Anúncio

Ideb: Escola de Alfredo Chaves alcança segundo melhor índice do Espírito Santo

Para o diretor da EEEFM Camila Motta, o bom desempenho da instituição se deve ao trabalho alinhado entre administração pública, gestão, educadores e famílias

Por Nicolly Credi-Dio

Publicado em 21 de setembro de 2020 às 16:16
Atualizado em 22 de setembro de 2020 às 11:53

Anúncio

 Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Camila Motta. Foto: Arquivo Pessoal

O município de Alfredo Chaves destacou-se no ranking estadual do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e, entre as instituições que propiciaram esse resultado, está a Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Camila Motta, que alcançou o segundo melhor índice do Espírito Santo na categoria do 5º ano.

O ensino oferecido pela EEEFM Camila Motta para o 5º ano (4ª série) atingiu a pontuação 7,4 no Ideb 2019, o segundo melhor resultado da categoria no Estado. Além disso, a escola de Alfredo Chaves ficou em 10º lugar no ranking estadual referente ao Ensino Médio e cresceu 10% em relação ao último resultado do 9º ano do Ensino Fundamental.

Para o diretor da instituição, Ricardo Paterlini, o sucesso se deve à união dos envolvidos, visando a promoção de um ensino público de qualidade. “É um trabalho conjunto. O apoio do governo estadual, do Município, das famílias, dos educadores. Tudo influencia. As merendeiras que servem o alimento, a equipe de limpeza que mantém a escola bem cuidada. Todas as peças importam”. Ao todo, mais de 90 funcionários compõem a equipe que atua nos mais diversos setores da instituição.

“Como gestor, eu procuro ouvir todos os profissionais, tudo é conversado. Os pais e os próprios alunos são informados de tudo. Mantemos o contato com as famílias por meio de grupos do WhatsApp onde divulgamos calendários semanais, mensais e trimestrais”, conta o diretor da escola que atende a cerca de 700 anos do Ensino Fundamental I e II, Ensino Médio e Ensino para Jovens e Adultos (EJA), com dois anexos no interior do Município.

De acordo com Ricardo, esse é o maior desafio: atingir a excelência em todas as modalidades de ensino. “É muito difícil atingir as metas em todos as modalidades. É um trabalho árduo, mas prazeroso”. Para isso, a escola conta com a parceria do Governo do Estado e da Prefeitura de Alfredo Chaves. “O Município nos ajuda em termos administrativos sempre que necessário, todo apoio é bem-vindo”, afirma.

Agora, o diretor se planeja para o Ideb de 2021. “No ano que vem, nós esperamos poder recuperar o desempenho prejudicado pela pandemia e, em 2021, alcançar as metas projetadas”, finaliza.

Consulte os resultados das instituições

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Anúncio

Anúncio

Veja também

elcy-nunes-aarao-cover-2

Morre Elcy Nunes Aarão, ex vice-prefeito de Guarapari do início dos anos 90

obras-construcao-civil-sefaz

Espírito Santo é o Estado que mais investiu durante 2021

Informação aparece em relatório divulgado pelo Ministério da Economia

Anúncio

Anúncio

chuva-muquicaba-guarapari-2021-09-01

Mais chuva: Instituto emite novo alerta incluindo Guarapari e região

Instituto Nacional de Meteorologia alerta para o risco de acumulado de chuvas

hospital guarapari

Empresa responsável pela obra do hospital de Guarapari está contratando

Estão sendo ofertadas 11 oportunidades de trabalho

Anúncio

meaipe_arquivo_folha

DER anuncia início do engordamento e revitalização de Meaípe, em Guarapari, nas próximas semanas

casa-decoracao

Anchieta premiará casas com melhor decoração natalina

Serão R$ 10 mil em premiação para as casas com as fachadas mais atraentes nos quesitos criatividade e iluminação

Anúncio