Anúncio

Homem é procurado por estupro e investigado por ser integrante de uma quadrilha de tráfico de drogas em Guarapari

Por Aline Couto

Publicado em 6 de junho de 2019 às 13:20
Atualizado em 6 de junho de 2019 às 14:45
Anúncio

O suspeito se encontra foragido e com mandado de prisão temporária decretado

Carlos Henrique Chaves está foragido. Foto: Divulgação/PC.

Carlos Henrique Chaves, 21 anos, conhecido como Sherk, está sendo procurado por tentativa de estupro no bairro Lagoa Funda e investigado por ser integrante de uma quadrilha de tráfico de entorpecentes que atua em toda a cidade de Guarapari.

No dia 05 de março deste ano uma mulher deu queixa de estupro tentado na Delegacia da Mulher de Guarapari relatando violência e ameaça de morte por parte do suspeito. A situação aconteceu em uma via pública no bairro Lagoa Funda quando a mesma estava a caminho de casa. Após a acusação, a delegacia representou pedido de prisão temporária do suspeito identificado como Carlos Henrique.

De acordo com o titular Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Guarapari,  Guilherme Eugênio, o suspeito já era investigado por tráfico de drogas quando surgiu a acusação de tentativa de estupro. “Há poucos meses a Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc) de Guarapari começou uma investigação que chegou a constatação que Carlos Henrique gerencia uma organização criminosa destinada ao tráfico de drogas ilícitas. No curso dessas investigações, a Delegacia da Mulher chegou à conclusão que Carlos também foi o autor de um estupro tentado ocorrido em março”, contou.

Drogas encontradas na casa do acusado. Foto: Divulgação/PC.

Com a prisão decretada, a polícia foi em busca da captura do suspeito. “Na semana fomos até a residência em que ele morava no bairro Sol Nascente, infelizmente nós não o localizamos, mas fizemos apreensão de um expressivo montante de drogas, 161 unidades de cocaína pronta para o consumo e 96 gramas de crack, ainda em estado bruto, ou seja, não fracionada para venda. Esse montante de crack é suficiente para o preparo de mais de 500 pedras que são vendidas a R$ 10 cada. Juntos aos entorpecentes encontrados estavam os documentos pessoais do Carlos Henrique”, descreveu o delegado.

Ainda segundo Guilherme Eugênio, o tráfico de drogas promovido pelo acusado não se restringe a região do Sol Nascente, uma vez que ele não se dedica diretamente a vendas para os consumidores finais. “Ele é um gerente que recebe drogas de outro traficante, fragmenta e repassa os pequenos carregamentos já prontos para que outras pessoas comercializem de forma direta em diversos locais da cidade”.

O delegado pede à população que se localizar ou encontrar com o foragido, denuncie. “Quem tiver notícias da localização imediata dele em via pública ou em algum local transitório, peço que entre em contato através do 190, ou para quem souber onde ele estiver morando ou ficando em caráter mais permanente, se dirigir a delegacia ou contato pelo 188”.

Delegado Guilherme Eugênio. Foto: Arquivo/Folha.

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Reprodução

Prefeitura proíbe caminhada na orla das praias de Guarapari aos fins de semana

A medida restritiva será válida, excepcionalmente, nos dias 06, 07, 13 e 14 de junho; Confira outras determinações divulgadas nesta quarta-feira (03)

Da esquerda para a direita: Tenente Coronel Caus, da Polícia Militar; Prefeito de Guarapari, Edson Magalhães; Tenente Coronel Bruno, do Corpo de Bombeiros. Fotos: Folhaonline.es

Apenas comércios essenciais poderão funcionar nos fins de semana em Guarapari

A medida, que tem por objetivo reduzir a taxa de circulação no município, valerá a partir deste sábado (06); Comerciantes que desobedecerem as restrições poderão ter alvará de funcionamento cassado

Anúncio
Anúncio
comercio1-550x309

Guarapari terá nove dias de isolamento total a partir das 19h

A partir do dia 06 até o dia 14 de junho não será permitido permanecer nas ruas após as 19h e os comércios não essenciais devem permanecer fechados nos finais de semana

covid-19-drive-thru-teste-coronavirus-teste-rapidos-titri-foto-Flávio-Tin-_MG_8593-15042020-scaled

Estudo aponta mais de 200 mil capixabas infectados; Guarapari participará da próxima etapa

A partir do levantamento, o ES poderá reconhecer com mais precisão o padrão de comportamento da Covid-19 em solo capixaba

Anúncio
fiscais

Ação da fiscalização da prefeitura de Guarapari provoca reação do setor turístico

Foto: Divulgação

Guarapari: Obras de extensão da Avenida Paris estão em fase final