Anúncio

Jiu-Jitsu fazendo mudança social no bairro Portal Clube

Por Gabriely Santana

Publicado em 24 de agosto de 2015 às 18:06
Atualizado em 24 de agosto de 2015 às 18:08
Anúncio

Não é apenas um kimono, mas uma oportunidade para crianças e adolescentes mudarem sua realidade social. O esporte tem sido a ponte para que muitos jovens saiam das drogas e mudem de vida. Muitos desses jovens encontram-se em projetos, como o Projeto Social Fernanda Mazzelli, do bairro Portal Clube, zona norte de Guarapari, o caminho para essa mudança.

11892147_1064724083545755_5906749158050267002_n

Alunos recebem os 35 kimonos para realizarem os treinos de Jiu-Jitsu no Projeto Social. Foto: reprodução

Na última sexta-feira (21), o Projeto Social realizou a entrega de 35 kimonos para crianças e adolescentes, que estão fazendo parte de um sonho maior que o esporte. Idealizadora do Projeto, a atleta Fernanda Mazzelli explicou que o projeto não se restringe somente aos jovens e ao jiu-jitsu, “As aulas são para todos os jovens que não tem condições para pagar uma academia e para toda a comunidade. Nós visualizamos uma oportunidade para que muitos, mesmo os que não levam jeito para o esporte, tenham um novo rumo para a vida”, contou.

DSC_0897

O tatame fica instalado em uma área cedida pela Comunidade Católica São José, que fica no bairro Portal Clube. Foto: Glenda Machado

Ao todo, cerca de 40 pessoas são atendidas pelo projeto que, além de aulas de jiu-jitsu, recebem apoio religioso na comunidade católica São José. Um bom exemplo de resgate do projeto aconteceu com Josevaldo Sampaio de apenas 16 anos. “O esporte nos ajuda a sairmos das ruas, termos disciplina em casa e na escola. Com esse projeto visualizamos um futuro muito bom pra gente. Hoje, além de aluno descobri que tenho um potencial de liderança, e ajudo muito a mestre Fernanda na parte de organização aqui na comunidade”, disse Josevaldo.

Sobre o Projeto
O Projeto Social Fernanda Mazzelli tem o apoio da Comunidade São José, que cede o espaço onde são realizados os treinos e de outros mestres do Jiu-jitsu, como o Professor Uanderson, que além de orientador é morador da comunidade. Os treinos acontecem duas vezes por semana, no bairro Portal Clube.

Todos os quimonos, que foram entregues para as crianças, vieram de um doação da empresa KeikoSports, que patrocina a atleta Fernanda Mazzelli.

Anúncio
Anúncio

Veja também

biblioteca Anchieta

Biblioteca de Anchieta cria página na internet para contar histórias

Foto: Reprodução

12 bairros de Guarapari registram óbitos pela Covid-19; 14 pessoas já morreram da doença

Secretária de saúde explicou por que o boletim epidemiológico emitido pela Prefeitura de Guarapari apresenta números divergentes dos que constam no Painel Covid-19 do Governo do Estado

Anúncio
Anúncio
Foto: Reprodução

Prefeitura proíbe caminhada na orla das praias de Guarapari aos fins de semana

A medida restritiva será válida, excepcionalmente, nos dias 06, 07, 13 e 14 de junho; Confira outras determinações divulgadas nesta quarta-feira (03)

Da esquerda para a direita: Tenente Coronel Caus, da Polícia Militar; Prefeito de Guarapari, Edson Magalhães; Tenente Coronel Bruno, do Corpo de Bombeiros. Fotos: Folhaonline.es

Apenas comércios essenciais poderão funcionar nos fins de semana em Guarapari

A medida, que tem por objetivo reduzir a taxa de circulação no município, valerá a partir deste sábado (06); Comerciantes que desobedecerem as restrições poderão ter alvará de funcionamento cassado

Anúncio
comercio1-550x309

Guarapari terá nove dias de isolamento total a partir das 19h

A partir do dia 06 até o dia 14 de junho não será permitido permanecer nas ruas após as 19h e os comércios não essenciais devem permanecer fechados nos finais de semana

covid-19-drive-thru-teste-coronavirus-teste-rapidos-titri-foto-Flávio-Tin-_MG_8593-15042020-scaled

Estudo aponta mais de 200 mil capixabas infectados; Guarapari participará da próxima etapa

A partir do levantamento, o ES poderá reconhecer com mais precisão o padrão de comportamento da Covid-19 em solo capixaba