Anúncio

Homem é preso suspeito de aplicar golpe do falso emprego em Guarapari

Por Redacão Folha Vitória

Publicado em 22 de julho de 2019 às 10:06

Anúncio

Uma das vítimas chegou a pagar R$ 500 durante um suposto processo seletivo

golpista - Homem é preso suspeito de aplicar golpe do falso emprego em Guarapari

O suspeito negou as acusações na delegacia, mas foi autuado por estelionato e falsidade ideológica. Foto: Reprodução.

Cerca de dez vítimas procuraram a polícia para denunciar um homem, identificado como Everaldo Viana de Souza, por aplicar o golpe do falso emprego em Guarapari. O suspeito teria divulgado um texto, por meio de um aplicativo de mensagens, onde anunciava 40 vagas de pintor e até indicava um local para entrega de documentos dos interessados.

Uma das vítimas chegou a pagar R$ 500 durante o suposto processo seletivo. “Ele também oferecia um curso de soldagem e pintura industrial. Então perguntava se a pessoa não tinha interesse no curso para trabalhar nessa área”, disse a mulher que preferiu não se identificar.

O suspeito chegava a emitir um certificado falso, afirmando que, com a conclusão desse curso, eles estariam aptos a trabalhar em plataformas de exploração de petróleo. As vítimas começaram a desconfiar da situação, porque o documento veio com muitos erros de português e, por isso, decidiram checar melhor a situação.

O delegado responsável pelo caso, Jeferson da Silva, explica o esquema do golpista. “Ele contratou dez meninas que seriam supostas secretárias. Elas convidavam pessoas da família que estavam desempregadas e, a partir daí, ele fazia entrevistas e exigia R$ 500 de cada para um suposto emprego em uma plataforma de petróleo. Depois emitia um falso certificado”, disse.

Everaldo Viana de Souza é de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, e está no Espírito Santo há pouco mais de uma semana. De acordo com as investigações, o suspeito alugou uma sala no centro de Guarapari, onde funcionava a empresa irregular. Ele também chegou a assinar a carteira de trabalho de alguns de seus funcionários, com datas retroativas.

O suspeito negou todas as acusações na delegacia, mas foi autuado por estelionato e falsidade ideológica.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio

Anúncio

Veja também

falta-de-agua-e-um-problema-politico-2-1024x683-1024x585

Governo do Estado declara Estado de Atenção para situação hídrica no ES

Medida foi tomada devido à falta de chuvas e estiagem nos últimos meses

Joao-Hadad-em-A-Grande-Conquista-2

Guarapariense João Hadad disputa final de reality show da Record

Final acontece nesta quinta (18)

Anúncio

Anúncio

casa-sinestescia-2024

Casa Sinestésica oferece Oficina de Desenho gratuita nesta quarta (17) em Guarapari

Com o tema Autorretrato, atividade tem vagas limitadas

IMG_9800-1

Terra dos Dinos: Guarapari deve ganhar filial do ‘Jurassic Park brasileiro’ em 2025

Parque temático, no RJ, possui diversas atrações e 40 modelos de dinossauros em tamanho real

Anúncio

20240701_160006

Fios acumulados e pendurados em postes preocupam moradores de Guarapari

Moradores flagraram casos em duas avenidas movimentadas da Praia do Morro

lei-seca_forca-pela-vida-7-1

Blitz Lei Seca flagra 131 motoristas alcoolizados em todo Estado no fim de semana

Ação faz parte do programa “Força pela Vida”, integrando diversos órgãos

Anúncio