Anúncio

“Habite-se” para os imóveis de Guarapari foi pauta de Audiência Pública

Por Aline Couto

Publicado em 17 de maio de 2019 às 11:37
Atualizado em 17 de maio de 2019 às 11:37
Anúncio

A reunião aconteceu ontem (16) na Câmara Municipal e promoveu a discussão sobre a exigência da Certidão de Habitabilidade

Foto: Aline Couto.

Com a proposta de flexibilizar a Lei Complementar nº 098/2017, que exige a apresentação da Certidão de Habitabilidade, o “Habite-se”, para que qualquer edificação seja regularizada, o vereador Denizart Zazá (PSDB) propôs uma Audiência Pública para discutir e tentar promover melhorias na Lei. Durante a reunião, foi explicado que na legislatura passada a prefeitura conseguiu a aprovação de um Projeto de Lei que, após passar pela Câmara Municipal, instituiu o Programa de Regulamentação de Edificações (PRE) em Guarapari, sancionado pelo executivo.

“O objetivo do encontro é atender as demandas dos comerciantes que têm se sentido prejudicados por alguns dispositivos da lei, que diz que qualquer edificação deve ter o Habite-se, inclusive prédios mais antigos, que foram construídos antes de ela ter sido sancionada. Para um comerciante ter um Alvará de Licença, é obrigatório ter o Habite-se. É preciso discutir alternativas voltadas para essas pessoas”, relatou Zazá.

Um dos convidados para compor a mesa, Aguinaldo Ferreira Júnior, superintendente CDL Guarapari, explicou que a finalidade do debate da noite era encaminhar a proposta de flexibilização da Lei para a prefeitura. “Basicamente nossa proposta se baseia na diferenciação do “Habite-se” para imóveis antes e depois da Lei ter sido sancionada e a redução das taxas cobradas, que são muito elevadas. Tem que ser revista a formula para a base desse cálculo”.

Aguinaldo lembrou aos presentes que Guarapari pode ter seus comércios fechados como aconteceu em Vitória, onde cerca de 1000 estabelecimentos foram fechados por causa das altas taxas, se não houver as alterações solicitadas na Lei Complementar. “Temos que tomar cuidado para não repetir a história da capital, precisamos tratar essa regularização de forma diferenciada, de acordo com a data dos imóveis”, finalizou.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Divulgação

Reconstrução de ponte de Alfredo Chaves deve ser concluída até março de 2021

A principal ponte do município foi uma das 23 estruturas destruídas pela enchente, em janeiro deste ano

casagrande

Apenas um município do ES não está no “Risco Baixo”, no 29° Mapa de Gestão

Apenas o município de Ecoporanga segue em Risco Moderado; Não há nenhum município em Risco Alto

Anúncio
Anúncio
apae-guarapari

Apae Guarapari arrecada alimentos para almoço solidário

O dinheiro da venda das refeições será destinado à manutenção da estrutura da instituição, que sofreu alguns danos devido às últimas chuvas

supermercado_0_0-550x366

Morador de Guarapari cria plataforma para consulta de supermercados

A ideia surgiu durante a pandemia com a intenção de ajudar as pessoas na consulta de preços e produtos sem sair de casa

Anúncio
Foto: Arquivo/Folha

Alerta de chuvas intensas e vento forte para fim de semana em Guarapari

O alerta emitido pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) abrange todos os municípios do Espírito Santo

motoclube5

Mulheres Motociclistas de Guarapari organizam motociata em prol de crianças com câncer

A ação é de conscientização da doença e arrecadação de gelatinas para os pequenos

Anúncio