapa.

A cidade também continua na categoria B do documento. Guarapari já esteve no topo e, em 2018, foi rebaixado na categorização, um instrumento do MTur para identificar o desempenho da economia do setor e, entre outras coisas, definir o valor dos investimentos e a distribuição de recursos. Dados informados no Cadastur servem de base. Essa classificação – em A, B, C, D e E –, de acordo com informações divulgadas pelo Ministério do Turismo, subsidia a priorização de investimentos por programas da pasta, incluindo ações de infraestrutura turística, qualificação profissional e promoção dos destinos.

O documento também permite a consulta da categoria na qual o município está inserido. Imagens: Reprodução

Para Michel Gava, vice-presidente do Conselho Municipal de Turismo de Guarapari, falta conscientização do empresariado local para fazer a inclusão no Cadastur, o que, na prática, poderia resultar na elevação da categoria do município. “O cadastro é gratuito e não há razão para que a cidade tenha tão poucos estabelecimentos. O município está fazendo ações de incentivo, mas o empresário precisa se conscientizar da importância. Com a categoria A, são mais investimentos e, se há mais recursos, todos ganham”, enfatizou.

Anúncio
Anúncio

Veja também

ecd6d3b421843b0d47335554aad50a7a-1

Chances de quedas entre idosos aumentam durante pandemia

Protegidas da Covid-19 dentro de casa, pessoas idosas são expostas aos riscos de quedas; Conheça os cuidados que devem ser tomados para prevenir os acidentes

Anchieta_Findes_

Anchieta fecha parceria com Findes e facilita acesso ao crédito à empresas

Anúncio
Anúncio
44429ada-1f15-4d5d-a818-edb129a82edf

Símbolos ícones de Guarapari estão sumindo das ruas e praças da cidade

Foto: Reprodução

Outro óbito pelo coronavírus é confirmado em Guarapari

Mais 21 casos da doença foram registrados de ontem (03) para hoje (04)

Anúncio
Imagem Ilustrativa | Foto: Reprodução

Artigo: Beneficiários do INSS podem ter acréscimo de 25% na aposentadoria

corona

Novo Mapa de Risco apresenta 41 cidades em risco alto; Guarapari permanece nesse nível

O novo mapa entra em vigor a partir da próxima segunda-feira (06)

Anúncio