Anúncio

Interior de Anchieta devastado após temporal deste fim de semana

Por Aline Couto

Publicado em 19 de março de 2018 às 17:40
Atualizado em 19 de março de 2018 às 17:00
Anúncio

A região Sul do Estado foi acometida por uma chuva torrencial no último sábado (17). Desde então, equipes de diversas secretarias municipais de Anchieta vêm trabalhando para amenizar os transtornos e garantir a segurança e acesso aos moradores em diversas comunidades.

O aumento do volume das águas nos rios de Anchieta comprometeu a entrada em muitas estradas do interior, comunidades ficaram isoladas, pontes foram arrancadas e inundou várzeas. Logo nas primeiras horas da tarde, o prefeito em exercício, Carlos Waldir de Souza, e sua equipe de governo, se reuniram para traçar estratégias e dispor de técnicos, máquinas e equipamentos.

O interior foi o local mais afetado após as fortes chuvas de sábado. Foto: Prefeitura de Anchieta.

No mesmo dia, equipes da Defesa Civil Municipal, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal e das Secretarias de Infraestutura e Agricultura, estiveram visitando as comunidades mais impactadas, conversando com moradores e  realizando trabalhos para garantir a segurança das famílias e o acesso da população. No Vale do Corindiba duas pontes foram danificadas, deixando as comunidades de Dois Irmãos e Olivânia isoladas por algumas horas. Nos dois locais, homens e máquinas trabalharam durante o final de semana para restabelecer o acesso.

Segundo informações da gerência municipal de Segurança Pública e Social, a Defesa Civil do Estado veio dar apoio nas operações. O secretário Estadual de Agricultura, Pesca e Abastecimento, Octaciano Neto, visitou o Vale do Corindiba e garantiu recursos para a reconstrução de uma nova ponte em Duas Barras, onde  o acesso foi obstruindo com a queda da passagem sobre o Rio Corindiba, na estrada principal do Vale, que é asfaltada pelo programa estadual Caminhos do Campo.

As estradas do interior ficaram destruídas. Foto: Prefeitura de Anchieta.

Escolas do município e o Centro de Referência da Assistência Social (Cras) ficaram de prontidão durante todo final de semana para receber possíveis desabrigados. As equipes da prefeitura iniciaram um trabalho de desobstrução das estradas com a retirada de barreiras, limpezas de galhadas e orientação à população.

Na região de Alto Pongal, as comunidades de Córrego da Prata, Alto Joeba, Pongal e Itapeúna também foram atingidas com as fortes chuvas e equipes da prefeitura iniciaram os reparos imediatamente. As ruas do centro de Anchieta, nas imediações da Praça São Pedro, foram alagadas e houve monitoramento por parte dos técnicos da Secretaria de Infraestrutura e da Defesa Civil.

“Traçamos as nossas estratégias e enviamos equipes para atuarem em diversas comunidades. O objetivo inicial foi garantir a segurança dos moradores e liberar o acesso das estradas obstruídas. A partir de hoje iremos realizar um levantamento dos estragos e iniciar ações para recuperar”, disse o gerente municipal de Segurança Pública e Social, Leonardo Abrantes.

Em tempo

Após as fortes chuvas que atingiram o Espírito Santo no último final de semana, o município com maior número de demandas foi Rio Novo do Sul, de acordo com a Defesa Civil do Estado. Ao todo houve um ferido, seis pessoas desabrigadas, 600 desalojadas e 10 mil pessoas afetadas. Além disso, foi registrada queda de muros, deslizamentos de taludes, rolamento de blocos, seis pontes foram danificadas, uma casa foi destruída e as aulas da rede pública suspensas no dia de hoje (19).

A cidade tenta se reerguer. Foto: Divulgação.

Em ajuda ao trabalho de recuperação da cidade, Anchieta entrou em campanha para arrecadar doações para os moradores de Rio Novo do Sul com entrega na sede da Prefeitura ou no Cras. O que mais precisam é água mineral, colchões, alimentos não perecíveis e roupas de cama.

Com informações: Prefeitura de Anchieta

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

la vie (2)

Guarapari: universitária abraça sonho e troca engenharia por culinária

A estudante trabalha de forma individual e possui planos para expandir o próprio negócio alimentício

WhatsApp Image 2020-10-20 at 13.14.58

Indústria familiar de pães e bolos é exemplo de sucesso em Alfredo Chaves

Anúncio
Anúncio
guarapari

Mudança no hábito dos mineiros: Não trazer carne x Levar peixe!

coronavírus-550x309-1

Covid-19: 169 pessoas são consideradas doentes em Guarapari

Anúncio
IMAGEM PARA COMPOR O ARTIGO

Artigo: Acordos extrajudiciais trabalhistas em tempo de pandemia

WhatsApp Image 2020-10-05 at 18.57.20

Casal de Guarapari faz sucesso com artesanatos esculpidos em madeira

Anúncio