Anúncio

Integrantes de quadrilha que aplicava golpes pela internet são presos em Guarapari

Por Redação Folhaonline.es

Publicado em 10 de outubro de 2019 às 18:51
Atualizado em 10 de outubro de 2019 às 18:51
Anúncio

Uma vítima do Distrito Federal depositou R$27 mil em uma negociação falsa.

Vinicius Inocêncio da Silva Junior Saloto, Caroline Pires Alves e Hipólito Luiz Pinto Ribeiro. Foto: Divulgação.

Na noite dessa quarta-feira (09), a Delegacia Especializada em Investigações Criminais (DEIC) de Guarapari prendeu três indivíduos em flagrante após receberem uma denúncia do Distrito Federal. Caroline Pires Alves, o namorado Vinicius Inocêncio da Silva Junior Saloto e Hipólito Luiz Pinto Ribeiro integravam uma quadrilha que aplicava golpes pela internet.

De acordo com a Polícia Civil, o golpe consistia em oferecer veículos pela internet. A negociação era feita online e os pagamentos realizados por meio de depósito bancário, de forma que a vítima só percebia depois que repassava o dinheiro. Uma vítima do Distrito Federal depositou R$27 mil reais durante a negociação de um veículo, e só descobriu depois, que se tratava de um golpe.

A mulher procurou uma delegacia local e registrou um Boletim de Ocorrência, informando que a conta que recebeu o valor era de uma agência bancária em Guarapari. A agência do Distrito Federal fez contato com a agência de Guarapari e recebeu a informação de que um casal estava realizando um saque naquele momento. Se tratava de Caroline, titular da conta, e o namorado Vinicius. A Polícia Militar foi acionada e o casal conduzido à Deic de Guarapari.

Durante as buscas, a Polícia Civil do Espírito Santo recuperou mais de R$23 mil do valor recebido pela quadrilha.

O titular da Deic de Guarapari, delegado Guilherme Eugênio Rodrigues, explicou como ocorreu a operação. “Em depoimento, o conduzido alegou que estava devendo a um agiota, e como forma de pagamento disponibilizou a conta da namorada dele para que o agiota recebesse um depósito. A promessa era que ele ficaria com parte do valor depositado e eles estavam retirando parte do dinheiro da conta naquele momento”. Já Caroline alegou que não sabia de onde vinha o dinheiro, mas aceitou receber o depósito e, em troca, ficaria com parte do valor.

De acordo com a Polícia Civil, durante o depoimento, Vinicius recebeu uma videochamada em que foi ameaçado de morte por outros integrantes da organização criminosa, que exigiam o repasse do dinheiro. O conduzido marcou um lugar para encontrar os comparsas e a Polícia Civil, com o apoio da Polícia Militar, realizou o acompanhamento. Em um shopping de Guarapari, os policiais realizaram a prisão de Hipólito Luiz Pinto Ribeiro.

Durante as buscas, a Polícia Civil do Espírito Santo recuperou mais de R$23 mil, dos R$27 mil depositados pela vítima. O valor restante já tinha sido gasto por integrantes da organização. Os três conduzidos foram autuados em flagrante por estelionato, lavagem de dinheiro e organização criminosa, sendo encaminhados para o sistema prisional.

*Com informações da Deic de Guarapari

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

HFA_fachada_tratada-1024x778

Votação popular: Hifa Guarapari pode ser contemplado com emenda parlamentar

A proposta consiste na renovação do Parque Tecnológico da Unidade Hospitalar do Centro Cirúrgico com aquisição de novos equipamentos

nesio

Covid-19: Secretário diz que número de casos deve aumentar nos próximos dias, mas não é ‘nova onda’

Nésio Fernandes explicou os fatores que vão influenciar no aumento de casos

Anúncio
Anúncio
drogas GRI

Operação conjunta prende suspeito de tráfico de drogas em Guarapari e Vila Velha

processo-seletivo

Seger abre processo seletivo para cargo com remuneração de R$ 4,5 mil

Anúncio
Foto: Reprodução

Covid-19: Mais 49 pacientes infectados em Guarapari

Ao todo, o município registra 3.281 casos da doença; Destes, 2.945 estão curados

arvore1

Dia da árvore: Guarapari e Anchieta promovem ação conjunta de plantio de espécies nativas

Essa ação é fruto de uma parceria entre a Secretaria de Meio Ambiente e Agricultura, de Guarapari, e Secretaria de Meio Ambiente, de Anchieta

Anúncio