Anúncio

Ifes abre processo seletivo com 3.324 vagas em cursos técnicos

Por Livia Rangel

Publicado em 1 de outubro de 2014 às 00:00
Atualizado em 26 de janeiro de 2015 às 18:05
Anúncio

O Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) publicou nesta terça-feira (30) o edital do processo seletivo para cursos técnicos com início em 2015. São 3.324 vagas, distribuídas em 19 campi, nas modalidades integrado ao ensino médio, concomitante e subsequente. As inscrições começam no dia 13 de outubro e vão até 16 de novembro.

Ao todo, são ofertadas vagas em 78 cursos nos campi Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica, Guarapari, Cachoeiro de Itapemirim, Alegre, Colatina, Linhares, São Mateus, Aracruz, Barra de São Francisco, Itapina, Montanha, Nova Venécia, Piúma, Santa Teresa, Ibatiba e Venda Nova do Imigrante.

Para se inscrever, é necessário realizar o cadastro no site do Ifes e efetuar o pagamento de taxa, no valor de R$ 51. Os candidatos têm de 13 a 31 de outubro para solicitar a isenção, no momento da inscrição.

As inscrições devem ser feitas exclusivamente por meio do site do Ifes, e quem não possui acesso à internet poderá utilizar computador disponibilizado gratuitamente nos campi da instituição que ofertarão vagas, em dias úteis e horários definidos em cada unidade. O ambiente de inscrição ficará aberto até as 23h59 do dia 16 de novembro, e o pagamento da taxa deve ser efetuado até o dia 17 de novembro.

O processo seletivo conta com reserva de metade das vagas para alunos que tenham cursado integralmente o ensino fundamental na rede pública. Dentro dessas vagas há ainda a cota de metade para alunos que possuam renda familiar bruta de até um salário-mínimo e meio por pessoa.

Modalidades. Os cursos técnicos integrados ao ensino médio são oferecidos somente a quem já tenha concluído o ensino fundamental. Neles, o aluno é conduzido à habilitação profissional técnica de nível médio em curso único, realizado de forma integrada e interdependente. Não será possível concluir o ensino médio de forma independente da conclusão do ensino técnico ou o contrário.

Nos cursos técnicos concomitantes, o aluno faz somente o ensino técnico no Ifes. O candidato pode ter o diploma do ensino médio ou estar matriculado no ensino médio em outra escola, sem dependência – a concomitância pode acontecer em uma determinada série, dependendo do curso ofertado. Ao final, o aluno obterá o diploma técnico.

Já os cursos técnicos subsequentes são ofertados para quem tenha concluído o ensino médio. O curso terá a diplomação e certificação ao seu final.

Um edital exclusivo para alunos que estejam fora da idade escolar regular será publicado nos próximos dias. As vagas são do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos (Proeja).

Confira a tabela com vagas e locais

Confira o edital completo

Anúncio
Anúncio

Veja também

Foto: Arquivo Folhaonline.es

Agências da Caixa abrirão nesse sábado (30) em Guarapari para pagamento do auxílio

Beneficiários nascidos em janeiro poderão sacar 2ª parcela do auxílio em espécie; As agências da Caixa localizadas nos bairros Centro e Muquiçaba funcionarão

sala de aula

Prefeitura mantém aulas suspensas e decreta reabertura das academias em Guarapari

Anúncio
Anúncio
Santuário interno 6

Festa Nacional de São José de Anchieta 2020 será transmitida ao vivo em redes sociais

Nesse domingo (31), a relíquia de São José de Anchieta sairá pelas ruas do município que leva seu nome e conserva seu Santuário

Foto: Divulgação

Parceria entre Sesi e Sebrae ajudará pequenas empresas do ES no combate à Covid-19

Com o cenário de pandemia, o Sesi construiu uma consultoria para auxiliar as micro e pequenas empresas na criação de um Plano de Enfrentamento à Covid-19

Anúncio
fachada São Pedro-550x413

Hospital particular de Guarapari emite nota após informação de médica atuando com Covid-19

Foto: Reprodução

Decreto define novas medidas para o funcionamento de comércios em Alfredo Chaves

As decisões tomadas no Decreto nº 1444-N foram definidas após uma reunião entre a Prefeitura Municipal, a Câmara de Dirigentes lojistas e a Associação Comercial e Industrial de Alfredo Chaves