Anúncio

Justiça começa a ouvir testemunhas de suposto caso de corrupção na Câmara de Guarapari

Por Criação HM Propaganda

Publicado em 23 de fevereiro de 2017 às 20:59
Atualizado em 23 de fevereiro de 2017 às 20:59
Anúncio

Em dezembro de 2013 o delegado Luíz Carlos Pascoal, então titular da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio de Guarapari, pediu a prisão de dois vereadores por corrupção. Na tarde desta quinta-feira, 23, o juiz da 4ª Vara Criminal da cidade começou a ouvir as testemunhas de acusação no caso, que é conduzido pela Promotoria de Justiça. Relembre o caso aqui e aqui.

Desde as 13 horas as testemunhas de acusação passaram a ser chamadas para prestar depoimentos. Como o caso ainda corre em segredo de Justiça, não podemos dar detalhes dos depoimentos, mas a reportagem do Folha da Cidade conseguiu apuara que a primeira testemunha ficou pelo menos uma hora e meia depondo.

A Justiça começou hoje a ouvir as testemunhas de acusação no caso de suposto esquema de propinas na Câmara. Foto: João Thomazelli/Folha da Cidade

A Justiça começou hoje a ouvir as testemunhas de acusação no caso de suposto esquema de propinas na Câmara. Foto: João Thomazelli/Folha da Cidade

Mas por causa do horário, nem todas testemunhas foram ouvidas e uma nova data foi marcada para o término das oitivas de acusação. Depois a defesa dos acusados também deve apresentar testemunhas e só depois o caso prossegue.

Nem o vereador e nem os três ex-vereadores que estavam no Fórum na tarde de hoje quiseram dar declarações sobre o caso. Eles alegaram que como tudo transcorre em segredo de Justiça, não sabiam de podiam falar algo. O Folha da Cidade vai continuar acompanhando os desdobramentos do caso.

É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos e ilustrações, por qualquer meio, sem prévia autorização do FolhaOnline.es.

Tags:

Anúncio
Anúncio

Veja também

a-producao-anual-do-tuberculo-chega-a-50-mil-toneladas-145827-article

Parceria entre Governo do ES e Sebrae oferta palestra para produtores rurais

A palestra apresenta as redes sociais como alternativa de venda, para incentivar a presença digital de produtores rurais

rebocador

Encontrado corpo do tripulante do rebocador que afundou em Guarapari

O corpo de Eric Barcelos Rangel, de 57 anos, foi localizado no mar de Aracruz, na última segunda-feira

Anúncio
Anúncio
Fabio-Novaes-Sicoob

O que é e o que muda com Pix

nova loja EPA

Nova unidade do supermercado EPA é inaugurada em Guarapari

Anúncio
edital cultura Alfredo Chaves

Alfredo Chaves e Guarapari lançam Edital Emergencial para o setor cultural

Doação sangue Hifa2

HIFA Guarapari cria campanha de doação de sangue entre os funcionários

Por conta da pandemia, a campanha que abrangia a população está suspensa para evitar aglomeração

Anúncio