Anúncio

Há poder em suas palavras, acredite!

Por Gabriely Santana

Publicado em 8 de abril de 2016 às 20:22
Atualizado em 8 de abril de 2016 às 20:22
Anúncio

Tome muito cuidado com o que você fala com o seu filho, principalmente se ele estiver na idade de 2 a 15 anos. O HD dele está totalmente vazio, tudo que vê e fala está sendo gravado para o resto da vida. Os traumas, as neuroses, as depressões, as histerias, a psicose se instala nesta fase que chamamos de fase da formação do caráter. Pense nisso: “HÁ PODER EM SUAS PALAVRAS”. A Bíblia nos ensina que devemos ensinar o menino e não o adulto. Por isso, tenha muito cuidado com estas sete falas:

  1. “Você nunca faz nada direito”

Se seu filho cometeu um erro, quebrou algo, arruinou a mistura do bolo, respire fundo e pense no que é mais importante. A resposta sempre será a mesma: seus filhos são mais importantes do que qualquer outra coisa e nunca o contrário. Lembre-se: as coisas foram feitas para as pessoas.

  1. “Eu gostaria que você fosse mais parecido com seu irmão”

Nós não ganhamos nada comparando nossos filhos, mas podemos criar ressentimentos entre os membros da família. Certifique-se de que comparações não existam em sua casa. Somos todos diferentes, únicos e especiais a nossa própria maneira.

  1. “Você é gordo/feio/burro”

Nossos filhos acreditam em tudo o que falamos. Nós somos sua fonte mais confiável de informação e também a maior fonte de amor. Não prejudique a autoestima de seus filhos com adjetivos negativos. É melhor reconhecer seus pontos fortes ao invés de enfatizar o negativo.

  1. “Eu tenho vergonha de você”

Se o seu filho tem a tendência de chamar atenção em público, como gritar, brincar, correr e cantar para todos ouvirem, talvez só precise de mais atenção. Não diga coisas como essas na frente de seus amigos e nem em particular. Por que não planejar um espetáculo em casa onde ele seja a estrela principal? Talvez descubra seu lado artístico e ainda divirtam-se em família.

  1. “Eu queria que você nunca tivesse nascido”

Nunca, em nenhuma circunstância, diga isso a seus filhos, nem sequer de brincadeira. Todos precisamos saber que somos desejados e queridos, independentemente dos erros que cometemos.

  1. “Eu cansei, não te amo mais”

Às vezes, sem perceber, caímos nos jogos de palavras de nossos filhos. Sua filha de três anos está frustrada porque não pode comer outro potinho de sorvete no jantar. Depois de explicar várias vezes, ela fica brava, chora e diz que não te ama. A resposta mais fácil seria pagar na mesma moeda, mas isso só prejudicaria sua filha. A reação correta seria explicar novamente porque ela não pode comer mais sorvete e lembrá-la de que você sempre irá amá-la, mesmo que ela esteja muito brava com você. Ela aprenderá muito mais do que você imagina com esta lição.

  1. “Não chore, largue de ser manhoso”

As crianças têm tanta ou maior capacidade emocional quanto um adulto. A diferença é que elas não podem expressar-se e acalmar a si mesmas como nós. Então, nunca menospreze um medo, um arranhão, uma dúvida, um conflito pelo qual seu pequeno está passando. Ajude-o a superar o problema e a reagir de forma saudável.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Upa Covid

Guarapari amplia espaço para pacientes com suspeitas de síndromes respiratórias na UPA

MarcosKneip_01

“Temos saldo de 9 mil empregos e zeramos as perdas no ES”, disse secretário Marcos Kneip

Guarapari está com um saldo positivo de 349, foram 777 admissões e 428 desligamentos

Anúncio
Anúncio
ambulante-550x366

Decreto estabelece medidas para comércio ambulante no verão de Anchieta

a-producao-anual-do-tuberculo-chega-a-50-mil-toneladas-145827-article

Parceria entre Governo do ES e Sebrae oferta palestra para produtores rurais

A palestra apresenta as redes sociais como alternativa de venda, para incentivar a presença digital de produtores rurais

Anúncio
rebocador

Encontrado corpo do tripulante do rebocador que afundou em Guarapari

O corpo de Eric Barcelos Rangel, de 57 anos, foi localizado no mar de Aracruz, na última segunda-feira

Fabio-Novaes-Sicoob

O que é e o que muda com Pix

Anúncio